Marketing experiencial para médicos: tudo que você precisa saber

Marketing experiencial para médicos: tudo que você precisa saber

Yasmim Mayumi Marketing Médico

Leia em 6 min.

Última atualização em 06/07/2021 por Yasmim Mayumi

O marketing experiencial para médicos cria conexões entre a marca do consultório e os pacientes. Essa estratégia vai além de promover um serviço, pois tem o objetivo de encantar clientes.

Você já escolheu ir a um cinema ao invés de assistir o filme em casa? Quis sair para jantar em um restaurante, quando podia pedir iFood?

Todas essas escolhas são motivadas pela experiência. É inegável que existe uma diferença entre participar ativamente de um evento, e ficar apenas assistindo.

Seus pacientes também se sentem assim, e eles desejam criar uma conexão verdadeira com a sua marca. Veja neste artigo como você pode proporcionar uma experiência incrível.

O que é marketing experiencial?

O objetivo do marketing experiencial para médicos, – ou marketing de experiência- é promover experiências positivas entre pacientes e a marca do consultório, ou do profissional.

Para alcançá-lo, é necessário ter criatividade e trabalhar em uma estratégia que impacte o paciente, como campanhas digitais, festivais, vídeos, eventos, entre outros.

Um dos maiores diferenciais do marketing experiencial é a oportunidade da marca interagir e engajar o público por meio de emoções positivas.

Veja este vídeo da campanha de Natal da KLM, uma companhia de aviação. 

Ao invés de simplesmente postar nas redes sociais que a KLM conecta famílias no Natal, a empresa criou uma experiência totalmente incrível, que não apenas sensibilizou quem estava presente, mas viralizou na internet.

Com essa campanha, eles aumentaram suas vendas, e criaram uma conexão com seus clientes.

Esse é um exemplo de como o marketing experiencial funciona na prática.

Um consultório médico pode pensar em diversas iniciativas para gerar engajamento com seus pacientes, mesmo quando eles não estão no estabelecimento.

Com a ajuda das inovações tecnológicas, você pode criar um passeio virtual pelo consultório, no qual os pacientes podem ver seu espaço em seu site, ou nas redes sociais.

Você também pode pensar em um evento especial para uma data comemorativa no próprio consultório ou em outro local, como uma ação para mulheres no Dia da Mulher.

O Lean Cuisine foi uma das diversas marcas que decidiu realizar um marketing experiencial para o público feminino. Dê uma olhada:

É emocionante para qualquer pessoa, não concorda?

Para entender como você pode criar o seu marketing experiencial, vou abordar os princípios mais importantes que toda estratégia como essa deve seguir.

  • Participação ativa e engajamento do público: qualquer campanha precisa incentivar os pacientes, ou futuros pacientes, a interagirem diretamente com a sua marca. Eles podem tirar fotos, compartilhar nas redes sociais, conhecer novas pessoas, aprender sua história, e assim por diante;
  • Divulgação da mensagem da marca e seus valores: você não deve apenas promover seu serviço, mas divulgar a mensagem que deseja passar para os pacientes, como o de um médico que está sempre preocupado em oferecer um atendimento humanizado;
  • Duração de valor a longo prazo: a experiência deve gerar um valor a longo prazo. Isso significa que sua campanha precisa ser lembrada, mesmo depois que meses tiverem se passado.

Agora que você entendeu o que é marketing experiencial para médicos, é preciso analisar quais ações e estratégias fazem sentido para a sua realidade.

Principais tipos de marketing experiencial para médicos

Veja a seguir os 4 tipos de marketing experiencial mais comuns e como você pode usá-los para sua marca.

1. Conteúdos educativos

Elaborar conteúdos educativos para pacientes é a técnica de marketing médico mais usada no mercado, também conhecida como marketing de conteúdo.

Ao gerar conteúdos como artigos, vídeos, lives, publicações em redes sociais, entre outros, você consegue educar seus pacientes sobre assuntos relevantes, e se posicionar como uma referência.

Além disso, você consegue promover uma troca de experiências e o paciente começa a confiar no seu serviço naturalmente, mesmo sem ter realizado uma consulta, porque conhece sua personalidade e valores.

Tente escrever um artigo ou produzir um vídeo. Divulgue para seus pacientes, incentive que eles deixem comentários e feedbacks. Tenho certeza que isso irá gerar uma impressão positiva da sua marca!

Para aprender mais sobre marketing digital, baixe este eBook gratuito:

Guia sobre marketing digital para médicos

2. Experiências sensoriais

O marketing de experiência também foca muito nos cinco sentidos: visão, paladar, olfato, tato e audição

Em lojas como Boticário e Natura, além do estabelecimento trabalhar a identidade visual da marca, há uma preocupação em ter um cheiro agradável, uma música relaxante, e móveis confortáveis.

O seu consultório pode e deve se preocupar com o marketing sensorial, para gerar uma experiência agradável para o paciente, principalmente quando ele está esperando na recepção.

3. E-mail marketing

O e-mail marketing para médicos, estratégia baseada no envio de e-mails automatizados para pacientes, é uma excelente maneira de promover seu marketing experiencial.

Além de ser uma forma prática de enviar seus conteúdos educativos, é possível mandar pesquisas de satisfação (NPS), falar sobre sua história, incentivar retornos, e o paciente pode responder todas as suas mensagens.

