Conheça 4 estratégias de marketing para dermatologista

Conheça 7 estratégias de marketing para dermatologistas

Yasmim Mayumi Marketing Médico Leave a Comment

Leia em 7 min.

A dermatologia é uma especialidade extremamente visual, que cresce cada vez mais a cada ano. Para conseguir se destacar no mercado médico dessa especialidade, o marketing médico é uma estratégia essencial.

Prefere escutar o conteúdo, ao invés de ler? Clique no player aqui embaixo:

O marketing para dermatologistas – ou marketing médico – é uma ferramenta muito importante para garantir a sua visibilidade no mercado e criar a sua autoridade

Por meio dele, é possível atrair mais pacientes e conquistá-los para que, então, eles mesmos possam se tornar pacientes fiéis que irão divulgar seu consultório. 

Um estudo sobre a importância do marketing na área da saúde, divulgado pela Revista de Administração Pública, aponta que o marketing é necessário em qualquer instituição que queira se diferenciar. 

Toda empresa que alcança o sucesso tem como característica estar comprometida com uma série de princípios básicos de marketing. O marketing é reconhecido hoje em dia como uma função necessária em qualquer instituição de cuidados médicos.”

No entanto, o marketing médico exige alguns cuidados, pois o Conselho Federal de Medicina (CFM) possui algumas limitações de divulgação, a fim de preservar a ética e a respeitabilidade inerentes à profissão.

Levando isso em consideração, listamos 7 estratégias seguras e eficientes para você realizar um marketing médico adequado, sem desrespeitar os termos apresentados pelo CFM. Acompanhe!

Como fazer um marketing médico seguindo o Código de Ética do CFM?

Tendo em vista as restrições determinadas pelo CFM, você deve se perguntar se é possível realizar um marketing médico de maneira ética. Saiba que a resposta é sim.

No entanto, é preciso estar atento para não infringir nenhuma orientação.

O estudo da Revista de Administração Pública também aborda esse fator, comentando que o marketing na área da saúde deve ser uma ferramenta de promoção da qualidade de vida dos pacientes.

“Nos serviços de saúde, ainda há uma grande resistência ao marketing na área. O que precisa mudar é esta visão, salientando que o marketing de cuidados médico hospitalares não é um estimulador ou direcionador de demanda, mas um orientador de qualidade de vida, de qualidade de assistência.”

Seguindo as normas do CFM e implementando um marketing de qualidade, os dermatologistas podem se destacar e entregar uma experiência incrível para seus pacientes, mesmo quando eles não estão no consultório.

Pensando em ajudar você nessa missão, o CFM lançou uma cartilha para orientar os profissionais quanto às ações que não são permitidas dentro da publicidade médica.

A seguir, listamos os principais pontos que você deve se atentar para seguir o Código de Ética:

  • Independente de sua especialidade médica, você não pode se intitular como “o único”, o “melhor médico”, assim como é proibido sugerir que você tem técnicas exclusivas;
  • Nenhum médico pode receber prêmios de destaque, como “médico do ano”;
  • Não é permitido garantir resultados de tratamentos ou procedimentos para pacientes;
  • Qualquer anúncio e publicação deve conter seu nome, especialidade, CRM e RQE (Registro de Qualificação de Especialista) e, caso você não possua o título de especialista, é proibido se promover como tal;
  • É proibido fazer uso de imagem de celebridades como se elas fizessem o uso de seus procedimentos e o aprovassem;
  • Publicações de selfies, promoção de sorteios e descontos, publicação de imagens de pacientes como “antes e depois” de procedimentos é proibido, mesmo que o paciente tenha autorizado a publicação;
  • É estritamente proibido sugerir possíveis diagnósticos sem uma consulta.

Seguindo as orientações acima, você garante que o marketing do seu consultório não terá foco comercial

Implementando as boas práticas de marketing, você consegue se posicionar com excelência no mercado, garantindo que seus pacientes irão ter acesso a informações validadas por um profissional de saúde.

