Prontuário médico eletrônico: alcance a excelência no atendimento!

Prontuário médico eletrônico: 7 maneiras de alcançar a excelência no atendimento

Leia em 6 min.

O prontuário médico não é apenas um dos documentos mais importantes na rotina médica, como um dos que mais ocupam tempo e espaço excessivos. Descubra no artigo como o prontuário eletrônico reduz seus custos e aumenta a qualidade do atendimento.

Na sua clínica, muito tempo de atendimento é perdido procurando e preenchendo informações dos seus pacientes manualmente? Há arquivos incompletos ou ilegíveis, tornando os processos mais lentos?

Utilizar um prontuário de papel pode trazer diversas ineficiências para sua rotina médica. Não é apenas a lentidão e o processo repetitivo que prejudicam, mas questões como a segurança falha que ele proporciona.

Nós muitas vezes somos levados a tentar melhorar essas ineficiências com correções temporárias. No entanto, esses “curativos” só funcionam até certo ponto, apenas adiando certos problemas e aumentando o desgaste na gestão.

Se você pudesse resolver ineficiências que custam tempo e dinheiro diretamente à sua clínica, não gostaria de fazer isso o mais rápido possível?

A implantação do PEP (Prontuário Eletrônico do Paciente) pode melhorar significativamente a eficiência da clínica, além de garantir uma segurança de excelência para seus pacientes.

Confira a seguir 7 maneiras como um PEP pode tornar sua clínica mais eficiente.

Principais vantagens do prontuário eletrônico

Em um mercado tão concorrido como o das clínicas médicas, é necessário sempre buscar inovação e novas formas de fidelizar pacientes. Por isso a modernização é um aspecto tão importante nos estabelecimentos de saúde.

Hoje não basta apenas ser um ótimo profissional, os pacientes exigem características que vão muito além de um bom atendimento, como acesso rápido aos seus dados médicos e acompanhamento personalizado.

Segundo a pesquisa realizada em um consultório médico de Fortaleza, o prontuário eletrônico fornece eliminação de redundância, economia de espaço do arquivamento em papel, compartilhamento e acesso simultâneo de informações em tempo real.

“[…] o PEP é a base de dados principal, que permite que o clínico disponha do maior número de dados e detalhes da história clínica de cada paciente individualmente, apoiando o processo diagnóstico e oportunizando eventuais intervenções.”

Descubra os 7 principais benefícios do PEP a seguir, e confira as respostas dos usuários do iClinic sobre a implementação do prontuário eletrônico em sua prática diária.

1. Segurança de excelência

Garantir a segurança das informações sigilosas dos pacientes é uma obrigação médica muito importante, afinal, dificilmente sua clínica terá público se os dados ficam facilmente expostos a situações de risco.

O prontuário eletrônico garante uma segurança efetiva com o armazenamento na nuvem. Esse recurso protege você contra tentativas de roubo de dados e conta com backups diários (atualizações), impossibilitando a perda total das suas informações.

Dê uma olhada no nosso eBook gratuito e confira como o iClinic mantém uma segurança em nível bancário para seus usuários:

Conteúdo VIP: Segurança de dados no iClinic

Bons prontuários eletrônicos também contam com uma criptografia de informações permitindo um controle de permissões individuais de acesso, uma forma importante de manter dados seguros contra o acesso de pessoas que não sejam profissionais da saúde.

“No papel, algumas vezes ficávamos inseguros por não entender algo ou achar que faltava alguma informação importante, que poderia ter se perdido. Com o PEP, ficamos mais seguros, na certeza de que tudo está registrado em um só lugar.”

2. Redução de custos e tempo de consulta

Um prontuário eletrônico eficiente consegue reduzir o tempo de atendimento, já que os modelos personalizados para sua rotina garantem um preenchimento rápido dos dados do paciente, permitindo que você preste mais atenção e ofereça uma consulta diferenciada.

Além disso, como a quantidade de papel será consideravelmente menor, visto que não será mais necessário diversas folhas de papel para o prontuário de cada paciente, a redução de custos e espaço também é efetiva.

“Antes de termos um sistema de prontuário eletrônico online, tudo funcionava localmente, o que significava que não podíamos agendar os pacientes em um consultório se o outro estava fechado. Agora somos capazes de gerenciar e agendar os pacientes em dois consultórios.”

3. Informações mais completas

Diferente do prontuário de papel, o PEP pode contar com funcionalidades que alertam quando alguma informação essencial está faltando, evitando um preenchimento falho.

Inclusive, há o fim de problemas como compreensão errada da letra do médico, já que muitas vezes documentos físicos costumam apresentar letras ilegíveis ou uma informação ambígua.

