Como personalizar consultas e ter mais eficiência nos atendimentos?

Como personalizar consultas e ter mais eficiência nos atendimentos?

Leia em 6 min.

Personalizar consultas é a prática ideal para os médicos que desejam fidelizar pacientes e obter ainda mais eficiência nos atendimentos. Para alcançar esse objetivo, veja todas as nossas dicas neste artigo. 

Os profissionais de saúde procuram, constantemente, alcançar a excelência nos atendimentos. Para aumentar a satisfação dos seus pacientes, é essencial que você comece a personalizar suas consultas.

Além de alcançar mais eficiência nos atendimentos, você também pode construir uma identidade de marca forte para o seu consultório, e rentabilizar ainda mais seu negócio.

Em uma pesquisa sobre atendimento personalizado, a Segment descobriu que 44% dos consumidores entrevistados voltariam a consumir uma determinada marca, caso tivessem uma experiência personalizada.

Quer saber como personalizar suas consultas e não perder mais nenhuma chance de fidelizar seus pacientes? Continue a leitura!

Por que os profissionais de saúde precisam personalizar suas consultas?

40% dos consumidores norte-americanos afirmaram que já compraram um produto mais caro do que tinham originalmente planejado, por conta de uma experiência personalizada.”

Como o estudo da Segment mostra, as pessoas estão dispostas a escolherem uma marca e até mesmo a pagarem mais caro, devido a um atendimento personalizado. 

Esse fenômeno não é diferente com os seus pacientes. Para atrair mais consultas particulares, um dos primeiros passos é oferecer uma consulta personalizada e humanizada.  

E ao mesmo tempo, para os médicos que preferem trabalhar apenas com convênios, fidelizar pacientes é uma estratégia fundamental para garantir que eles retornarão ao seu consultório

Além disso, para conseguir recomendações de novos pacientes por meio daqueles que já conhecem seu serviço, uma ótima personalização também é essencial.

Porém, oferecer um ótimo atendimento médico não é o suficiente. Para personalizar suas consultas, é preciso ir além e investir em algumas práticas que muitos profissionais de saúde ainda deixam de lado. 

Saiba exatamente quais são elas a seguir, e descubra como colocá-las em prática agora mesmo. 

Não perca oportunidades de fidelizar pacientes com esses 5 passos

Apesar de uma parte dos médicos não notarem, existem diversas formas de personalizar suas consultas e obter mais eficiência nos atendimentos. Para começar esse processo, é importante que você siga estes 5 passos: 

1. Conheça seus pacientes

É impossível personalizar suas consultas sem conhecer seus pacientes. Afinal, personalização é justamente o processo de fazer com que seu paciente se sinta único, como se aquela consulta fosse feita especialmente para ele. 

Tudo bem, mas como você pode conhecer seus pacientes? Você precisa combinar de sair e marcar um café?

Uma ótima forma de se conectar com os pacientes do seu consultório é realizar uma pesquisa de satisfação, também conhecida como pesquisa de NPS (Nível de Satisfação do Cliente).

Planilha de Satisfação dos Pacientes Net Promote Score (NPS)

Com ela, é possível identificar se os seus pacientes realmente estão satisfeitos com o atendimento e o estabelecimento, além de identificar pontos de melhorias que antes não eram tão claros.

Você pode realizar outras pesquisas com diferentes focos, como uma pesquisa para conhecer as características dos seus pacientes. Você pode perguntar informações importantes como endereço, melhores forma de contato (SMS, ligação ou e-mail), e em quais redes sociais eles estão presentes.

Com esses dados, você consegue personalizar suas consultas e entregar exatamente o que seus pacientes esperam durante o atendimento. 

2. Use técnicas de atendimento humanizado

Após conhecer seus pacientes mais profundamente, é hora de começar a utilizar técnicas básicas de atendimento humanizado, que funcionam para qualquer tipo de negócio.

Hábitos como olhar nos olhos dos pacientes durante a consulta, utilizar uma linguagem didática e evitar termos muito técnicos, principalmente durante explicações sobre algum procedimento ou diagnóstico, são técnicas fundamentais para os médicos que buscam implementar a humanização durante o atendimento. 

Outra prática, que você pode implementar rapidamente, é lembrar de falar o nome do paciente, antes mesmo dele se apresentar. Na sua clínica, provavelmente o agendamento é marcado pelos profissionais da recepção, e é comum perguntar dados como nome e telefone.

Antes da consulta começar, você pode verificar o nome do paciente com a recepção, ou, caso você conte com um software médico, por meio da sua agenda online. 

Porém, você não é o único que deve se preocupar com o atendimento humanizado. Colaboradores, como os profissionais da recepção e outros profissionais de saúde do consultório, também precisam ter esse olhar atento.

