Princípios de liderança para consultório: como conquistá-los?

Princípios de liderança para consultório: como conquistá-los?

Yasmim Mayumi Gestão da Clínica Leave a Comment

Leia em 5 min.

Apesar do curso de Medicina ser extenso e desafiador, algumas matérias essenciais que trabalham princípios de liderança para consultórios, como empreendedorismo e gestão, não são estudadas.

Para ter um consultório médico de sucesso, é preciso aprofundar sua educação médica em diversos conhecimentos. 

Gestão financeira, por exemplo, parece ser um assunto que não tem nada a ver com atendimento de pacientes. 

Porém, sem um bom controle financeiro, você não consegue manter seu negócio aberto, e não consegue atender seus pacientes do seu jeito e de forma humanizada.

Um estudo da SciELO sobre o papel da liderança na gestão hospitalar, afirma que uma responsabilidade do líder do estabelecimento médico, é trabalhar em conjunto com as pessoas para solucionar problemas.

“O médico ocupa um lugar de destaque e sua função não se limita à execução de procedimentos médicos, mas envolve ações administrativas sobre as quais ele tem autonomia, dado à natureza de sua função.”

De fato, um médico empreendedor deve ir além dos seus conhecimentos técnicos da Medicina, se especializar em princípios de liderança para consultórios.

Para descobrir quais são eles e como aplicá-los na prática, continue a leitura!

Principais princípios de liderança para o seu consultório

“Quando perguntado aos diversos entrevistados o que consideravam um líder, os adjetivos mais usados foram: alguém que ajuda, que ouve, que colabora na rotina, que comanda bem.”

Citando novamente o estudo da SciELO, o conceito de liderança costuma ser relacionado a uma série de características que tornam o dia a dia mais prático e eficiente.

Pensando nisso, reunimos 5 princípios de liderança para consultórios que podem garantir o sucesso do seu negócio.

Aproveite o conteúdo!

1. Foco na jornada do paciente

O paciente é a pessoa mais importante para qualquer consultório. Normalmente, todas as decisões costumam ser tomadas pensando no melhor para ele, principalmente em atendimentos médicos.

Porém, muitos médicos empreendedores se esquecem de lembrar da jornada do paciente – ou, na maioria dos casos, nem sabem sobre o que se trata.

Quando a experiência do paciente com o seu serviço começa? É apenas durante a consulta?

A partir do momento em que alguém busca por uma orientação médica na internet, ou percebe que precisa marcar um atendimento com algum especialista, a jornada do paciente se inicia.

Imagine que ao pesquisar “cirurgião bariátrico em Curitiba”, um paciente tenha encontrado alguns sites médicos com dicas para escolher um bom cirurgião.

Se algum deles for de um cirurgião, é provável que o paciente busque saber mais sobre aquele profissional, e caso goste dos seus diferenciais, marque um atendimento. 

A primeira experiência dele mostrou que aquele cirurgião busca entregar informações relevantes, mesmo para quem ainda não é seu paciente. Uma ótima primeira impressão, feita de forma totalmente online.

Depois, a jornada do paciente passa por outras etapas, como o agendamento, atendimento, e pós-consulta. 

Os profissionais de saúde devem pensar em diferentes maneiras de tornar a experiência do paciente mais agradável, seja por meio do agendamento online, Teleconsulta, ou práticas como presença online.

Para aprender mais sobre o assunto, assista nosso vídeo:

2. Objetivos bem definidos

Como seguir uma liderança que não tem objetivos definidos?

Um dos maiores erros de qualquer liderança é não especificar quais são seus objetivos, e como alcançá-los. Para garantir que isso não aconteça no seu consultório, é importante sempre ter em mente o AAFR.

O AAFR resume os quatro principais objetivos de todo médico empreendedor: atrair, atender, fidelizar pacientes e rentabilizar.

Para cada objetivo, é essencial elaborar um planejamento com diferentes estratégias que irão mostrar como alcançar as metas propostas, e especificar quem é o responsável por cada projeto. 

Em fidelizar pacientes, por exemplo, uma das estratégias pode ser implementar uma pesquisa de satisfação, que deverá ser enviada pelas recepcionistas para todos os pacientes que realizarem uma consulta.

