Como a tecnologia está mudando a Medicina

Qual é o impacto da tecnologia na Medicina?

PEBMED Tecnologia na Saúde

Leia em 8 min.

Última atualização em 26/04/2021 por Yasmim Mayumi

Órgão artificiais feitos por impressoras 3D, simulações de procedimentos médicos, atendimentos a distância: esses são apenas alguns exemplos do impacto da tecnologia na Medicina.

Prefere escutar o conteúdo ao invés de ler? Clique no player:

Um estudo científico do Dr. José Eduardo de Siqueira, divulgado pela Revista Bioética, afirma que a medicina tecnológica consegue identificar “doenças” que nem os próprios pacientes notaram.

“Enfatizamos mais uma vez ser desnecessário apontar os benefícios oferecidos à humanidade pelos avanços tecnológicos da medicina moderna. Basta recordar as precisas informações obtidas pelos tomógrafos, pela ressonância magnética, […] os procedimentos cirúrgicos minimamente invasivos efetuados com o auxílio da robótica, que tornaram quase inexistente a distância entre a realidade e a ficção.”

De fato, as inovações tecnológicas são aliadas essenciais da área da saúde. 

Por isso, é fundamental que você especialize sua educação médica em matérias como inovação e tecnologia, para que você possa oferecer o melhor atendimento possível para seus pacientes.

Continue a leitura e descubra como você pode acompanhar as mudanças da tecnologia na Medicina.

Qual é a importância da tecnologia na Medicina?

Para entender a importância da tecnologia na Medicina, basta imaginar como seria sua rotina médica sem ela. 

Como seria diagnosticar seus pacientes sem o auxílio do raio-X, da ressonância magnética, e demais exames? Provavelmente seria necessário técnicas invasivas, como cirurgias.

Foi com a evolução da tecnologia que os profissionais de saúde conseguiram estudar organismos vivos, e entender o funcionamento do ser humano.

Ou seja, sem a tecnologia e o conhecimento dos profissionais, nossa expectativa e qualidade de vida seria extremamente baixa. 

Cerca de 120 anos se passaram desde que o físico William Conrad Roentgen descobriu o raio-X.

Desde então, as inovações tecnológicas só cresceram, como aponta outro estudo da Revista Bioética, sobre o uso da tecnologia na imagem médica, e seu impacto na relação médico-paciente.

“[…] o diagnóstico tornou-se mais preciso e aumentou o sucesso dos procedimentos terapêuticos nestas áreas, substituindo grandes cirurgias, como as cardíacas por exemplo, por técnicas muito menos invasivas e de resultados semelhantes.”

Além da tecnologia digital, outra inovação ressaltada foi a endoscopia, que permitiu avanços como:

“[…] realização de cirurgias muito menos agressivas de abdome, tórax, trato urinário, com menor morbidade e mortalidade, menor risco de infecção, menor tempo de hospitalização, e resultados semelhantes e até superiores aos da cirurgia convencional.”

Segundo o Dr. Paulo Bezerra, autor do estudo acima, a tecnologia pode oferecer possibilidades infinitamente melhores, como um equipamento que reconheça qualquer alteração patológica no nosso organismo. 

O profissional de saúde também afirma que a tecnologia não possui impacto negativo na relação médico-paciente, uma vez que ela complementa o atendimento médico, e não substitui a humanidade

“O progresso na ciência e tecnologia em medicina tornaram favoráveis a compreensão dos mecanismos básicos das doenças, melhorando as condições de tratamento. […] Hoje, há maior compreensão de que o homem doente deve ser olhado como um todo.”

Portanto, podemos concluir que com o uso correto da tecnologia, ela só traz vantagens para a área da saúde. Para aprender mais sobre novas tecnologias, assista nosso vídeo abaixo:

Quais são as principais mudanças da tecnologia na Medicina?

Para acompanhar os avanços da tecnologia na Medicina, é necessário manter-se atualizado.

Para te ajudar, separamos as 10 principais tendências. Acompanhe!

1. Gameficação da Medicina

A gameficação pode ser definida como o uso de jogos no tratamento dos pacientes, ou na educação médica dos profissionais de saúde. 

Tudo bem, mas o que isso significa? Quais são as vantagens de utilizar jogos na área da saúde?

Você sabe como alguns pacientes possuem dificuldade em realizar o tratamento da melhor forma, mesmo quando você enfatiza as orientações médicas constantemente. 

Os motivos podem ser diversos, como esquecimento, falta de engajamento, entre outros.

Porém, tudo fica mais divertido e didático quando nós utilizamos jogos. Um ótimo exemplo é o Sea Hero Quest, um jogo que ajuda as pesquisas sobre o Alzheimer.

Segundo a empresa, dois minutos de jogo no Sea Hero Quest equivalem a cinco horas de uma pesquisa convencional.

Isso significa que os especialistas podem ter acesso a dados significativos de forma rápida, e divertida para os pacientes.

