Site icon Blog iClinic – Dicas para gestão de clínicas e consultórios!

Contrato de plano de saúde para médicos: o que avaliar e quais são as vantagens?

Contrato entre Médicos e operadoras de Plano de Saúde: quais são os requisitos necessários
Leia em 3 min.

Um contrato de plano de saúde para médicos pode trazer inúmeros benefícios, mas alguns requisitos são necessários, como definir detalhadamente os procedimentos e serviços de saúde prestados na clínica.

Todo contrato entre médicos e planos de saúde é regularizado pela Agência Nacional de Saúde suplementar (ANS). Esse contrato aborda todos os direitos e deveres de ambas as partes.

Para fazer uma contratação que seja benéfica para ambas as partes, é importante estar atento a todos os pontos deste contrato e entender quais são suas necessidades específicas.

Neste artigo, você vai conferir alguns dos pontos mais importantes do contrato entre médicos e planos de saúde, e como avaliá-los para fazer a melhor escolha possível.

Continue a leitura!

5 pontos para avaliar em um contrato de plano de saúde para médicos

Antes de assinar qualquer contrato de plano de saúde para médicos, é importante estar atento a alguns pontos essenciais que fazem toda a diferença para prestar seus serviços da melhor forma.

Confira a seguir 5 pontos que devem ser avaliados em um contrato de plano de saúde para médicos:

1. Contrato de obrigações e deveres

Para a parceria ser válida e estar protegida pela lei, a ANS estipulou que haja um contrato formal e bilateral. Ou seja, é preciso detalhar quais serão os serviços e responsabilidades tanto por parte das operadoras de planos de saúde, quanto por parte do médico.

O contrato é feito por cláusulas, então é possível discutir ponto a ponto o que realmente será acordado. Estando bom para ambas as partes, o contrato é assinado.

2. Definição dos serviços contratados e prestados

No contrato, é preciso estar descrito detalhadamente os serviços e procedimentos que serão prestados. Além de valores, prazos para pagamento e faturamentos dos serviços realizados.

Essa parte precisa ser feita com muito cuidado, pois é ela que vai te resguardar de qualquer divergência que possa ocorrer futuramente.

3. Reajustes

O reajuste pode ser combinado entre as partes, porém deve ser aplicado anualmente na data de aniversário dos contratos. Também é importante lembrar que a porcentagem de reajuste deve estar descrita de maneira clara e objetiva.

Caso a operadora e o profissional da saúde não entrem em um acordo até o dia 31 de março de cada ano, fica valendo o reajuste estipulado pela ANS.

4. Multas e penalidades

Qualquer uma das partes que não cumprirem com suas obrigações descritas no contrato está sujeita à penalidades que podem ser feitas em forma de suspensão, advertência e, em último caso, de rescisão do contrato.

Lembrando que seja qual for o tipo de multa ou penalidade, é feito anteriormente um processo administrativo com direito a defesa da parte acusada.

5. Proibições

Tudo em relação ao contrato pode e deve ser discutido. Mas existem algumas questões que são estritamente proibidas, como:

Quais os benefícios para o paciente desse tipo de parceria? 

A parceria entre operadoras de planos de saúde e médicos tende a ser vantajosa para ambas as partes, principalmente para profissionais da saúde que estão iniciando agora.

Confira agora alguns benefícios que certamente irão alavancar seu negócio. Veja abaixo:

1. Aumento do número de pacientes 

Quando você tem grandes operadoras de planos de saúde ao seu lado, você fica mais visível aos pacientes, consequentemente, obtém um número maior de clientes sem grandes esforços.

Lembre-se apenas de proporcionar um excelente atendimento para fidelizar esses pacientes.

2. Mais lucro para o seu consultório ou clínica 

O bom de ter parceria com vários planos de saúde é que a visibilidade do seu negócio é maior.

A quantidade de exames e consultas tende a crescer significativamente, e mesmo que depois essa parceria chegue ao fim, o seu paciente pode continuar sendo atendido por você pelo sistema de reembolso.

Por isso é essencial um atendimento humanizado para que seu paciente sempre te procure, independentemente de você fazer parte de uma operadora de saúde ou não.

3. Agenda sempre cheia

Uma das grandes vantagens de ter operadoras de plano de saúde como aliadas é a questão da facilidade dos pacientes te encontrarem. Isso fará com que sua agenda médica fique sempre preenchida.

Se você é daqueles profissionais que não gosta de ficar com tempo vago, com essa parceria com os planos de saúde seus dias estarão sempre cheios.

Gostou de saber quais os benefícios e vantagens de se credenciar a uma operadora de planos de saúde? Se você deseja saber quais os melhores convênios médicos do mercado e as novidades do mundo da saúde e bem-estar, confira o blog da Zelas Saúde.

Gostou deste conteúdo?

Junte-se a mais de 70 mil profissionais de saúde e não perca eBooks, planilhas, dicas e guias exclusivos que vão ajudar na gestão da sua clínica.

Quero receber conteúdos
Sair da versão mobile