Agora que você sabe as principais regras do CFM em relação a marketing médico, não deixe de conferir também as principais dúvidas sobre essa estratégia no vídeo a seguir.

A seguir, separamos as principais estratégias de marketing para dermatologistas. Boa leitura!

Principais estratégias de marketing para dermatologistas

Uma parte dos dermatologistas já conhece a importância do marketing para sua especialidade, afinal, por ser uma área visual e atrair muitos pacientes jovens, ter presença nas mídias sociais e em mecanismos de buscas como Google, acaba sendo fundamental. 

Além disso, um marketing de qualidade pode inclusive melhorar o relacionamento com seus pacientes, algo que também é estudado no relatório da Revista de Administração Pública.

“A atividade de marketing na área de saúde deve utilizar suas técnicas para prestar um melhor serviço e desenvolver um relacionamento com seu cliente (paciente), podendo, assim, melhorar seus resultados financeiros.”

O marketing envolve critérios como análise, planejamento e criação de estratégias voltadas para o público-alvo, visando sempre alcançar os objetivos da empresa.

Por isso, lembre-se de de, antes de tudo, definir quem é seu público-alvo. São pacientes, mas qual é a faixa etária deles? O que eles consomem no dia a dia? Estão presentes nas redes sociais? São universitários?

Definindo qual o perfil de pacientes que você deseja atrair, fica mais fácil na hora de escrever um conteúdo relevante para o seu público, e escolher quais estratégias serão implementadas.

Pensando nisso, é essencial que você estude sobre as estratégias citadas a seguir, e escolha as que mais fazem sentido para o perfil do seu consultório. 🙂

1. Invista em um site 

Ter seu próprio site é um ótimo diferencial, pois muitos dermatologistas ainda não investiram nessa estratégia. Além disso, mostra ainda mais profissionalismo e valoriza seu serviço.

Em seu site, é importante que você conte sobre sua jornada, como motivos pelos quais você escolheu a dermatologia, quais são as suas experiências e diferenciais do seu atendimento.

Não se esqueça também de citar os procedimentos que realiza – ou seja, tudo o que achar necessário. 

Dessa forma, seu paciente consegue te conhecer mesmo que não seja um cliente do consultório, e é muito mais propenso a escolher o seu atendimento, do que um médico que ele nem consegue encontrar no Google, por exemplo.

Para que você tenha ainda mais sucesso nessa estratégia, é importante que você tenha um site responsivo (que funcione bem em qualquer dispositivo eletrônico, seja um notebook ou smartphone), que seja visualmente bonito e que tenha também a mensagem que você gostaria de passar para seus pacientes.

Uma ótima forma de começar a sua estratégia de marketing, não concorda? 

2. Tenha presença nas redes sociais

As redes sociais são ótimas ferramentas para atrair mais pacientes para o seu consultório, tendo em vista que o seu público-alvo provavelmente está presente lá. 

Nesse sentido, é importante, antes de qualquer ação, analisar em quais redes sociais eles estão mais presentes.

Por exemplo, se eles costumam utilizar mais o Facebook e Instagram, não faz sentido você investir em campanhas no Twitter ou Snapchat, certo?

Caso você tenha interesse em investir no Instagram, baixe gratuitamente nosso material educativo sobre o assunto:

eBook gratuito: Como divulgar sua clínica no Instagram e ter ainda mais sucesso. Clique aqui e baixe agora!

3. Aplique estratégias de Inbound Marketing

O Inbound Marketing veio para revolucionar a ideia tradicional da publicidade, na qual a empresa deveria ir até o paciente.

Nessa estratégia, o caminho é inverso, ou seja, é o paciente que vai procurar a sua clínica. Como?

Por meio de conteúdo relevante que deve estar disponível para os pacientes via blog, e-mail, vídeos, dentre outras ações que contribuem para a atração do público-alvo.

Imagine que um paciente esteja buscando “como fazer limpeza de pele caseira”, e no topo das pesquisas, aparece seu artigo que explica o passo a passo detalhado de como fazer esse procedimento corretamente.