Assim, você gera interação, transmite a mensagem da sua marca, e gera valor a longo prazo. Ou seja, cumpre todos os princípios do marketing de experiência para médicos.

Baixe gratuitamente nosso material para aprender mais sobre e-mail marketing:

eBook gratuito: Emails Marketing na sua clínica: como elaborar a estratégia? Clique aqui e baixe agora!

O que todas as campanhas de marketing experiencial de sucesso têm em comum?

O marketing de experiência para médicos é único para cada profissional, mas existem fatores comuns em todas as estratégias que fizeram sucesso no mercado.

Vamos descobrir quais são elas?

1. Objetivos definidos

Qual é o objetivo do seu marketing de experiência? Você sabe o que está buscando com suas ações?

Toda campanha de sucesso tem objetivos bem definidos. É necessário entender o que precisa ser alcançado, para que ações assertivas possam ser planejadas.

Dê uma olhada em algumas perguntas que podem te guiar na definição dos seus objetivos:

  • Você deseja divulgar a marca do seu consultório?
  • Quer atrair mais pacientes?
  • Precisa aumentar o número de agendamentos?
  • Deseja ser uma referência para seus pacientes e na internet?
  • Sente que os pacientes não retornam para outras consultas?

Seus objetivos irão guiar todo seu planejamento. Por isso, tenha cuidado e atenção nesta etapa.

2. Originalidade

O objetivo do marketing experiencial é criar uma experiência única e emocionante para os pacientes, logo, a originalidade é um critério essencial para qualquer ação.

Você pode buscar inspirações em outras campanhas, mas é preciso ser criativo e pensar em uma ação que irá encantar seus pacientes.

Caso você tenha dificuldades em gerar ideias novas, conheça os princípios básicos de Design Thinking neste artigo, e anote uma ideia por dia, mesmo que seja pequena.

Com o tempo, você terá ideias mais elaboradas e originais. 😉

3. Storytelling

O storytelling é um termo conhecido no marketing, e dentro deste contexto, significa o ato de contar uma história em uma campanha ou estratégia. 

Ao invés de uma empresa dar um desconto aleatoriamente, ela pode criar uma história que faça sentido para seu público, e incentivar o público a participar da campanha.

Imagine uma campanha social de uma empresa que, durante um mês de vendas, irá doar 30% dos lucros para uma ONG de causa animal. 

Além de incentivar as compras por parte dos clientes, também divulga a marca de forma positiva.

Um storytelling de um consultório de urologia, por exemplo, pode ser a prevenção da saúde masculina, em um país que muitos homens não se consultam anualmente com um profissional da área.

Tem receio em colocar sua estratégia na prática por conta das normas de publicidade do CFM? Assista ao vídeo abaixo para aprender todas as regras de marketing para médicos:

4. Contato pós-campanha

Você entra em contato com seus pacientes depois da consulta?

No marketing experiencial para médicos, também é fundamental entrar em contato com as pessoas depois de uma campanha ou de uma ação, para que uma relação duradoura possa ser criada.

Não é necessário ligar para as pessoas ou enviar mensagens. Você pode colocar seus pacientes em um fluxo de e-mails em uma estratégia de e-mail marketing, produzir conteúdos educativos, entre outras ações.

5. Coleta de dados

Você envia pesquisa de satisfação para seus pacientes?

O ato de coletar feedbacks é essencial para qualquer marca que deseja entender como ela está sendo vista, e quais estratégias podem ser tomadas para engajar clientes.

O marketing de experiência é uma ótima oportunidade para perguntar ao seu público qual visão eles têm da sua marca, o que gerará dados valiosos para sua estratégia.

6. Incentivo ao compartilhamento social

As campanhas de sucesso são virais, se tornam os assuntos do momento na internet, e alcançam diversas pessoas. 

O livro Contágio explica de uma maneira didática e inteligente por que algumas ideias viralizam, enquanto outras ficam no esquecimento. Uma das causas é a necessidade de aprovação social.

Por que as pessoas ficam preocupadas com o número de curtidas em suas fotos? Ou ficam chateadas quando ninguém comenta?

Todas essas interações representam aprovações, mostram que as pessoas gostaram do conteúdo, ou pelo menos se importam minimamente. 

As estratégias de marketing também devem incentivar que as pessoas interajam, compartilhem. Raramente você vai encontrar um vídeo no Youtube que não peça sua curtida e sua inscrição.

7. São mensuráveis

Qualquer ação precisa ser mensurável, ou seja, ter a capacidade de ser medida.

Vamos supor que seu objetivo com o marketing experiencial seja aumentar o número de agendamentos do consultório nos próximos 3 meses.

Ao longo do tempo, você precisa verificar se suas ações causaram um aumento no número de marcações de consulta.

Caso a resposta seja negativa, é hora de analisar o que está dando errado, e como você pode melhorar suas estratégias.

O marketing experiencial para médicos é fundamental para aumentar a satisfação dos seus pacientes e criar conexões fortes com a sua marca como profissional.

Para aprender mais estratégias do marketing médico, faça nosso curso gratuito:

Curso Básico de Marketing Médico

Compartilhe sua opinião sobre o artigo nos comentários, e não esqueça de compartilhar com seus amigos! 🙂


Sobre o autor

Yasmim Mayumi

Especialista em Marketing de Conteúdo e produtora de conteúdo na iClinic. Graduanda em Letras - Licenciatura em Inglês e Português na Barão de Mauá em Ribeirão Preto.