Entenda mais sobre o que é a clínica ampliada

Entenda mais sobre o que é a clínica ampliada

Yasmim Mayumi Gestão da Clínica

Leia em 6 min.

Última atualização em 08/02/2022 por Yasmim Mayumi

A clínica ampliada é um modelo de atenção à saúde que está ganhando cada vez mais atenção de instituições públicas e privadas, além de trazer vantagens para médicos e pacientes.

O modelo da clínica ampliada é baseado na interação de especialistas de diferentes áreas da saúde que trabalham em conjunto e trazem autonomia e empoderamento ao paciente.

Um de seus objetivos é integrar profissionais para buscar um tratamento personalizado para cada pessoa e criar um vínculo durante o tratamento. 

De acordo com o Ministério da Saúde, a clínica ampliada “busca integrar várias abordagens para possibilitar um manejo eficaz da complexidade do trabalho em saúde, que é necessariamente transdisciplinar e, portanto, multiprofissional”.

Neste artigo, você vai conferir o que é, como funciona e quais são as vantagens da clínica ampliada na atenção à saúde. Confira!

O que é clínica ampliada?

A clínica ampliada surgiu com a proposta de não limitar os pacientes às doenças que eles possuem, mas considerar o contexto de vida na qual a doença está inserida.

Ou seja, diferente do modelo tradicional de atenção em saúde, a clínica ampliada valoriza e empodera o paciente, tratando-o de maneira integral e dando voz para que ele participe ativamente de seu processo de cura.

Essa proposta é interessante pois evidencia a complexidade daqueles que utilizam os serviços de saúde e os limites de uma prática clínica voltada apenas à doença.

Diferenças entre a clínica ampliada e o modelo convencional de atenção em saúde

Enquanto o modelo convencional realiza atendimentos pontuais, focados no diagnóstico e na remediação do problema, a clínica ampliada considera não apenas a saúde do corpo, como da mente. 

No modelo tradicional de atenção em saúde, também chamado biomédico, existe toda uma centralidade na figura do médico e na cura da patologia. 

Já na clínica ampliada, o paciente ganha participação em seu tratamento, não sendo apenas aquele que deve seguir à risca as instruções recebidas.

Além do mais, como o foco do modelo biomédico está no diagnóstico e tratamento de doenças, a prevenção também fica sem espaço.

Ao trabalhar com a medicina integrativa e considerar a saúde como sendo um conjunto de condições biológicas, sociais, psicológicas, ambientais e políticas, a clínica ampliada leva mais qualidade de vida e autonomia às pessoas.

Para dicas de como alcançar a excelência no atendimento para pacientes particulares, baixe já nosso eBook gratuito:

eBook gratuito de Como alcançar a excelência no atendimento para pacientes particulares. Clique aqui!

Como funciona a clínica ampliada? 

Na clínica ampliada, o profissional de saúde tem como um dos objetivos ouvir o paciente para que ele possa investigar os motivos que levaram ao surgimento do adoecimento.

Durante a escuta das queixas, devem ser acolhidas mesmo aquelas que aparentemente não têm relação alguma com o problema, pois elas podem fornecer pistas valiosas e direcionar o tratamento.

Dessa forma, os possíveis diagnósticos e o tratamento são discutidos de maneira conjunta com o paciente. Nessa discussão, levanta-se ainda possibilidades e alternativas ao problema.

Algumas questões temáticas abordadas são relacionadas às condições de vida, configuração familiar, rotina, hábitos alimentares e outros fatores que influenciam a saúde de um ser humano.

Outro ponto importante é que o médico conta com o auxílio de outros profissionais de saúde, como psicólogos, nutricionistas, profissionais de educação física, entre outros.

Todos eles ajudarão a construir uma proposta terapêutica com ações individuais e coletivas do paciente.

Por exemplo, se um paciente apresenta um quadro severo de ansiedade, ele deve ser tratado com medicamentos específicos por um psiquiatra. 

No entanto, diversos fatores podem desencadear essa ansiedade, como problemas familiares, estresse, rotina de trabalho, sedentarismo, entre outros. 

Por isso, a equipe clínica responsável pelo caso deve procurar conhecer esses fatores e conversar com o paciente para que juntos eles encontrem meios de solucioná-los.

Quais são os principais objetivos da clínica ampliada?

