7 passos para gerir sua carreira médica

7 passos para gerir sua carreira médica

Maria Beatriz Oliveira Gestão da Clínica Leave a Comment

Leia em 4 min.

Dentro da Medicina, existem várias maneiras pelas quais os profissionais podem gerir as suas carreiras médicas para atingirem estabilidade e sucesso. 

A Medicina é uma das áreas mais tradicionais da saúde. Ela conta com inúmeras especialidades, ou seja, você pode atuar em campos diferentes dentro da mesma profissão.

A gestão de carreira médica entra como um plano que é traçado em direção ao objetivo de cada profissional. Por meio dele, é possível visualizar conquistas e elaborar estratégias para crescer.

Apesar de diversas empresas possuírem planos de carreira para seus funcionários, como boa parte dos médicos são autônomos, muitos se veem perdidos dentre tantos caminhos.

Neste artigo, você vai conferir 7 dicas que irão ajudar os médicos a gerirem suas carreiras na área da saúde. 

Continue a leitura!

7 dicas para gerir sua carreira médica

Embora a formação tradicional dos médicos seja muito completa e valiosa, ela é focada nas habilidades técnicas da profissão, abordando superficialmente sobre o mercado de trabalho ou possibilidades de carreira.

Uma pesquisa da Revista Brasileira de Educação Médica trouxe um depoimento interessante de um médico recém-formado em relação à profissão:

“Acho que deveria ter abordado [a temática Mundo do Trabalho], porque a gente sai da graduação sem saber nada a respeito de direitos do trabalho, classe médica, nada. A gente só quer saber de fazer a residência e só. Quando chega aqui, fica perdido na hora de trabalhar.”

Confira 7 dicas que podem te ajudar a gerir sua carreira médica na área  da saúde:

1. Pesquise as possibilidades

De professor a pesquisador, existem inúmeras possibilidades dentro da Medicina, além das diversas especialidades. Pesquisar sobre as que você mais se identifica é uma ótima forma de começar.

Além de poder escolher se irá atuar em clínicas ou hospitais particulares, você também pode ser um médico empreendedor ao montar o seu próprio negócio.

Contudo, existem ainda outras opções além da mais conhecida, que é a de atendimento ao paciente. Dê só uma olhada em alguns campos de atuação para médicos:

  • Pesquisador;

  • Professor;

  • Gestor;

  • Saúde Pública e Epidemiologia;

  • Administração Hospitalar;

  • Indústria Farmacêutica;

  • Educação Continuada;

  • Tecnologia de Informação;

  • Escritor;

  • Planos de Saúde.

2. Sempre aprimore suas habilidades técnicas

Seja para atuar como autônomo ou trabalhar para uma clínica, o aprimoramento das habilidades técnicas é imprescindível em qualquer carreira.

A área da saúde se desenvolve a cada dia com novas tecnologias, tratamentos, e formas de atendimento, como a Telemedicina. Assim, manter-se atualizado é uma questão essencial.

Neste ponto, vale dizer que essa atualização não necessariamente precisa vir do ensino tradicional, ainda que ele seja extremamente importante.

Existem inúmeras possibilidades de aprimorar suas habilidades com cursos online, workshops, seminários, e conteúdos pagos ou gratuitos da internet.

Confira no vídeo abaixo como o iClinic ajuda na sua educação médica:

3. Desenvolva suas soft skills

Soft skills, ou habilidades “suaves”, são habilidades relacionadas à personalidade e ao comportamento das pessoas.

Elas também são essenciais para todas as profissões, porém, se você for trabalhar com atendimentos, é importante que saiba lidar com perfis de pessoas diferentes para desenvolver mais empatia e comunicação.

Às vezes, você encontrará pessoas fragilizadas, ansiosas, e embora seja atencioso em suas comunicações, é importante que encare seus pontos de melhoria para se aperfeiçoar continuamente.

Assim, seus atendimentos serão cada vez mais humanizados, e você terá pacientes que irão te admirar e divulgar seu trabalho para os conhecidos.

Essa é uma maneira incrível de ajudar pessoas de um modo que vai muito além das consultas tradicionais, e que irá deixar uma profunda gratidão em todos que você conhecer.

4. Tenha uma mente empreendedora

Mesmo que você não deseje montar um consultório, ter uma mente empreendedora pode alavancar muito a sua carreira.

Afinal, empreendedores são resolutores de problemas natos, capazes de encontrar soluções nos lugares mais inusitados, e transformar crises em oportunidades.

Por isso, independentemente se você trabalha para si mesmo ou outra pessoa, tenha o empreendedorismo como um objetivo que irá auxiliar em toda sua trajetória.

Para aprender mais, conheça nosso eBook de empreendedorismo na área da saúde.

5. Estude sobre gestão financeira

A educação financeira é uma deficiência do ensino tradicional que causa diversos problemas para todos os profissionais.

Os cursos não ensinam sobre tributos, planejamento, burocracias para se abrir um negócio, ou como alavancar os lucros de uma empresa. 

O resultado é que muitos profissionais de saúde precisam fechar as portas de seus consultórios. 

Mesmo os que recebem salário fixo em um hospital, podem se endividar e ter que atuar em mais de um lugar para pagar as contas. 

Por isso, o estudo da gestão financeira deve acompanhar a sua evolução como profissional, para que você possa se planejar melhor em cada etapa de sua carreira.

Aprenda agora sobre gestão financeira para médicos em nosso curso:

Tenha uma gestão financeira de excelência com o Curso de Finanças para Médicos!

6. Faça planos

Ao escolher um campo de atuação, pesquise sobre as possibilidades que ele oferece e trace os planos que precisa para chegar até lá.

Por exemplo, se quiser atuar na administração hospitalar, você pode começar buscando quais são os conhecimentos e experiências necessárias para que possa colocá-las em seu plano de carreira.

Depois, trace dentro dessa meta seus objetivos a curto prazo, pois isso te deixará mais motivado e você verá o quanto avança com o passar do tempo. 

7. Conheça a si mesmo

Sabia que a famosa frase do filósofo grego Sócrates tem muito a colaborar com a sua gestão de carreira?

Por meio do autoconhecimento, você descobre seus pontos fortes e fracos, do que gosta mais de fazer, qual é o seu melhor modelo de trabalho, o que precisa ser desenvolvido.

Apenas conhecendo a si mesmo será possível traçar o plano de carreira ideal para você. 

Neste ponto, não existe um passo a passo. O autoconhecimento é um processo em constante evolução. Você pode desenvolvê-lo por meio das artes criativas, meditação, viagens, momentos com as pessoas amadas.

A terapia também pode te ajudar muito. Com ela, você poderá entender melhor a sua personalidade, desenvolver atividades específicas para descobrir os seus pontos fortes e encontrar o seu propósito.

Lembre-se de estar atento ao mundo, aos seus sentimentos, pois aos poucos você encontrará suas preferências e estará apto para gerir sua carreira como ninguém mais poderia fazer. 

Espero que este artigo tenha te ajudado a clarear seus caminhos sobre a gestão de carreira médica.

Se você gostou, compartilhe com os amigos e cadastre-se em nossa newsletter para receber mais conteúdos:

Cadastre-se na Newsletter do iClinic

Sobre o autor

Maria Beatriz Oliveira

Especialista em Marketing de Conteúdo e estudante de Marketing na Uninter.