Gestão integrada em clínicas: entenda sua importância e como aplicá-la

Gestão integrada em clínicas: entenda sua importância e como aplicá-la

Leia em 4 min.

Uma gestão feita de forma integrada é fundamental para vitalidade de uma clínica. Isso proporciona maior organização e melhorias no desempenho do local.

Para que uma instituição tenha sucesso em seu desempenho, é bem importante que apresente uma gestão integrada. O principal ponto buscado é a união de dados, ou seja, integrar as informações para evitar a sua dispersão.

Em uma clínica, essa prática também se mostra fundamental. Os dados envolvidos englobam desde informações sobre os pacientes até os processos da empresa, que devem ser bem gerenciados, a fim de assegurar eficiência e bom desempenho.

Neste artigo, vamos falar sobre quais aspectos estão associados à importância da gestão integrada, bem como a utilização de um software focado nessa estratégia. Confira!

A importância da gestão integrada

A administração de uma empresa representa o papel fundamental de elaborar estratégias para avanço do empreendimento. Para que isso seja possível, é necessário que os resultados e as informações dos processos sejam analisados.

Portanto, é difícil imaginar que os diretores do local obterão sucesso nas metas estipuladas caso não haja a integração dos dados para posterior análise.

Além disso, outro benefício de uma gestão integrada é a otimização do tempo. A utilização de planilhas e arquivos em papel para realizar processos operacionais é uma prática obsoleta, além de ser muito vulnerável a perdas e falhas.

Mas, afinal, o que pode proporcionar uma gestão integrada? Como garantir um gerenciamento de qualidade por meio da integração de informações? Conheça, a seguir, um recurso fundamental para resolver essas questões!

O software de gestão

A tecnologia é uma peça fundamental no quebra-cabeça de gestão empresarial. Sua atuação otimiza processos, reduz falhas e oferece recursos que potencializam uma administração de qualidade, o que não é diferente para uma clínica médica. Confira algumas das ferramentas que um software médico pode oferecer!

gestao-integrada-clinicas

Segurança no armazenamento

É vital para uma clínica garantir a proteção dos dados referentes tanto aos processos internos quanto  aos seus pacientes.

Para tanto, as informações devem estar seguras e protegidas contra perdas. Uma das melhores formas de se garantir isso é por meio, por exemplo, do armazenamento em nuvem.

Além disso, um grande diferencial nesse tipo de armazenamento é que  cada profissional da clínica possuem acessos diferenciados, garantindo, assim, que o trabalho de cada um seja preservado dentro do sistema.

Acessibilidade aos dados

Outro aspecto importante é a permissão de acesso, que pode ser concedida às pessoas devidamente selecionadas. A clínica ou consultório pode, por exemplo, ter diferentes permissões de acesso no âmbito da recepção da clínica, dos médicos que atendem e ainda da administração da clínica.

Somado a isso, um software médico proporciona integração de diferentes clínicas (caso você trabalhe em mais de um lugar), ou seja, é possível acessar a agenda e as informações dos pacientes em cada um dos diferentes locais de atendimento.

Prontuário eletrônico

Quanto ao  histórico do paciente, o prontuário eletrônico é uma ferramenta cada vez mais utilizada. Por meio dela, as informações clínicas e pessoais do paciente são registradas, não sendo necessário refazer coletas periódicas de certos dados, já que há a centralização das informações em apenas um local.

Isso otimiza o tempo da consulta, pois você não perde tempo procurando as informações dispersas. Além disso, alguns desses sistemas possibilitam o acesso remoto a essas informações, então você consegue consultar facilmente o prontuário de um paciente caso surja alguma emergência em qualquer tipo de dispositivo.

Controle financeiro

Uma importante atuação de um software é auxiliar no controle de fluxos, seja de estoque, seja financeiro. Portanto, é possível gerenciar a quantidade de produtos que entram e saem da clínica, sendo possível, ainda, melhorar o vínculo com fornecedores.

No aspecto financeiro, todas as informações referentes a gastos e pagamentos são devidamente registradas e gerenciadas, permitindo controle do fluxo de caixa e detalhando o destino de cada gasto.

Geração de relatórios

A partir do momento em que é feito um bom controle e gerenciamento de dados, e as informações são devidamente preenchidas, é possível transformar essa informação em relatórios, os quais retratam os resultados e a realidade da clínica.

Com a análise desses relatórios, a gestão ganha elementos que possibilitam a elaboração de estratégias para crescimento da clínica.

Redução de falhas

Por fim, podemos afirmar seguramente que a automatização de processos reduz falhas associadas ao processo operacional. Logo, há diminuição de erros na comunicação e nos registros, por exemplo. Além disso, com a automatização, o foco dos colaboradores pode ser destinado à administração estratégica do local.

Lendo este post, você pode perceber que a gestão integrada é fundamental para o sucesso da clínica ou consultório empreendimento. Para tanto, as práticas adotadas no dia a dia da sua clínica devem favorecer esse tipo de administração. Reforçamos, ainda, a atuação de um software para a área, pois esse recurso proporcionará excelência nos serviços operacionais e possibilitará que o foco da gestão seja em, de fato, administrar o local.

Agora que você já entende a importância de uma gestão integrada, que tal conhecer o software médico mais fácil de usar? Faça um teste grátis no iClinic agora mesmo.

Experimente gratuitamente: Comece agora a testar o iClinic. Clique aqui!

Postagens relacionadas


Sobre o autor

Milene Polo

Inbound Leader na iClinic, com foco em SEO e nutrição dos leads. Formada em Nutrição na USP, com Pós Graduação em Administração de Empresas FGV.