7 dicas valiosas sobre como abrir seu consultório

Como abrir seu consultório médico com excelência?

Leia em 4 min.

Finalmente decidiu abrir seu consultório mas não sabe exatamente por onde começar? Pensando em te ajudar, separamos neste artigo os 5 principais passos que não devem ser deixados de lado nesse processo. 

Abrir um consultório é uma decisão muito importante para os médicos, que desejam subir ainda mais em sua carreira médica e obter um consultório de sucesso.

No entanto, ao longo da faculdade, os médicos não possuem disciplinas que abordem sobre gestão e marketing médico, tornando o processo de abertura das clínicas um grande desafio. 

Para garantir que o processo de abertura siga da melhor forma possível, separamos neste artigo 5 dicas que não devem ser deixadas de lado durante esse momento fundamental da sua carreira.

Continue a leitura e descubra agora mesmo quais são elas!

Principais passos para abrir seu consultório

Abrir um consultório exige diversos planejamentos e análises, que ajudam no processo de validação da sua ideia, evitando também que erros comuns ou problemas futuros possam acontecer. 

Pensando em facilitar esse processo para você, selecionamos os 5 principais passos para abrir um consultório de sucesso. Acompanhe!

1. Pense na estrutura do seu consultório

Antes de começar a pensar na localização e imóvel do consultório, primeiro você precisa definir qual será de fato a estrutura do seu negócio, e qual seria a estrutura ideal do mesmo.

Normalmente, os consultórios médicos precisam obrigatoriamente de espaços, como: sala de espera, banheiros e uma sala para atendimentos.

Dependendo da sua especialidade médica ou até mesmo se você  pretende abrir um consultório em sociedade, você pode precisar de mais espaços. Apesar de não ser obrigatório, ter uma área exclusiva para seus funcionários como uma copa, também pode ser vantajoso.

Apenas após definir qual será a estrutura necessária do consultório, você pode começar a procurar um local e um imóvel. Até porque seria difícil escolher um local sem imaginar como o consultório caberia nele, não acha?

2. Escolha um bom local 

Apesar de muitos profissionais não perceberem, o local é uma das decisões mais importantes durante o processo de planejamento de abertura. 

Considere a seguinte situação: no futuro, seu consultório está recebendo uma demanda muito grande de pacientes, e você decide ampliar a estrutura para poder receber mais pacientes.

Porém, o local do imóvel não permite uma ampliação, então você decide mudar de endereço. 

Uma boa parte dos seus pacientes enxergavam como diferencial o fato do consultório estar próximo dos seus trabalhos. Mas, neste caso, o fato da mudança possibilita que os pacientes comecem a optar por consultórios próximos de suas localizações

Viu como a escolha do local pode fazer toda a diferença?

Para evitar troca de endereços e dores de cabeça, tente escolher o local ideal para a abertura do seu consultório, pensando em alguns pontos, como:

  • O local é de fácil acesso?
  • Os seus pacientes estão nessa área, ou próximos dela?
  • O imóvel pode ser ampliado no local?
  • Ele atende todas as exigências dos órgãos regulatórios?
  • pontos de transporte coletivo próximos da localização?

Com esses questionamentos em mente, provavelmente você fará uma ótima escolha para o local de abertura do seu consultório.

Quer ver essas dicas em formato de vídeo? É só clicar aqui embaixo:

3. Faça um planejamento de custos

Parece um pouco óbvio, mas é extremamente importante que você planeje com cuidado todos os custos que seu consultório exigirá tanto durante o processo de abertura, como também depois.

Tenha em mente que qualquer negócio demora um certo período de tempo para ter um retorno financeiro efetivo, o que significa que além dos custos de abertura, você também precisará investir no consultório até que ele traga um retorno. 

Isso também inclui os investimentos em estratégias de divulgação, marketing médico, que serão necessárias para atrair pacientes e fazer com que seu serviço e atendimento médico sejam reconhecidos.

Por isso, lembre-se de separar um tempo para elaborar com cuidado seu planejamento financeiro, e se certificar de que terá o investimento necessário para colocar seu sonho em prática.

4. Reúna todos os documentos necessários

Assim como qualquer negócio, os estabelecimentos médicos também precisam ser regularizados por órgãos como a ANVISA, Corpo de Bombeiros, entre outros.

Além de passar pela aprovação desses órgãos reguladores, também é necessário garantir que você esteja seguindo todas as normas do CFM (Conselho Federal de Medicina). 

Abrir um consultório é um processo extremamente burocrático e até complicado de se fazer sozinho, por isso, não hesite em contar com a ajuda de um profissional como um advogado, para que ele possa auxiliar nessas questões.

5. Planeje a gestão do consultório

Antes de colocar seu projeto em prática, há outro planejamento importantíssimo que deve ser feito: a gestão médica do consultório.

Como você também irá exercer o papel de administrador do consultório, além de atender pacientes, você deixará de ser apenas médico, e se tornará um médico empreendedor.

Isso significa que não terá como único foco cuidar dos pacientes durante o momento da consulta, mas também garantir que eles tenham uma experiência incrível em todos os momentos com o consultório: seja na sala de espera, na divulgação ou no atendimento.

Para garantir uma gestão de excelência no consultório, é importante contar com a ajuda de inovações tecnológicas, como um software médico, que otimiza processos, aumenta a agilidade e te permite ter mais tempo para realizar de fato a gestão.

Planejar exatamente como será a gestão não é algo simples, mas irá te ajudar a ter um direcionamento sobre como o consultório irá funcionar na prática, e dessa forma você também pode orientar seus colaboradores de forma mais eficiente. 

Quer ter acesso a um conteúdo mais completo para auxiliar no processo de abertura do seu consultório? Leia este artigo ou faça nosso curso gratuito agora mesmo:

Curso gratuito para abrir a sua clínica médica

Gostou do conteúdo? Não se esqueça de compartilhar e deixar sua opinião aqui embaixo nos comentários!


Sobre o autor

Yasmim Mayumi

Especialista em Marketing de Conteúdo e estudante de Letras na Barão de Mauá em Ribeirão Preto.