Como fazer repasse médico de forma automática

Como fazer repasse médico de forma automática

Yasmim Mayumi Gestão da Clínica

Última atualização em

Leia em 5 min.

Você demora muito tempo para realizar o repasse médico no seu consultório? Quer otimizar esse processo, e ainda garantir que erros comuns não serão cometidos? Descubra aqui como conseguir tudo isso de forma automática.

O repasse médico é uma tarefa fundamental para clínicas e consultórios médicos que possuem mais de um profissional de saúde atendendo no estabelecimento, e optaram por trabalhar com essa forma de pagamento.

Também conhecido como rateio médico ou comissão, o repasse médico é uma forma de pagamento para profissionais de saúde, onde os valores são calculados de acordo com critérios como atendimentos, procedimentos realizados e convênios atendidos.

Além de ser uma atividade burocrática, ela também costuma ser complexa e demorada, principalmente para os administradores que calculam os repasses no papel, ou com planilhas.

Para garantir que os cálculos estão sendo realizados de forma correta, muitos médicos estão optando por soluções tecnológicas como softwares médicos para otimizar esse processo.

Confira a seguir quais são as principais dificuldades do repasse médico, e como solucioná-las de forma eficiente. Continue a leitura!

Principais dificuldades na hora de fazer o repasse médico

A rotina de um médico que costuma apenas atender pacientes já costuma ser bem agitada, e quando falamos de um médico empreendedor, aquele profissional que, além de cuidar de pacientes, também administra seu próprio consultório, o dia a dia é ainda mais atarefado. 

Apesar de muitos administradores realizarem o repasse médico com muito cuidado, falhas humanas podem ser cometidas a qualquer hora, principalmente quando você é responsável por várias atividades administrativas.

Quando algum erro é cometido em um repasse médico, além de prejudicar a gestão do consultório e o controle financeiro como um todo, o profissional prejudicado pode se sentir enganado, o que também afeta negativamente a imagem do consultório.

Veja quais são as 4 principais dificuldades que os administradores enfrentam na hora de fazer o repasse médico. Acompanhe!

1. Exige muita organização e atenção

Qualquer tarefa administrativa exige uma organização e cuidado maior, porém, quando falamos de repasse médico, essa atenção precisa ser ainda mais redobrada, porque estamos cuidando de uma atividade que afeta diretamente os colaboradores do consultório.

O repasse médico normalmente é feito todo mês, ou seja, frequentemente você precisa realizar todos os cálculos sobre cada profissional de saúde, levando em conta os critérios já mencionados acima: número de atendimentos realizados, tipos de procedimentos e convênios atendidos.

Isso significa que você precisa ter todos os dados registrados em algum local como um software, planilha, ou até mesmo no papel.

Todo esse processo exige muita organização e uma gestão de excelência, não concorda?

Pensando nisso, é extremamente importante lembrar seus colaboradores, desde os profissionais da recepção e até os próprios de médicos, de manterem tudo registrado, pois isso facilita no momento de fazer todos os cálculos.

Contar com um sistema que centraliza todos os dados de forma eficiente também pode ajudar drasticamente esse processo.

2. É necessário identificar cada atendimento de acordo com médico e convênio

Parece óbvio, mas muitos administradores acabam se esquecendo de enfatizar para os profissionais do consultório o quanto é essencial que todas as informações sobre o atendimento sejam registradas. 

Caso alguma informação fique faltando, como convênio do paciente ou procedimento realizado, além do profissional de saúde ser prejudicado, toda a gestão acaba sendo afetada.

Além disso, caso você use uma planilha ou registros em papel para identificar esses dados, isso significa que toda essa identificação precisa ser feita manualmente, ou seja, você gasta um tempo excessivo em apenas uma parte da atividade, e pode cometer erros mais facilmente.

3. Todos os cálculos devem ser feitos corretamente

Imagine que você possui quatro médicos atendendo no seu consultório atualmente. Em média, eles realizam 10 atendimentos por dia, e o estabelecimento fica aberto apenas em dias úteis.