Conforme alei federal n.º 5.991, nenhum documento médico incompreensível é aceito, além de que, ao escrever de forma ilegível, o médico também está infringindo o código de ética do CFM (Conselho Federal de Medicina).

Por isso, o prontuário eletrônico foca em eliminar essas redundâncias, além de contar com a possibilidade de recuperação de informações dos pacientes.

“Histórico completo do paciente e gráficos eram raros. Agora temos informações mais estruturadas, o que além de facilitar a visualização, possibilita a análise de um determinado grupo.”

4. Padronização eficiente

Uma das maiores vantagens do prontuário eletrônico é a padronização, principalmente quando falamos de uma implementação efetiva do PEP na área da saúde.

Com um documento tão importante como o prontuário disponível de forma compreensível e clara, não apenas a organização melhora absurdamente, mas pesquisas podem ser realizadas para atuar numa melhora da saúde dos pacientes, como prevenção de doenças, por exemplo.

Os softwares de prontuário eletrônico podem ajudar a coletar, no futuro, informações essenciais como padrões de pacientes que costumam ter diabetes, por exemplo, e essa padronização pode ajudar em uma escala muito maior do que apenas a rotina do médico.

Além, é claro, da facilidade em analisar um documento padronizado, e não informações espalhadas sem uma ordem correta, permitindo uma análise realmente efetiva dos seus pacientes.

“É muito melhor ler anotações digitadas do que escritas à mão, agiliza a compreensão do histórico clínico do paciente”.

5. Visual mais organizado

Com a ajuda da padronização e informações claras, o visual que antes era bagunçado e confuso, se torna muito mais limpo e objetivo. Principalmente se o prontuário contar com seções diferenciadas, como essas disponíveis no prontuário do iClinic:

prontuario-do-iclinic

Uma visualização bem mais prática, não é mesmo?

“Com as antigas fichas de papel, era difícil saber sobre problemas médicos recorrentes, doenças crônicas, calendários de vacinação, entre outros. Agora há uma seção separada que pode ser acessada instantaneamente para controlar isso.”

6. Acesso rápido de diferentes dispositivos

Algum paciente já ligou para tirar alguma dúvida sobre a prescrição passada, ou algum dado falado durante a consulta, e foi necessário voltar até a clínica para confirmar as informações?

Mesmo em situações de emergência, onde o acesso rápido às informações são essenciais para salvar uma vida, por exemplo, a maioria dos médicos precisa se deslocar até a clínica para conseguir o prontuário do paciente.

Com um sistema de prontuário eletrônico, você pode acessar com segurança o PEP do seu paciente através de qualquer dispositivo eletrônico conectado à internet.

Mais do que praticidade, esse é um recurso que possibilita ao médico aprimorar o relacionamento com seus pacientes. Afinal, eles saberão que podem contar com um profissional modernizado e preparado para situações repentinas.

Além de visualizar informações, é possível emitir receituários online em casos extraordinários e oferecer suporte de qualquer lugar do mundo.

“Consigo acessar os registros mais rápido e ver o que estamos precisando ou deixando passar. Fácil acesso via internet em todos os lugares, sempre que preciso.”

7. Gestão mais organizada

Oferecer um agendamento ágil e integrado a um site é um importante atributo que deve ser observado ao contratar um sistema de prontuário médico eletrônico.

O software médico iClinic, por exemplo, possui uma integração do prontuário eletrônico com a agenda médica, possibilitando que através do próprio agendamento seja possível acessar o PEP com apenas dois cliques.

Centralizando funcionalidades como prontuário, agenda médica, controle financeiro em um único lugar facilita sua rotina de maneira surpreendente.

Além disso, com essa centralização dos dados, relatórios muito mais completos e precisos podem ser fornecidos para sua clínica, auxiliando ainda mais na gestão.

Muitos especialistas concordam que o prontuário médico eletrônico já é uma realidade capaz de melhorar o atendimento nas clínicas médicas.

E você, já utiliza algum sistema de prontuário eletrônico? Confira nosso guia gratuito e saiba agora mesmo como escolher o melhor prontuário para sua clínica:

Conteúdo VIP: Guia DEFINITIVO para escolher um prontuário eletrônico

Qual a sua opinião sobre o uso do prontuário eletrônico? Conta pra gente aqui embaixo nos comentários e compartilhe o conteúdo com seus amigos!


Sobre o autor

Yasmim Mayumi

Especialista em Marketing de Conteúdo e estudante de Letras na Barão de Mauá em Ribeirão Preto.