A MedRoom é outro exemplo da gameficação, porém, na educação dos médicos.

A empresa utiliza realidade virtual para ensinar os futuros profissionais de saúde com simulações, modelos 3D, possibilitando um aprendizado mais assertivo.

2. Softwares médicos

Como garantir uma excelente proteção de dados para os pacientes? Como otimizar tempo e ser mais produtivo com uma rotina agitada?

A solução para seus principais desafios pode ser um bom software médico.

No curso de Medicina você provavelmente utilizou um prontuário de papel, e ao longo do tempo, você deve ter percebido que não é uma maneira inteligente de armazenamento

Além de ser um documento facilmente adulterado por qualquer pessoa, ele também exige um armazenamento físico, e não centraliza facilmente as informações dos pacientes. 

Um software médico conta com diversas funcionalidades que tornam seu dia a dia mais prático, como o prontuário eletrônico, que é totalmente personalizável e pode ser acessado de qualquer lugar, sem ocupar nenhum espaço do seu consultório, ou dispositivo. 

Veja a seguir quais são os principais diferenciais de um software médico de qualidade. 

  • Armazenamento na nuvem: assim como o Facebook e o Youtube, um sistema médico na nuvem é acessado por um servidor ou aplicativo, com um login e senha que são exclusivos para cada usuário. Ou seja, além de ter uma ótima segurança, você também não perde nenhum tipo de espaço;
  • Relatórios e gráficos automáticos: qual é o convênio mais utilizado pelos seus pacientes? Quais são as características predominantes do seu público? Qual é o repasse médico de cada profissional do consultório? Todas essas perguntas, e muito mais, podem ser respondidas com relatórios automáticos;
  • Agenda médica: uma agenda online permite que você agende pacientes em poucos cliques com cadastros completos, registre os procedimentos de cada consulta, não necessita de rasuras para alterar agendamentos, e bloqueia horários que você não está atendendo;
  • Agendamento online: seus pacientes podem agendar consultas de qualquer lugar, e a qualquer hora, por meio de um site como o AgendarConsulta, ou seu próprio site médico. Os softwares eficientes possuem o agendamento online e a agenda do sistema totalmente sincronizados;
  • E-mail marketing: já pensou em enviar mensagens personalizadas para seus pacientes de forma automática? Com o e-mail marketing de um sistema, você consegue aumentar o número de retorno e procedimentos do consultório, enviar orientações médicas, avisos, e muito mais;
  • Prescrição eletrônica com assinatura digital: além do prontuário eletrônico, você também pode contar com uma receita digital válida juridicamente, que pode ser enviada por SMS e e-mail para seus pacientes;
  • Teleconsulta: quer atender seus pacientes a distância com segurança, e ter a praticidade de acessar simultaneamente o prontuário eletrônico do paciente? Com uma Teleconsulta, você pode inovar seu atendimento e oferecer mais diferenciais;
  • Controle financeiro: uma das maiores dificuldades de todo profissional de saúde é a gestão financeira. Ao registrar todas as suas movimentações financeiras em um software, você nunca deixa seu controle financeiro de lado.

Ótimas vantagens em uma única inovação tecnológica, não concorda? 

Se ainda não sabe se ela é necessária na sua rotina, baixe nossa checklist gratuita:

Checklist Grátis: Descubra se seu consultório está precisando de um Sistema em Nuvem. Clique aqui e baixe nossa checklist!

3. Telemedicina

No Brasil, a Telemedicina ganhou popularidade com a pandemia de COVID-19. Ela foi a solução que permitiu a continuidade do atendimento médico para os pacientes.

Os serviços médicos prestados a distância conseguem solucionar diversos problemas, como a desigualdade do acesso à saúde, eliminação da distância entre médico e paciente, redução de custos, entre outros. 

A Telemedicina também é uma forte aliada na educação médica, pois permite que profissionais do mundo todo se comuniquem e troquem informações médicas com segurança

Na maioria dos casos, os profissionais de saúde costumam praticar a Telemedicina por meio da Teleconsulta, uma funcionalidade citada no tópico acima.

4. Presença online dos profissionais de saúde

Antigamente, os médicos contavam apenas com indicações e planos de saúde para atrair novos pacientes. 

É claro que as indicações continuam sendo um ótimo meio de atração, mas com a internet, os profissionais de saúde conseguem se posicionar como verdadeiras referências em suas especialidades

Vamos supor que no mês que vem, você decidiu que irá reformar a sua casa. Para ter um espaço funcional, decidiu contar com um arquiteto especializado em design de interiores. 

Você coletou algumas indicações dos seus amigos de confiança, e pesquisou na internet por cada um deles, para descobrir mais sobre seus estilos. 

Após uma breve pesquisa, escolheu o profissional que fez mais sentido para suas necessidades. 

Agora, imagina se aquele arquiteto não tivesse nenhuma presença online. Será que você ainda teria o escolhido? 

