Entenda quando encerrar as atividades e fechar a clínica é a melhor opção

Entenda quando encerrar as atividades e fechar a clínica é a melhor opção

Leia em 5 min.

Sua clínica não está sendo produtiva? Não há procura de pacientes, e as reclamações aumentaram? Saiba como descobrir quando é o momento certo de fechar sua clínica neste artigo.

Optar pelo momento certo de abrir sua clínica é uma escolha estratégica, baseada em pesquisas econômicas sobre o mercado e os pacientes desejados.

A escolha de encerrar as atividades também é um movimento estratégico, e deve ser tomada a partir de fundamentos precisos. A pergunta é: como saber quando fechar sua clínica?

Segundouma pesquisa do Sebrae (Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas), a “taxa de sobrevivência” dos negócios abertos no Brasil é de 77%. Isso significa que a cada 4 empresas abertas, pelo menos 1 fecha antes de completar 2 anos de existência no mercado.

Quando aumentamos o período de tempo para 5 anos, a porcentagem de pequenos negócios — classificação na qual se encontram as clínicas — que fecham suas portas é de 60%, de acordo com dados do IBGE — segundo reportagem dapágina Valor Econômico.

A decisão de quando fechar um negócio não é fácil, mas eventualmente deve ser tomada.

É preciso entender que quando o resultado só apresenta prejuízo, a coisa mais estratégica a ser feita é fechar as portas e, talvez, reestruturar sua clínica para começar novamente.

Continue a leitura deste artigo para entender quando fechar sua clínica é a melhor opção.

Principais indícios que mostram quando fechar sua clínica é a melhor solução

Antes do prejuízo total, sua clínica vai mostrar alguns indícios de que o que foi planejado não está sendo cumprido. O mais afetado sempre será o fluxo de caixa, que começará a mostrar valores negativos, dificultando a gestão da clínica.

Selecionamos alguns dos fatores que podem indicar que a sua clínica não está indo bem, e que talvez, seja a hora de fechar seu negócio.

Baixa produtividade

Sua clínica está rendendo o tanto que deveria? Os processos realizados na rotina são produtivos?

Trabalhar com eficiência e uma boa utilização dos recursos disponíveis é fundamental para que resultados positivos sejam alcançados. É muito importante analisar os resultados da sua clínica e utilizar as métricas que façam sentido para o negócio.

hora-de-fechar-a-clinica

Quando se percebe que há muito retrabalho, que se desperdiça muito tempo para desempenhar determinadas atividades e que a clínica não está operando no máximo de sua capacidade — ou no mínimo para que os resultados planejados sejam alcançados —, significa que ela está trabalhando com baixa produtividade.

Não apenas relacionada à capacitação dos recursos humanos, a produtividade pode ter a ver com os processos ou a forma de fazer algo.

Existem muitas maneiras de aumentar a produtividade da recepcionista da sua clínica, por exemplo, mas esse processo deve ser feito desde o começo, junto com o planejamento estratégico.  

Tempo é dinheiro, por isso você deve estruturar sua clínica para que todas as atividades sejam desempenhadas da forma mais eficiente possível. Caso contrário, ela sofrerá com os prejuízos.

Aumento no número de reclamações dos pacientes

Sua clínica precisa sempre trabalhar com o objetivo de alcançar o máximo de satisfação dos pacientes — só assim eles podem ser fidelizados.

Para uma clínica, é essencial que os pacientes confiem no atendimento, pois isso interfere na sua saúde e no bem-estar das pessoas.

Um paciente que fica insatisfeito com o atendimento provavelmente não vai retornar à clínica e ainda fará propaganda negativa para as pessoas que conhece. Se essa reclamação chega aos sites como o Reclame Aqui, sua clínica terá ainda mais problemas.

Se as pessoas estão reclamando, é sinal de que algo na clínica não está atendendo às expectativas. O famoso “marketing boca a boca” funciona muito bem para divulgar sua clínica, inclusive, quando é um marketing negativo.