No mínimo, 800 atendimentos são feitos no seu consultório por mês e, para calcular o repasse médico de cada profissional de forma correta, caso você não conte com um software que automatize essa atividade, você precisa realizar todos esses cálculos manualmente.

Mesmo que você conte com uma planilha que faça os cálculos de forma automática, o algoritmo das planilhas costuma ser muito delicado, e qualquer espaço ou vírgula no lugar errado pode impossibilitar esse cálculo, fazendo com que você perca ainda mais tempo nessa atividade.

Fazer todos os cálculos manualmente também resulta em um trabalho ainda maior, afinal, são muitos e qualquer erro pode passar despercebido.

4. Um tempo considerável precisa ser reservado para realizar o repasse

Como já mencionamos no conteúdo, dependendo da forma que você pretende calcular o repasse médico do seu consultório, você pode gastar um tempo excessivo apenas para realizar essa atividade. Tempo que você nem sempre tem.

Com a ajuda de algumas ferramentas como planilhas e softwares médicos – uma opção ainda melhor – esse processo pode ser automatizado, o que pode ajudar consideravelmente a reduzir o tempo gasto.

Quer saber como realizar o repasse médico de forma automática com apenas 3 passos? Veja a seguir como isso é possível na prática. Boa leitura!

Faça repasse médico de forma automática 

Você sabe que o repasse médico é uma atividade importante que precisa ser feita com cuidado, porém, como é possível torná-la automática para garantir mais produtividade e evitar erros comuns?

Nos passos a seguir, explicamos como você pode programar o repasse médico do seu consultório para que seja feito de forma automática, baseado no funcionamento do software médico iClinic. Confira!

Experimente gratuitamente: Comece agora a testar o iClinic. Clique aqui!

1. Configure regras de repasse

O primeiro passo para deixar seu repasse médico automático é configurar as regras de repasse. Para fazer isso, basta acessar “Configurações da Clínica” e depois “Regras de repasse“.

Repasse médico automático no iClinic

Nessa área, é possível definir uma porcentagem de repasse para cada profissional de saúde registrado na conta, ou você pode diferenciar essa porcentagem para os diferentes procedimentos que o médico atende, basta clicar na opção “Específico por procedimento“.

2. Acesse o relatório de repasse

Para acessar a parte de relatórios, clique em “Gestão” na barra azul disponível na parte superior da tela do sistema, depois vá em “Relatórios“, procure a seção “Finanças” e acesse “Repasse por profissionais“.

Antes de gerar um relatório sobre o repasse médico, você pode configurar critérios como período, profissional de saúde, convênio e calcular de acordo com agendamento ou recebimento.

3. Escolha a forma do cálculo

Há duas formas diferentes de calcular o repasse médico do seu consultório no software iClinic, como vimos no tópico anterior. 

Caso você opte por realizar o cálculo de acordo com os agendamentos, ele será feito com base no valor cadastrado na conta para cada procedimento. Assim, ele calcula automaticamente quantos agendamentos o profissional de saúde realizou no período selecionado, e mostra o valor do repasse médico.

O cálculo por recebimento funciona com base nas receitas lançadas no financeiro da conta, ou seja, o valor do repasse médico se baseia apenas nos lançamentos e parcelas marcadas como recebidas no período programado.

Ao gerar o relatório de repasse médico, informações como data, procedimento, convênio, valor base do cálculo, valor para o profissional e o valor para a clínica serão apresentadas automaticamente.

Você também pode exportar os relatórios gerados em formato de XSL, ou imprimi-los, caso prefira. 

Está interessado em realizar o repasse médico do seu consultório de forma automática? Teste gratuitamente o iClinic agora mesmo. 🙂

Como você costuma fazer o repasse médico do seu consultório? Conte pra gente aqui embaixo nos comentários e não se esqueça de compartilhar o conteúdo com seus amigos!


Sobre o autor

Yasmim Mayumi

Especialista em Marketing de Conteúdo e estudante de Letras na Barão de Mauá em Ribeirão Preto.