Como reduzir custos da sua clínica com um software médico?

Como reduzir custos da sua clínica com um software médico?

Leia em 5 min.

O investimento em um software médico realmente reduz custos e otimiza os processos do seu consultório? Como que ele faz isso na prática? Confira como agora mesmo neste artigo!

Um software médico possui diversas funcionalidades que contribuem para todas as áreas do seu consultório, desde a organização dos cadastros dos pacientes até a gestão de finanças e relatórios automáticos. 

Segundo um estudo realizado pelo JHI (Journal of Health Informatics), as principais vantagens na adoção de um sistema informatizado de registros, como um software médico, são:

“O acesso rápido ao histórico do paciente, a redução no tempo de atendimento, a melhoria no controle e planejamento hospitalar e a melhoria na qualidade do atendimento.”

Com todos esses benefícios, a redução de custos fica muito mais fácil de ser implementada. Afinal, com uma melhoria no controle e planejamento do consultório, fica fácil identificar custos desnecessários, por exemplo.

Quer saber como  as funcionalidades de um software médico reduzem custos na prática? Continue a leitura!

Como um software médico ajuda a reduzir custos?

Seu consultório reserva um espaço apenas para guardar documentos, como prontuários de papéis dos pacientes? A conta de telefonia vêm principalmente das ligações para confirmação de consultas?

Muitos processos manuais e repetitivos, quando otimizados, reduzem não apenas os custos de um estabelecimento, mas tornam toda a equipe mais produtiva, e o negócio mais rentável

Dê uma olhada em como as funcionalidades de um software médico reduzem os custos do consultório. Boa leitura!

1. Melhor gestão de custos do consultório

A maioria dos softwares médicos disponibilizam um centro de gestão de custos, onde você pode controlar cada movimentação financeira que é realizada na sua clínica.

Assim, você pode visualizar de forma prática onde estão sendo seus maiores investimentos, e em quais períodos eles acontecem, podendo realocar os custos da melhor forma possível de acordo com o seu orçamento.

video-financeiro-iclinic

Alguns softwares vão ainda mais além, como o iClinic, que disponibiliza relatórios e gráficos automáticos sobre finanças, pacientes, atendimentos entre outros.

Com um sistema eficiente, equívocos comuns como erros nas anotações e perda de dados são totalmente eliminados

Afinal, um software na nuvem garante a proteção dos dados médicos do seu consultório, e como eles estão armazenados na nuvem e não em um dispositivo eletrônico, os dados não podem ser perdidos

Sem contar que essa ferramenta garante  uma considerável redução do tempo que é despendido para produzir relatórios e para analisar uma pilha de informações espalhadas, geralmente sem conexão. 

Com uma centralização de dados, relatórios e gráficos precisos são gerados automaticamente, e você pode realizar uma análise realmente eficiente e economizar seu tempo e dinheiro.

2. Processos automatizados 

Na rotina médica há muitos processos repetitivos e realizados de forma manual que acabam tomando um tempo desnecessário do profissional da saúde ou da recepção. 

Porém, processos como agendamento e confirmação de consultas, preenchimento dos campos do prontuário eletrônico são essenciais para o bom funcionamento do consultório.

Felizmente, um software médico possui funcionalidades como confirmação de consultas por SMS e e-mail, que vão automaticamente no dia anterior ao atendimento para o paciente.

No iClinic funciona da seguinte forma: depois de ativada, a mensagem de confirmação pede uma resposta “SIM” ou “NÃO” para a confirmação da consulta. Assim que o paciente responde, o status de agendamento muda automaticamente na agenda médica

Dessa forma, a recepcionista pode usar o tempo que antes era utilizado na confirmação de consultas para focar em atividades realmente produtivas, como oferecer um atendimento de qualidade para os pacientes que acabaram de chegar na clínica.

Além disso, as confirmações de consultas por SMS podem reduzir até 30%das faltas no seu consultório, tornando-o mais rentável.

Também há serviços como o agendamento online, uma agenda disponibilizada através de um site que permite agendamento 24 horas, todos os dias da semana.

agendamento-online

Com essa ferramenta, seus pacientes podem agendar atendimentos sem entrar em contato diretamente com o consultório, o que além de aumentar seus atendimentos, reduz custos de telefonia.

Confira aqui como a Clínica Médica Madrid revolucionou sua forma de agendamento de consultas e os principais resultados que ela tem obtido! 

3. Economia de energia

Uma boa parte das clínicas e consultórios médicos no Brasil ainda utilizam servidores físicos como softwares instalados para armazenar dados. 

Além de consumir um volume considerável de energia, os servidores físicos também apresentam elevado risco de perda dos dados da clínica, com acidentes ou até mesmo furtos. 

Um software médico na nuvem reduz esse consumo, e consequentemente, a conta de energia elétrica do consultório será bem menor.

4. Otimização de espaços

Muitos consultórios precisam ter uma sala reservada apenas para guardar arquivos e documentos físicos, principalmente prontuários de papel que, de acordo com o CFM, precisam ser guardados por no mínimo 20 anos. 

Porém, caso os prontuários sejam digitalizados – em um software médico, por exemplo – esses documentos podem ser eliminados. 

Dessa forma, o que antes ocupava um espaço excessivo no consultório, fica centralizado em uma única tela (e em qualquer dispositivo eletrônico conectado a internet). 

Além disso, você pode acessar os dados do paciente de onde estiver 24 horas por dia

Dessa forma, a sala que anteriormente era ocupada por pilhas de papéis, pode ser utilizada para criar uma nova sala de consulta ou até mesmo ampliação da sala de espera do consultório. 

Excelentes formas para reaproveitar melhor o espaço, não é mesmo?

5. Segurança dos dados médicos

Como já mencionamos acima no artigo, um software médico na nuvem permite uma segurança de excelência, já que os dados médicos estão em uma plataforma na nuvem, e não instalados no seu computador.

Além disso, alguns softwares como o iClinic, utilizam a mesma criptografia que sistemas bancários, garantindo que apenas médicos tenham acesso a informações sigilosas dos pacientes.

Ao invés de gastar tempo se preocupando com os prontuários da papéis guardados em uma gaveta, onde podem ser facilmente furtadosou sofrerem acidentes como derramamento de líquidos, escolher um software seguro acaba sendo mais eficiente do que contratar um segurança, por exemplo.

Como vimos neste artigo, um software médico pode te permitir investir naquilo que realmente importa: os seus pacientes.

Ficou interessado em conhecer um software médico na prática? Faça agora mesmo um teste gratuito e veja se esse sistema consegue de fato reduzir os custos da sua clínica:

Experimente gratuitamente: Comece agora a testar o iClinic. Clique aqui!

Gostou do conteúdo? Compartilhe-o com os amigos, reaja e não se esqueça de comentar aqui embaixo!


Sobre o autor

Yasmim Mayumi

Especialista em Marketing de Conteúdo e estudante de Letras na Barão de Mauá em Ribeirão Preto.