Ao longo prazo, essa estratégia pode ser otimizada, e o consultório pode contar com uma plataforma de e-mail marketing, que enviará essa pesquisa automaticamente

Assim, você identifica pontos de melhorias na jornada do paciente, e trabalha o objetivo F do AAFR. Ter essa sigla em mente irá garantir que você não deixe nenhum objetivo de lado.

3. Capacidade de aumentar a produtividade da equipe, sem sobrecarregá-la

Como aumentar a produtividade da equipe, sem passar mais trabalho? É possível realizar mais tarefas em menos tempo?

Um desafio presente na vida de qualquer pessoa é realizar uma boa gestão do tempo. Conciliar todas as responsabilidades e manter uma vida social saudável nunca pareceu tão difícil, não concorda?

Felizmente, existem algumas ferramentas que podem aumentar a produtividade do consultório, otimizando processos e tornando atividades manuais, automáticas. 

Um software médico é um exemplo prático. Além de ser desenvolvido especialmente para a área da saúde, ele conta com funcionalidades como:

  • Prontuário eletrônico: diferente de um prontuário de papel, o prontuário eletrônico garante mais segurança e centraliza todas as informações do paciente em um único local, tornando o atendimento mais ágil;
  • Agenda médica: uma agenda online permite que as consultas sejam marcadas em poucos cliques, assim como reagendadas sem necessidade de rasuras ou confusões. Os médicos também podem bloquear horários em que não estão atendendo;
  • Prescrição eletrônica: também conhecida como receita digital, ela pode ser enviada de qualquer lugar para seus pacientes, e ter diferenciais como alerta de interação medicamentosa, e assinatura digital;
  • Relatórios e gráficos automáticos: um software também permite que você gere relatórios e gráficos sobre sua gestão de forma automática, otimizando seu tempo;
  • Marketing: softwares médicos eficientes também otimizam seu marketing de relacionamento, com ferramentas como envio de lembretes de retornos automáticos;
  • Repasse médico: realizar o repasse médico é uma tarefa importantíssima, que costuma dar muito trabalho. Com um software, você pode fazer isso em poucos segundos.

Esses são apenas alguns diferenciais de um software médico. Baixe nossa checklist gratuita e descubra se o seu consultório realmente precisa de um sistema em nuvem:

Checklist Grátis: Descubra se seu consultório está precisando de um Sistema em Nuvem. Clique aqui e baixe nossa checklist!

4. Conhecimento para investir nas oportunidades certas

Quando falamos de investimento, a maioria das pessoas pensa que apenas especialistas em finanças conseguem ter segurança para investir sem arriscar.

É claro que investimentos de alto risco exigem uma boa experiência em finanças, mas existem diversas modalidades que não apresentam risco para os profissionais.

Além disso, um empreendimento – independente de seu tamanho – dificilmente cresce sem nenhum tipo de investimento ao longo dos anos. Inclusive, clínicas e consultórios médicos.

Um dos princípios de liderança mais fundamental é exatamente este: saber quando investir, e escolher quais oportunidades podem trazer mais retorno.

Poucos médicos sabem que, o mais importante na hora de investir não é a quantidade de dinheiro, e sim a consistência

Investir R$ 300,00 por mês durante 5 anos, é mais efetivo do que simplesmente guardar o dinheiro na poupança, e esse investimento pode ser feito com total segurança.

Se você quer se aprofundar mais no assunto, baixe gratuitamente nosso eBook de investimento para médicos

5. Incentivo ao desenvolvimento profissional constante

A área da saúde está em constante evolução, e os profissionais de saúde também. Para não ficar atrás da concorrência, os médicos sabem que precisam estar sempre se desenvolvendo. 

Mas não é apenas de conhecimento técnico que estamos falando. Sua educação médica deve ser ainda mais ampla, e buscar conhecimentos em gestão de pessoas, finanças, entre outros.

Só assim você será capaz de melhorar seus princípios de liderança para consultórios de forma efetiva. 

Faça nosso curso de gestão de clínicas e consultórios e aprofunde ainda mais seus conhecimentos em liderança na área da saúde:

Curso de Gestão para Clínicas e Consultórios. Inscreva-se agora!

Gostou do conteúdo? Deixe um comentário aqui embaixo e compartilhe sua opinião!


Sobre o autor

Yasmim Mayumi

Especialista em Marketing de Conteúdo e estudante de Letras na Barão de Mauá em Ribeirão Preto.