As principais dificuldades do médico empreendedor

Quais são as principais dificuldades de um médico empreendedor?

Yasmim Mayumi Gestão da Clínica

Leia em 6 min.

Última atualização em 06/07/2021 por Yasmim Mayumi

Todo profissional de saúde que deseja abrir seu próprio consultório deve buscar especializações que vão além da educação médica tradicional. Neste artigo, você irá descobrir como superar as dificuldades que um médico empreendedor possui.

Está sem tempo para ler o conteúdo? Clique no player e escute a nossa gravação:

De acordo com o estudo de projeção em 2020 do CFM, a relação entre médicos e habitantes vai ser tão expressiva, que não será mais necessário a abertura de escolas médicas.

“Em 2020, mesmo sem novas vagas em cursos de Medicina, haverá explosão da relação médico-habitante e super-concentração de médicos em diversos estados, capitais e municípios de médio porte.”

É claro que não podemos deixar de lado o fato que muitas regiões não possuem o número mínimo de médicos necessários, principalmente quando falamos de especialistas.

Além disso, é preciso considerar que muitos profissionais de saúde possuem o sonho de abrir seu próprio consultório, e a concorrência do mercado médico só aumenta

Pensando nisso, é essencial que você saiba como administrar seu negócio da melhor forma. 

Continue a leitura e descubra como superar suas principais dificuldades como médico empreendedor!

O que é ser um médico empreendedor?

A palavra “empreendedor” possui várias definições, mas para te ajudar a entender melhor esse conceito, trouxemos a definição do livro Empreendedorismo do Idalberto Chiavenato.

“Para ser bem-sucedido, o empreendedor não deve apenas saber como criar seu próprio empreendimento. […] Deve também saber gerir o seu negócio para mantê-lo e sustentá-lo em um ciclo de vida prolongado e obter retornos significativos de seus investimentos.”

Ou seja, um empreendedor é aquele que administra uma empresa e cria oportunidades. 

Um médico empreendedor é responsável por planejar, organizar, controlar e otimizar todos os processos do consultório. Inclusive, a gestão de pessoas.

Apesar do empreendedorismo não ser uma matéria comum na Medicina, os médicos costumam ser excelentes empreendedores, por já possuírem algumas características básicas de um empreendedor. 

Entre elas, podemos citar a vontade de continuar a educação médica, o interesse por inovação e tecnologia, e o foco nos principais objetivos, como o AAFR (atrair, atender, fidelizar pacientes e rentabilizar).

Clique no player abaixo para aprender mais sobre AAFR:

Porém, muitos profissionais de saúde passam por grandes desafios na hora de abrir ou administrar o consultório, principalmente em questões de tributação, legislação, finanças, gestão, entre outras.

Como superar as principais dificuldades de um médico empreendedor?

Ser um médico empreendedor exige muita dedicação, estudo, e os profissionais de saúde estão mais que acostumados com essa rotina. 

A verdade é que não existe nenhum segredo para ser um bom empreendedor, e com as ferramentas certas, você pode ultrapassar todos os desafios. 

Aproveite o conteúdo!

1. Tenha uma excelente gestão de tempo

Você sente que não tem tempo para realizar todas as suas atividades, e gostaria de ter mais oportunidades para se especializar em outras áreas?

A falta de tempo é uma reclamação constante de qualquer profissional, e isso não é diferente na área da saúde. Todos precisamos lidar com o fato de que temos apenas 24 horas no dia.

Entretanto, na maioria dos casos o problema não é o tempo em si, e sim a falta de gestão do próprio tempo. 

Vamos supor que você quer realizar um curso para aprender sobre gestão de clínicas e consultórios. Porém, nunca sobra tempo para você estudar.

Acredite, o tempo não vai aparecer. Você precisa priorizar essa atividade na sua agenda, e separar um tempo exclusivo para continuar o curso toda semana. 

Se você não deixar um horário separado para suas atividades, você vai sempre começar a realizar questões “mais urgentes”, e nunca sobrará tempo.

Isso significa que você precisa aprender a gerir suas tarefas. Pense: quais atividades precisam ser resolvidas agora? Eu consigo pedir ajuda de outros colaboradores para realizá-las? Quais são meus objetivos? 

Talvez você sinta que é impossível conseguir tempo, mas nós vamos mostrar ao longo do conteúdo algumas ferramentas e práticas que irão te ajudar a otimizar processos.

2. Aprenda sobre investimentos

Quer ampliar o espaço do seu consultório, comprar novos equipamentos, e capacitar seus colaboradores, sem ficar no vermelho?

Qualquer empresa é um investimento. 

E um negócio precisa de outros investimentos para continuar no mercado, seja em colaboradores, equipamentos, marketing, entre outros. 