Observar essas reclamações e verificar se elas seguem um padrão é importante para eliminar a falha. Se essa falha for muito grave, é possível que a imagem da empresa fique marcada, algo que é difícil de recuperar.

Prejuízos rotineiros

O fluxo de caixa da empresa segue a mesma linha do seu ciclo de crescimento. É normal que no começo da clínica os resultados sejam mais baixos, pois sua clínica estará em fase de atração de pacientes.

No entanto, esse tempo precisa ser calculado e planejado. Os resultados positivos geralmente são vistos quando todos os investimentos são pagos.

Se o saldo negativo do caixa começa a ser recorrente, dificultando o pagamento das contas rotineiras, é sinal de que a empresa está enfrentando problemas.

Por isso, é importante analisar frequentemente os relatórios do financeiro da sua clínica, para descobrir se ela está gerando lucro, ou ao menos pagando seus próprios custos.

Confira a importância dos relatórios na gestão da sua clínica neste artigo, e evite problemas simples com uma análise efetiva dos relatórios.

Baixa procura de pacientes

Sua clínica não é procurado por novos pacientes? Você realiza pesquisas de satisfação com os pacientes que já frequentam sua clínica?

A rentabilidade de uma clínica está diretamente relacionada à capacidade de conhecer seus pacientes. Por esse motivo, o marketing médico é tão importante.

Se feita de forma correta, com foco nos pacientes certos para sua clínica, ela não sofrerá com a falta de pacientes.

Você sabe o mínimo de pacientes necessários para o bom funcionamento da clínica? Sua equipe está ciente das metas estabelecidas no planejamento estratégico? Seu marketing está realmente atingindo quem deveria atingir?

clinica-vazia

Se os pacientes não procuram sua clínica e você já investiu altas quantias em marketing, algo está errado. Sem pacientes, seu negócio não terá lucro.

Confira como eliminar os erros na sua clínica para conquistar mais pacientes neste artigo.

Problemas relacionados à realização pessoal e saúde

Você passa por muitos momentos de estresse na sua rotina? Você não sente mais motivação ou prazer em praticar sua vocação?

Na maioria das funções de trabalho as pessoas passam por momentos de estresse, mas quando isso acontece de forma recorrente, a saúde acaba sendo afetada.

Se a sua clínica só dá dor de cabeça e você não tem mais prazer exercendo seu trabalho, seus pacientes vão perceber, assim como as pessoas que trabalham com você, piorando ainda mais o estado da sua clínica.

Esse é um dos principais sinais de que é hora de fechar sua empresa.

Segundo a pesquisa do Sebrae citada no começo do artigo, os principais erros que causam o fechamento de clínicas são a falta do planejamento estratégico, problemas relacionados à má gestão e a falta de capacitação dos empreendedores.

Por isso, é importante evitar erros comuns na administração de uma clínica, para prevenir o encerramento das atividades, e evitar essa frustração.

É importante lembrar que a sua clínica, além de proporcionar realização, também precisa ser geradora de renda. Se isso não está acontecendo, dar um passo atrás e encerrar as atividades provavelmente é a melhor coisa a ser feita.

A decisão de quando fechar sua clínica não é fácil, mas se só há prejuízos e a sua clínica tem gerado muito estresse, é melhor começar do zero, com mais planejamento e organização.

Como vimos, para ter sucesso é preciso ter conhecimento. Pensando nisso, criamos um curso de gestão para clínicas e consultórios com foco nas principais técnicas de administração do mercado.

Venha conferir e evite que sua clínica seja fechada com uma gestão de excelência:

Curso de Gestão para Clínicas e Consultórios. Inscreva-se agora!

E então, está na hora de encerrar as atividades da sua clínica? Comente aqui embaixo o que achou do conteúdo, e não esqueça de reagir e compartilhar com seus amigos!


Sobre o autor

Yasmim Mayumi

Especialista em Marketing de Conteúdo e estudante de Letras na Barão de Mauá em Ribeirão Preto.