No final do conteúdo, você pode aconselhar que caso o paciente deseje um resultado ainda mais completo, ele pode procurar um dermatologista. Como o paciente já está lendo um artigo seu, pode aumentar a possibilidade dele decidir agendar uma consulta com você.

Esse é um exemplo prático de como o Inbound Marketing funciona. Para se aprofundar mais, não deixe de ler nosso eBook sobre Inbound Marketing na área da saúde.

4. Produza vídeos para o YouTube

O Youtube é o segundo mecanismo de busca mais utilizado no mundo. Além disso, o consumo de vídeos está crescendo cada vez mais. 

Lembre-se do exemplo prático que citamos no tópico de Inbound Marketing.

Postar vídeos no Youtube esclarecendo as principais dúvidas dos seus pacientes também pode ser uma ótima estratégia, caso você perceba que seus potenciais pacientes estão nesse canal.

Para te ajudar, nós elaboramos uma websérie completa sobre o tema. Aprenda ainda mais sobre como produzir vídeos para os seus pacientes agora mesmo, e traga um diferencial para o marketing do seu consultório.

5. Crie um perfil no Google Meu Negócio

Todo mundo pesquisa no Google, inclusive seus pacientes. Para que você esteja bem posicionado nos mecanismos de busca, crie um perfil no Google Meu Negócio

Nele, você pode adicionar as principais informações do seu consultório, como horários de atendimentos, endereço e formas de contato. Além disso, os seus pacientes podem deixar avaliações e comentários sobre o seu negócio.

Google Meu Negócio para clínicas e consultórios

Além de ser encontrado mais facilmente, você também pode conseguir ótimas avaliações, e transmitir mais segurança para as pessoas que ainda estão decidindo se irão ou não se consultar com você.

6. Implemente o e-mail marketing

O e-mail marketing é uma estratégia que permite que você envie mensagens personalizadas para seus pacientes, até mesmo de forma automatizada, fortalecendo ainda mais o relacionamento.

Normalmente, o único contato que seus pacientes possuem com os médicos, mesmo os dermatologistas, é durante a consulta.

Porém, a necessidade de estender o atendimento e estar presente além do momento físico é um aspecto que cresce cada vez mais.

Para os dermatologistas que querem educar seus pacientes, fidelizá-los e aumentar o número de retornos e procedimentos, o e-mail marketing pode ser a estratégia ideal. 

Ao procurar uma ferramenta de e-mail marketing, lembre-se de buscar uma desenvolvida exclusivamente para médicos, como o iClinic Marketing.

Dessa forma, você garante que a plataforma de e-mail marketing atenderá todas as suas necessidades.

7. Não esqueça dos links patrocinados

Os links patrocinados são estratégias essenciais que complementam o marketing médico, em especial quando o seu principal objetivo é atrair novos pacientes. 

Esse recurso fortalece a sua presença digital e te ajuda a se destacar da concorrência, pois esse tipo de anúncio sempre aparecerá na primeira página do Google quando alguém procurar por um consultório de dermatologia, por exemplo.

As estratégias de marketing para dermatologista são essenciais para garantir que o seu consultório seja bem-visto pelo seu público-alvo.

Sendo assim, não deixe de colocá-las em prática, mas sem esquecer de dar uma atenção especial ao regulamento do CFM.

Agora que você já conheceu as principais estratégias de marketing para dermatologistas, é importante também saber como funciona a jornada do paciente. Acesse este artigo para descobrir!

Quer se aprofundar ainda mais em marketing para dermatologistas?

Faça nosso curso básico de marketing médico para começar e, caso tenha alguma dúvida, deixe aqui embaixo nos comentários para que possamos te ajudar.

Curso Básico de Marketing Médico

Sobre o autor

Yasmim Mayumi

Especialista em Marketing de Conteúdo e estudante de Letras na Barão de Mauá em Ribeirão Preto.