Amenizar sobrecarga de trabalho dos médicos

7 maneiras de amenizar a sobrecarga de trabalho dos médicos

Leia em 4 min.

Um médico deve zelar pela sua saúde da mesma forma que cuida dos seus pacientes!

Todo profissional está sujeito a sofrer com o estresse e as suas consequências. Dor de cabeça, taquicardia, cansaço e irritação excessivos são alguns dos sintomas apresentados quando a vida profissional está em desequilíbrio. Na área da saúde, a sobrecarga de trabalho dos médicos é uma realidade que não deve ser ignorada, principalmente porque pode ser contornada.

A fadiga gera ansiedade, irritabilidade e insatisfação e prejudica não somente a saúde emocional do portador, mas também a física. Muitas vezes, o indivíduo não percebe a gravidade do problema e isso acaba se refletindo no seu desempenho – o que pode se transformar em um grande empecilho.

Pensando nisso, separamos 7 dicas para que você tenha uma atuação segura e consiga manter suas atividades profissionais em pleno equilíbrio. Continue a leitura e tenha uma rotina mais saudável!

1. Dê uma pausa para fazer atividades prazerosas durante o dia

O excesso de trabalho dos médicos muitas vezes é causado por uma rotina de atendimentos conturbada e ininterrupta. Entre um paciente e outro, o único descanso que há é o momento em que o profissional conversa com a secretária sobre os agendamentos. E essa é uma prática bastante equivocada!

Uma agenda de consultas deve ser organizada respeitando os intervalos de trabalho do profissional. Se numa grande corporação existem pausas para que os colaboradores realizem atividades como ginástica laboral, em consultórios e clínicas médicas a dinâmica também pode funcionar muito bem.

Se os seus pacientes dão preferência por horários em que não estão trabalhando, como o início da manhã, almoço e final do expediente, faça pequenas pausas na metade desses períodos. Neste momento, aproveite para se alimentar, tomar um café, ir a um massagista, fazer uma sessão de acupuntura ou até mesmo relaxar e praticar uma leitura.

2. Mantenha o equilíbrio entre a qualidade de vida profissional e pessoal

Muitos médicos acabam se rendendo a uma rotina pesada e esquecem de fazer uma boa gestão dos seus horários por pensar apenas no retorno financeiro. Esse comportamento é quase uma armadilha que causa desequilíbrio entre vida pessoal e profissional.

Colocar a carreira em primeiro lugar é bom, mas é preciso identificar quando a dedicação está se transformando em uma crise. Existe uma sutil diferença entre se dedicar a oferecer um atendimento de qualidade a atualizar os conhecimentos, para a sobrecarga de funções em que nada é feito com excelência.

Dedique uma parte da rotina para estar com seus entes queridos e não hesite em participar de congressos sobre a sua área. Se o local for agradável, você pode levar sua família e aproveitar para esticar a estadia e descansar.

Amenizar sobrecarga de trabalho dos médicos

3. Identifique onde está o problema

Se você está se sentindo sobrecarregado, um dos primeiros passos para resolver o problema é identificar as causas e os reais sintomas desse sentimento:

  • Está desmotivado e perdendo o interesse em investir na sua especialidade?

  • Deixa tarefas pessoais ou profissionais sempre para depois, mesmo que seja a mais simples?

  • Sente que não está tratando os parceiros da clínica e as secretárias de maneira cordial?

Os nítidos sinais de que algo não vai bem aparecem nessas situações corriqueiras e, quando você começa a prestar atenção na própria conduta, a tendência é que consiga contornar o empecilho com mais facilidade.

Uma rotina mais organizada, por meio de uma gestão eficiente da agenda, é um exemplo de atitude muito simples que ajuda a manter a motivação durante um dia movimentado de trabalho, sem trazer consequências negativas para a vida profissional e para a saúde.

4. Conte com a ajuda da tecnologia

Ferramentas tecnológicas que automatizam as atividades e facilitam a rotina já são uma realidade na área médica e funcionam como um poderoso instrumento para manter a vida do profissional organizada.

Um bom software médico permite uma gestão descomplicada. Por exemplo, a agenda online pode ser acessada de qualquer local, o que significa que você consegue verificar os atendimentos do dia e fazer o seu planejamento diário pessoal antes mesmo de sair de casa. Veja alguns benefícios de um software médico na sua clínica:

  • melhora o atendimento com as confirmações de consulta automática;

  • ajuda a diminuir o cancelamento de consultas por meio do envio de lembretes automáticos;

  • facilita o controle do fluxo de caixa ao reunir dados de maneira centralizada;

  • mantém todas as informações integradas e organizadas, tanto dos pacientes como do funcionamento administrativo e questões burocráticas da clínica;

  • o prontuário eletrônico garante que as informações sejam armazenadas com segurança e estejam sempre em mãos.

Conheça no vídeo abaixo outras tecnologias que facilitam a rotina de clínicas e consultórios:

5. Comunique-se na medida certa

A menos que a sua clínica atenda alguma especialidade de emergência, não há necessidade de ficar ativo no WhatsApp 24 horas por dia.

Existe um certo limite na disponibilidade e ele deve ser respeitado. É sempre bom ter um canal de comunicação direto com o paciente, pois, a prática estreita a relação e contribui para a fidelização. Contudo, estabeleça horários para ficar online e nunca use o seu número pessoal para isso.

Estabelecer regras para a sua clínica também é uma alternativa, dando autonomia para o setor da recepção. Dessa forma, você só precisa ser acionado em situações específicas.

6. Descanse

Descansar é outra regra fundamental para uma vida profissional saudável. Considere uma boa quantidade de horas de sono, bem como feriados e fins de semana.

Se você não é plantonista, não tem motivo para se manter por dias acordado e trabalhando, sem pausas. Caso sinta necessidade de atender os pacientes até um pouco mais tarde, não inicie a jornada tão cedo. Respeite os limites do seu corpo!

7. Tire férias

Uma das funções do período de férias é se desligar totalmente do trabalho. Não seria diferente com os profissionais da área médica, não é mesmo? Seja uma semana, quinze dias ou um mês, não faça nada além de descansar, passear e aproveitar a família.

Manter a qualidade de vida é fundamental para ter uma atuação profissional excelente. Não negligencie essa questão. A sobrecarga de trabalho dos médicos pode se transformar em um problema enorme quando não há investimentos na própria saúde e em ferramentas que proporcionam uma rotina prática dentro do consultório. Invista! 🙂

Gostaríamos de continuar a colaborar para que o seu dia a dia seja saudável. Confira nosso eBook sobre gestão de tempo para médicos! Faça o download gratuito abaixo:

eBook Grátis: Seja mais produtivo com essas dicas de gestão de tempo para profissionais de saúde. Clique aqui e baixe agora!

Postagens relacionadas


Sobre o autor

Flávia Saldanha

Analista de Marketing na iClinic, foco em E-mail Marketing e Comunicação. Formada em Economia na USP, com ênfase em Negócios Internacionais.