Segundo o documento sobre clínica ampliada do Ministério da Saúde, os seguintes eixos são fundamentais para o bom funcionamento do modelo, e se colocam como principais objetivos dessa prática:

  • Compreensão ampliada do processo saúde-doença: busca enxergar o paciente sob diferentes aspectos, como patologias orgânicas, situação econômica, cultural, étnica e afetiva;
  • Diagnósticos e terapêutica construídos de forma compartilhada: seu objetivo é reconhecer a complexidade da clínica e compreender de forma ampla o processo saúde-doença. Nesse sentido, aprender a fazer algo de forma compartilhada torna-se muito mais potente do que fazê-lo de forma individual;
  • Ampliação do “objeto de trabalho”: ampliar o objeto de trabalho do profissional de saúde para que ele englobe a pessoa, ou o grupo de pessoas, mesmo que a especialidade seja limitada. O objetivo é fazer com que os profissionais se responsabilizem pelas pessoas como um todo, não apenas por diagnósticos ou procedimentos;
  • Transformação dos instrumentos de trabalho: na clínica ampliada, os instrumentos de trabalho precisam facilitar a comunicação transversal entre as equipes, e é necessário saber lidar com questões sociais subjetivas, como família, comunidade, entre outras;
  • Suporte para os profissionais de saúde: o objetivo maior é criar instrumentos de suporte para os profissionais de saúde. Assim, eles poderão lidar melhor com os próprios anseios e desafios que o trabalho em saúde pode trazer.

Quais são as vantagens da clínica ampliada para médicos e pacientes?

O modelo em saúde de clínica ampliada traz benefícios a médicos e pacientes. Para exemplificar, pode-se pensar no exemplo de um paciente que seja hipertenso. 

Seu médico irá diagnosticá-lo, prescrever os medicamentos, e também irá conversar sobre possíveis problemas emocionais que aquele paciente esteja enfrentando, os quais podem alterar a pressão arterial.

Nessa conversa, eles ainda podem dialogar sobre hábitos de vida, como nutrição e atividades físicas, além do médico ter a chance de sugerir alguma prática saudável que colabore com o cuidado da saúde do paciente.

Dessa maneira, pode-se alcançar uma maior qualidade de vida e melhorias na relação entre profissionais de saúde e pacientes.

Para manter essa relação da melhor forma, o médico pode contar com recursos que automatizam a comunicação com os pacientes. Saiba mais sobre eles em nosso guia prático gratuito:

Guia Prático: 4 estratégias para automatizar a comunicação com os pacientes. Clique aqui e baixe agora!

Confira a seguir outras vantagens que a clínica ampliada traz para médicos e pacientes.

Vantagens da clínica ampliada para pacientes

Para o paciente, existe a possibilidade de melhorias na saúde como um todo, e não apenas a cura de um problema. 

Além disso, como na clínica ampliada o paciente é colocado como protagonista do atendimento, ele adquire autonomia.

Ou seja, ele tem a chance de desenvolver novas estratégias para trazer mais qualidade de vida para si.

Outra vantagem é que ele poderá contar com uma equipe especializada em diversas áreas que participará de seu diagnóstico e tratamento, gerando um impacto positivo em sua recuperação.

A clínica ampliada ainda possibilita mais proximidade e humanização da relação entre pacientes e profissionais de saúde, outro ponto extremamente benéfico ao tratamento.

Vantagens da clínica ampliada para médicos

Assim como os pacientes, os médicos também conquistam diversos benefícios com a adoção do modelo de clínica ampliada.

Nele, o profissional tem a chance de conversar com outros profissionais de saúde para trocar informações e tirar dúvidas

Graças ao avanço da tecnologia, hoje essa troca pode ser feita de forma segura com chats internos dentro de softwares médicos, ou por meio do compartilhamento de prontuários eletrônicos. 

Com esse diálogo, o trabalho fica mais colaborativo e o médico obtém mais amparo, além de ser possível construir em conjunto com o paciente a melhor proposta terapêutica.

Na clínica ampliada, todos os profissionais trabalham para garantir o melhor diagnóstico e tratamento possível para cada paciente, o que reforça um atendimento humanizado e personalizado.

Como os recursos tecnológicos ajudam na clínica ampliada?

Conforme mencionado acima, algumas tecnologias trazem grande ajuda à prática do modelo de clínica ampliada. 

Com os softwares médicos e compartilhamento de prontuários eletrônicos, os médicos têm a chance de discutir seus casos clínicos com mais facilidade e segurança. 

Além disso, um software possibilita mais tempo para os pacientes.

Assim, o médico consegue ouvi-los com mais calma e a escuta atenta torna-se mais fácil, já que o profissional não precisará preencher diversos papéis durante o atendimento.

A Teleconsulta também é outra grande aliada da clínica ampliada.

Com ela, os médicos conseguem encaminhar os pacientes para os especialistas sem gastos de deslocamento, já que tudo poderá ser feito a distância.

A Teleconsulta ainda facilita o acompanhamento clínico e amplia as possibilidades de atendimento, o que é ótimo para que médicos e pacientes possam manter contato com segurança e economia

Com a clínica ampliada, você tem a chance de fornecer um atendimento completo e aumentar a prevenção em saúde de seus pacientes. 

Para ficar por dentro de mais novidades da área da saúde, assine gratuitamente nossa newsletter:

Cadastre-se na Newsletter do iClinic

Mas e você, já conhece ou possui uma clínica ampliada? Deixe sua experiência aqui nos comentários. 😉


Sobre o autor

Yasmim Mayumi

Especialista em Marketing de Conteúdo e produtora de conteúdo na iClinic. Graduanda em Letras - Licenciatura em Inglês e Português na Barão de Mauá em Ribeirão Preto.