Seus pacientes buscam por serviços da mesma maneira. Por isso, é fundamental que você busque ter uma ótima presença digital, seja pelas redes sociais, site, ou canal no Youtube.

Aprenda mais sobre marketing digital para médicos com nosso eBook:

Guia sobre marketing digital para médicos

5. Wearables na Medicina

Há 100 anos atrás, quem imaginaria que poderíamos medir nossos sinais vitais por meio de um relógio? 

A tecnologia na Medicina avança rapidamente, quase sem aviso. Os wearables, ou dispositivos vestíveis inteligentes, ficam mais populares a cada ano. 

Se você tem um smartphone, consegue saber quantos passos costuma andar por dia, pode registrar dados sobre a saúde, e também consegue baixar aplicativos médicos.

Os wearables registram informações automaticamente, conseguem enviá-las para profissionais de saúde, instituições, e podem enviar alertas, prevendo situações de emergências.

6. Nanotecnologia

A nanotecnologia é um dos principais avanços da tecnologia na Medicina, pois permite a manipulação de matéria em escala molecular e atômica

Ou seja, além de médicos, também é preciso contar com a ajuda de especialistas em eletrônica, ciências da computação, físicos, engenheiros, químicos, entre outros. 

Com a nanotecnologia, é possível desenvolver materiais cada vez melhores, como medicamentos

No tratamento de câncer, por exemplo, nanopartículas podem ser utilizadas para diminuir sintomas e atacar tumores.

7. Cirurgiões-robôs

Os robôs da Telemedicina, conhecidos como cirurgiões-robôs, auxiliam os profissionais de saúde a realizarem cirurgias com uma postura ergonômica saudável, e eliminam qualquer distância com os pacientes. 

As vantagens das cirurgias robóticas são extensas, mas entre as principais delas podemos citar: 

  • Cirurgias menos invasivas para os pacientes;
  • Auxílio de microcâmeras e movimentos extremamente precisos dos braços robóticos; 
  • Tempo de duração da cirurgia reduzido;
  • Tempo de internação do paciente reduzido;
  • Eliminação da necessidade de deslocamento para outras regiões, devido a falta de cirurgiões. 

Quer descobrir mais inovações da Telemedicina? Assista o nosso vídeo sobre o assunto:

8. Impressora 3D 

Esqueça tudo que você sabe sobre impressoras: a impressora 3D é completamente diferente.

Sua tecnologia possibilita a criação de objetivos físicos a partir de um modelo tridimensional digital. Ao enviá-lo para o software da impressora, o objetivo é criado pelas camadas de impressão. 

Na maioria dos casos, as impressoras 3D contam com um injetor de matéria quente, e as aplicações mais comuns são fusão a laser, moldagem por injeção, ou fundição a vácuo.

Na Medicina, uma impressora 3D pode ser utilizada para criar órgãos artificiais, próteses, e até mesmo medicamentos.

9. Edição genética

Parece ficção científica, mas a edição genética é um dos campos da ciência mais promissores dos últimos anos.

Com a eliminação de trechos específicos do DNA, os cientistas podem substituí-los por novas sequências de genes, permitindo a edição de DNA de seres vivos. 

Isso significa que além de tratar doenças, e cultivar alimentos transgênicos, nós podemos melhorar características humanas, e quem sabe, escolher como nossos bebês serão. 

Essa é uma tendência muito polêmica na área da saúde, e ainda é necessário diversos estudos e pesquisas para garantir que ela será implementada de forma segura para todos.

10. Inteligência Artificial

A Inteligência Artificial, também conhecida pela sigla IA, ou AI (Artificial Intelligence, em inglês), simula a inteligência humana em softwares como computadores, robôs e outros dispositivos. 

Você provavelmente já leu novidades como o uso de robôs na recepção de consultórios, ou o computador IBM Watson, que já está presente em alguns hospitais do Brasil. 

A Inteligência Artificial é uma das principais promessas de revolução da Medicina, e apesar de ainda não ser comum no país, as tendências mostram que em breve, elas serão popularizadas. 

Afinal, com o uso da IA, os médicos podem ter o auxílio de softwares inteligentes para solução de casos clínicos, conseguindo cuidar de mais pacientes com qualidade, e segurança.

Viu como a tecnologia está mudando a Medicina

Se você quer saber como aproveitá-la no seu dia a dia, baixe nosso eBook sobre como implementar inovações tecnológicas:

eBook grátis: Implemente inovações tecnológicas agora mesmo

Já utiliza alguma dessas tecnologias? Compartilhe sua experiência nos comentários aqui embaixo!


Sobre o autor

PEBMED

Temos como principal objetivo, através do Whitebook, ser um facilitador na vida do profissional de saúde e estudante de medicina. Hoje já são mais de 100 mil usuários, sendo a principal ponte entre a informação e o consumidor, tudo isso de forma gratuita.