5 dicas para aumentar o número de pacientes em sua clínica

Dicas para aumentar o número de pacientes em sua clínica

Felipe Lourenço Marketing Médico

Leia em 4 min.

Última atualização em 06/07/2021 por Barbara Bueno

Quando um profissional de saúde monta seu próprio consultório, enfrenta vários desafios nas questões práticas e legais de um estabelecimento de saúde.

Questões como viabilidade do modelo de negócios, como legalizar a clínica, quais os documentos necessários e o que levar em consideração na hora de escolher uma modalidade de atendimento e tipo de clínica são algumas das dificuldades iniciais.

Mas, logo quando tudo isso se resolve, vem um novo desafio: como atrair e aumentar o número de pacientes?


Alguns profissionais optam por se cadastrar em Planos de Saúde. Dessa maneira conseguem formar uma carteira de pacientes e pode começar sua carreira com um alto volume de atendimentos.

Mas nem sempre essa é uma boa estratégia. Afinal, esses atendimentos precisam ser muito rápidos e impessoais para que sejam financeiramente viáveis, de acordo com o repasse que é feito pelas operadoras.

Isso prejudica a percepção que o paciente tem do seu atendimento e dificilmente será fidelizado ao seu consultório.

Neste artigo vamos mostrar algumas dicas para aumentar o número de pacientes em sua clínica de maneira simples.

eBook Gratuito sobre Gestão de Clínicas e Consultórios

1. Bom atendimento e fidelização

Todo cliente quer ser bem atendido e receber um bom produto ou serviço. Só assim ele voltará ao local e passará a indicará para conhecidos, amigos e parentes.

O mesmo acontece com os pacientes!

Os pacientes só retornarão para uma nova consulta na sua clínica se saírem satisfeitos com o atendimento obtido.

Além disso, um paciente satisfeito se transforma em um divulgador do seu trabalho. Com certeza ele vai indicar seu serviço para amigos, familiares e colegas se estiver feliz com a experiência no seu consultório.

Por isso, preocupe-se com a duração da consulta, com a atenção individual dada a cada um dos pacientes e em treinar os funcionários.

Até mesmo o ambiente físico do seu consultório pode ser determinante para essa “lealdade” dos seus pacientes.

Estratégias de marketing sensorial e uma decoração bem planejada também fazem a diferença na percepção dos pacientes.

A imagem que o paciente leva da clínica começa a ser formada desde o agendamento da consulta, passando pelo atendimento na recepção e salada de espera, o contato com o profissional de saúde e continua até o pós-atendimento.

2. Relacionamento com os pacientes

Estreitar seu relacionamento é um passo essencial para aumentar o número de pacientes em sua clínica.

Você pode fazer isso com a utilização de vários canais de comunicação.

As redes sociais são ótimos canais para conversar com seus pacientes e também atrair novos interessados em suas especialidades.

Outra maneira de se manter “por perto” é aproveitando as datas comemorativas.

Aniversário, dia das mães, dia dos pais, dia das crianças e outras datas especiais devem ser lembradas pela sua clínicade acordo com sua especialidade e com seu perfil de pacientes.

A dica aqui é sempre utilizar um sistema médico que tenha possibilidades de interação com o paciente. O envio de
Email Aniversariantes é uma estratégia certeira de fidelização através do bom relacionamento!

Utilize estas datas a seu favor para fortalecer o relacionamento entre vocês.

Se é dia das mães e você tem pacientes que são mães, um e-mail ou um SMS enviado pela clínica para cada paciente é uma maneira barata, delicada e interessante de demonstrar que há uma preocupação com elas. O mesmo vale para as demais datas comemorativas.

3. Divulgue o seu trabalho

A melhor maneira para aumentar o número de pacientes no seu consultório é: divulgar seu trabalho!

Ter uma estratégia de marketing alinhada com seus objetivos e planejada para atingir seu público alvo fará toda a diferença na hora de se tornar uma referência no mercado.

Um Caso de Sucesso mostra que o número de consultas agendadas pode aumentar mais de 2000% com uma estratégia de inbound marketing.

Claro, é essencial que essa divulgação siga as normas e limites impostos pelo seu Conselho.

Por exemplo, o CFM proíbe algumas ações como tirar selfies com os pacientes, realizar promoções e fazer anúncios para marcas e produtos.

Confira quais são as regras para divulgar sua clínica e comece hoje mesmo a se dedicar a essa área de comunicação. Você verá que os retornos são impressionantes.

redes sociais para medicos e profissionais da saude

4. Dê entrevistas

Coloque-se a disposição de sites e jornais para dar entrevistas sobre a sua área de atuação.

Essa é uma maneira simples e barata de se tornar referência no seu mercado local e ser reconhecido – e procurado – pelos pacientes.

Para isso, entre em grupos da sua área de formação e/ou de jornalistas e redatores para informar que você pode ajudar.

O Ajude um Repórter pode ser uma ótima ferramenta para você começar. Lá jornalistas procuram por especialistas para suas reportagens e você pode entrar em contato para se colocar a disposição.

Com isso, o seu nome será visto por milhares de pessoas ao lerem a matéria e você se tornará uma referência no assunto, o que ajudará a aumentar a procura pelo seu serviço.

5. Pergunte a opinião dos seus pacientes

Converse com seus pacientes ou faça uma pesquisa de satisfação para saber o que eles estão achando da clínica, do atendimento, da atenção e dos demais serviços oferecidos.

Existe uma maneira muito simples de fazer essa avaliação, ela se chamaNet Promoter Score (NPS).

Com o NPS basta você enviar uma simples pergunta aos pacientes assim que eles saem do consultório:

“De 0 a 10, quão disposto você estaria a indicar a clínica para um amigo?”

Além dessa pergunta, você também pode deixá-los livres para darem uma opinião e falarem o que gostaram – ou não – do consultório.

Ao ouvir a opinião dos seus pacientes, será possível encontrar pontos que talvez necessitem melhorar ou ainda valorizar e fortalecer o que já está indo bem.

Essas são algumas dicas muito práticas para você aumentar o número de pacientes que procuram seu atendimento.

Ao aplicar uma – ou mais – dessas técnicas você vai perceber que o fluxo de pacientes no consultório vai melhorar.


Sobre o autor

Felipe Lourenço

Fundador da iClinic, empresa de software médico em nuvem líder na América Latina. Graduado em Informática Médica pela Universidade de São Paulo (USP), especialista de Tecnologia em Gestão em Saúde, com passagens pelo mercado europeu e pelo Vale do Silício, possui mais de dez anos de experiência no setor.