Infelizmente, muitas pessoas acreditam que “investimento não é para elas”, e apenas especialistas em bolsa de valores conseguem investir com segurança. 

A verdade é que com uma boa consistência em seus investimentos, você pode gerar lucro, sem precisar trabalhar mais. Isso trará oportunidades de crescimento para o seu consultório.

Tudo bem, mas eu consigo investir com pouco dinheiro? Não existe o risco de eu perder meus recursos?

Você pode começar a investir com R$ 100,00. Na LCI e LCA, por exemplo, o Fundo Garantidor de Crédito assegura investimentos de até R$ 250 mil, protegendo seu investimento. 

Pode não parecer, mas se você separar uma quantia de dinheiro todo mês, você pode ter um excelente retorno no futuro. 

Caso queira aprender mais sobre investimento para médicos, baixe nosso eBook gratuito:

Baixe grátis: eBook sobre investimentos para médicos

3. Cuide da sua gestão financeira

Você sabe quais são suas receitas e despesas mensais? Consegue afirmar se o consultório está trazendo lucros?

Um dos erros mais comuns dos profissionais de saúde que administram um negócio, é não se preocupar com a gestão financeira. Ou pior, tentar fazer todas as contas de forma manual, sem a ajuda de um sistema. 

Contar com um sistema que ofereça um bom controle financeiro para médicos é essencial, pois você irá contar com funcionalidades automáticas, como:

  • Fluxo de caixa;
  • Repasse médico;
  • Produção de relatórios e gráficos sobre suas finanças;
  • Saldo da conta bancária;
  • Previsão de todas as suas contas a receber, assim como suas despesas.

Tudo isso sem precisar fazer essas atividades na mão, o que te proporciona muito mais tempo e produtividade. 

Além disso, você não precisa ser um especialista. Ao realizar um curso de finanças para médicos, você consegue aprender tudo que é necessário para administrar seu consultório.

4. Adote a tecnologia no seu consultório

Quer saber como ser mais produtivo, e prestar um serviço de qualidade com o mínimo de recursos?

A forma mais fácil de ter mais tempo para focar nos seus pacientes, sem deixar a administração do consultório de lado, é contar com a tecnologia, como um software médico

Existem milhares de benefícios em aproveitar as inovações tecnológicas no seu dia a dia, mas você pode considerar algumas dessas questões:

  • Eu quero tornar atividades manuais, automáticas, como confirmação de consultas, repasse médico, envio de mensagem para pacientes, e produção de relatórios?
  • Gostaria de ter os dados do consultório armazenados na nuvem, e acessá-los sempre que quiser, de qualquer dispositivo? 
  • Ter um prontuário personalizável pode agilizar minha consulta, e proporciona mais tempo para um atendimento humanizado? 
  • Quero fidelizar meus pacientes com funcionalidades como e-mail marketing, agendamento online e envio de prescrições por SMS e e-mail?

Se suas respostas foram positivas, ter um software médico ao seu lado é a escolha certa. 

Baixe nossa checklist gratuita para saber se você realmente precisa de um sistema médico:

Checklist Grátis: Descubra se seu consultório está precisando de um Sistema em Nuvem. Clique aqui e baixe nossa checklist!

5. Conte com a ajuda de especialistas

Você viu ao longo do conteúdo como algumas práticas e ferramentas podem te ajudar no dia a dia, e solucionar suas principais dificuldades. 

Contar com especialistas na gestão do seu consultório também pode te trazer mais segurança.

Afinal, profissionais como advogados, consultores, e agências especializadas em marketing e finanças para médicos, possuem um vasto conhecimento que podem ser essenciais para alcançar seus objetivos. 

Você pode pensar que a ajuda desses especialistas é mais uma despesa, porém, esse também é um tipo de investimento

Se você deseja atrair mais pacientes, mas não tem muito domínio sobre marketing médico, uma agência de marketing consegue te auxiliar de forma rápida, e assertiva.

É claro que você pode se especializar e realizar um curso nessa área, o que é extremamente recomendável. Mas quando falamos de resultados, especialistas com formação na área costumam garanti-los.

Viu como é possível superar suas principais dificuldades como médico empreendedor? 

Inscreva-se na nossa newsletter para receber mais artigos como este!

Cadastre-se na Newsletter do iClinic

Ficou com alguma dúvida? Deixe aqui embaixo nos comentários, e compartilhe o conteúdo com seus amigos que também são empreendedores!


Sobre o autor

Yasmim Mayumi

Especialista em Marketing de Conteúdo e produtora de conteúdo na iClinic. Graduanda em Letras - Licenciatura em Inglês e Português na Barão de Mauá em Ribeirão Preto.