Por isso, considere separar um período para realizar um treinamento com os colaboradores, pensando em práticas como escuta ativa, atenção quanto às dúvidas dos pacientes (mesmo quando é uma pergunta frequente), e o cuidado com a comunicação não-violenta, visando um diálogo ainda mais humanizado. 

3. Tenha um histórico completo dos pacientes

Durante o conteúdo, abordamos constantemente a importância de conhecer seus pacientes, coletando informações com eles, seja durante o atendimento, ou em pesquisas. 

Como profissional de saúde, você já sabe da importância de ter um histórico completo dos pacientes, até mesmo pensando na assertividade do diagnóstico. Porém, esse histórico também é fundamental para a personalização das consultas. 

O paciente costuma repetir as mesmas informações na sala de espera e na primeira consulta. Às vezes, até precisam informar quais exames foram feitos e os resultados.

Com uma integração de dados eficiente, você consegue ter acesso a todas as informações do seu paciente antes mesmo da consulta. Assim, ele não precisa contar a mesma história, e consegue ver que você realmente se preparou para atendê-lo.

Para ter essa centralização de dados, contar com a ajuda da tecnologia é essencial. Um prontuário eletrônico pode garantir que todas as informações dos seus pacientes fiquem disponíveis em uma única tela, sem ocupar nenhum espaço de memória do seu dispositivo eletrônico. 

O Dr. Marcelo Araujo, um cirurgião que buscava a segurança de um software médico na nuvem, conta um pouco sobre a importância que um prontuário personalizado traz para o atendimento:

“Consegui deixar o layout do atendimento com a minha cara, do jeito que eu preciso. Ficou bem personalizado para mim. É algo que eu gosto muito no iClinic, poder deixar as peças exatamente do jeito que você quer.”

4. Personalize a decoração do consultório

Quando você planejou a decoração do consultório, estava pensando nos seus gostos pessoais ou nas preferências dos pacientes?

Em um primeiro momento, é difícil pensar em uma decoração personalizada para os pacientes, principalmente, quando você ainda não realizou uma pesquisa com esse foco.

É claro que clínicas de pediatria, por exemplo, precisam pensar em uma decoração para as crianças e suas famílias, com móveis confortáveis, um design divertido e formas de entretenimento, como um espaço para brincar.

Mas existem alguns pontos em que você pode ser ainda mais assertivo. Muitas clínicas e consultórios médicos costumam ser extremamente silenciosas, e alguns pacientes podem se sentir desconfortáveis e até mesmo estressados. 

Para tornar o ambiente mais agradável, você pode criar uma playlist para a sala de espera. Inclusive, perguntar para os pacientes quais músicas gostariam de ouvir é uma ótima forma de criar conexão durante o atendimento, seja ele durante a consulta ou no pós-consulta.

Acesse a playlist para sala de recepção da iClinic aqui.

Evitar usar apenas a cor branca também é uma boa prática de decoração. Além de “cansar a visão” da maioria das pessoas, trazer outros elementos visuais, como cores diferentes ou texturas, tornam a identidade visual do consultório mais forte.

5. Disponibilize várias formas de contato 

A consulta não é o único momento para fidelizar pacientes. Na verdade, a fidelização costuma ser um processo mais longo, que começa desde o momento do agendamento e vai até o pós-consulta.

Ser atencioso e prestativo durante a consulta é algo que você já pratica, mas, para conseguir oferecer um atendimento personalizado, é preciso pensar em como disponibilizar várias formas de contato para seus pacientes.

Pense na forma que os pacientes marcam consulta no seu consultório. O único jeito disponível é por meio de ligações?

Disponibilizar marcação de consultas por outros meios, como mensagens e agendamento online, torna o processo ainda mais rápido e prático para seus pacientes. As plataformas de agendamento online permitem que consultas sejam marcadas a qualquer hora, de qualquer lugar

Apostar no relacionamento digital também é uma boa dica, principalmente, para os médicos que querem fortalecer o contato com os pacientes no momento pós-consulta

Ter presença nas redes sociais, estar disponível para solucionar dúvidas mesmo fora do consultório, investir em e-mail marketing para automatizar a comunicação com os pacientes, todas essas práticas são ideais para implementar um atendimento personalizado. 

Os 5 passos que trouxemos no artigo são apenas algumas formas de personalizar suas consultas. 

Caso tenha ficado interessado em personalizar todo seu atendimento, inclusive o digital, não deixe de baixar gratuitamente nosso eBook sobre comunicação automatizada:

Guia Prático: 4 estratégias para automatizar a comunicação com os pacientes. Clique aqui e baixe agora!

Como você personaliza sua consulta? Conte pra gente aqui embaixo nos comentários, e inscreva-se na nossa newsletter para receber mais artigos como este.


Sobre o autor

Yasmim Mayumi

Especialista em Marketing de Conteúdo e estudante de Letras na Barão de Mauá em Ribeirão Preto.