Teleconsulta na neurologia

Teleconsulta na neurologia: como funciona e quais suas vantagens?

Maria Beatriz Oliveira Ferramentas para Clínica Leave a Comment

Leia em 5 min.

A Teleconsulta na neurologia permite que os especialistas cuidem de seus pacientes de qualquer lugar, além de facilitar a interação com outros profissionais.

A neurologia é uma área extremamente importante da Medicina. No entanto, uma parte expressiva da população não tem acesso ao atendimento dos profissionais dessa área.

Segundo dados da Revista Brasileira de Neurologia:

“Muitos cuidados para pacientes com doenças neurológicas são fornecidos por não-neurologistas, clínicos gerais, por exemplo, mais ainda onde os neurologistas são escassos.”

A Teleconsulta traz a possibilidade de realizar consultas médicas a distância e oferecer atendimento de qualidade em regiões de difícil acesso por meio de tecnologias seguras, como um software médico.

Neste artigo você vai descobrir todas as vantagens da Teleconsulta na neurologia, e como implementá-la no seu consultório.

Como funciona a Teleconsulta na neurologia?

A Teleconsulta é uma das modalidades da Telemedicina. Por meio dela, médico e paciente se comunicam de maneira remota utilizando uma tecnologia segura como um software médico na nuvem.

Essa modalidade traz inúmeros benefícios para a Medicina, entre eles a redução dos custos na saúde, pois os atendimentos a distância trazem economias tanto para o do lado dos médicos como dos pacientes.

Além disso, é possível manter toda a segurança das informações ao utilizar um software com armazenamento na nuvem e que ofereça prontuário eletrônico integrado ao sistema.

É importante ressaltar que a Teleconsulta não deve ser realizada por aplicativos como Zoom e WhatsApp. 

Apesar dessas ferramentas serem extremamente úteis no dia a dia, elas não apresentam todo o protocolo de segurança necessário para que os dados sensíveis do paciente não sejam compartilhados ou extraviados.

Aliás, muitos neurologistas já praticam a Telemedicina ao solucionar dúvidas por mensagens ou ligações. Com a Teleconsulta, você tem uma forma de realizar esses atendimentos com segurança.

Saiba mais sobre as regulamentações da Telemedicina no Brasil no vídeo a seguir:

Caso o neurologista decida realizar a Teleconsulta, ele envia um termo de consentimento aos pacientes, e salva as informações da consulta no sistema na nuvem, de modo a obter mais respaldo jurídico.

Após isso, ele prossegue com sua anamnese normalmente, e em caso de necessidade, são solicitados exames ou consultas presenciais.

5 vantagens da Teleconsulta na neurologia

A Teleconsulta traz ao neurologista a possibilidade de expandir sua área de atuação para todo o país.

Por meio dela, também é possível contar com o apoio de outros profissionais que possam estar tratando aquele paciente, e a emissão de laudos fica facilitada.

Vale lembrar que esses e os outros benefícios que serão apresentados a seguir não devem ser vistos como ameaça, mas como facilitadores.

O principal objetivo da Teleconsulta não é substituir as consultas presenciais, mas agregar valor à prática médica, e solucionar os problemas na saúde.

Confira a seguir 5 vantagens da Teleconsulta na neurologia.

1. Facilita o acompanhamento da evolução do paciente

Quantos de seus pacientes precisam de acompanhamento constante?

Muitas causas de doenças dentro do âmbito da neurologia não são detectadas com um diagnóstico rápido. 

Uma parcela significativa requer acompanhamento durante anos, o que pode ser um grande entrave aos pacientes por terem que se deslocar à clínica, especialmente para os que moram em regiões afastadas.

Com a Teleconsulta, o acompanhamento fica facilitado, as consultas podem ser mais frequentes, pois seu paciente não precisará se deslocar ao consultório todas as vezes.

Veja a opinião do Dr. Marcelo Mostardeiro sobre a Teleconsulta:

“Foi legal, eu gostei bastante. Achei que seria algo impessoal, pelo fato da pessoa não estar presente, mas é muito prático, tanto para o paciente, quanto para o médico.”

Uma ótima facilidade para todos, não concorda?

2. Promove mais acesso aos neurologistas

Você já parou para contar quantas vezes atendeu pacientes que vieram de outras cidades, talvez até de outros estados, porque não tinham neurologistas em sua região? 

Conforme o exposto da Revista Brasileira de Neurologia mais acima, em regiões com poucos neurologistas, o tratamento dos pacientes é feito por outras especialidades.

A Teleconsulta elimina as distâncias, e os neurologistas conseguem atuar no país inteiro, até no exterior. 

Isso promove mais acesso aos especialistas, mesmo para as áreas mais distantes dos grandes centros, graças ao suporte digital.

A Dra. Carolina Melo sempre achou que não conseguiria atender seus pacientes com a Telemedicina, mas mudou de opinião:

Vi muitos pontos positivos, mudei o pré-conceito que eu tinha antes. Por exemplo, às vezes o paciente que vai na consulta presencial está tão ansioso ou se sente tão intimidado, que termina não abordando muitas coisas.”

3. Colabora com a emissão de laudos neurológicos 

Você sabe que alguns exames como EEG e polissonografia podem ser realizados por técnicos de enfermagem. Contudo, os laudos são feitos exclusivamente por profissionais especialistas, não é mesmo?

Com a Teleconsulta, os médicos podem emitir laudos a distância de maneira simples e rápida para seus pacientes com o recurso da assinatura digital.

Saiba mais sobre essa facilidade em nosso eBook gratuito:

  eBook Assinatura Digital iClinic: aprenda como instalar sua assinatura no iClinic agora mesmo!

Assim, o paciente não precisa esperar até a próxima consulta presencial para saber o resultado de algum exame, pois todas essas informações podem ser passadas pela Teleconsulta.

4. Possibilita um melhor uso da prescrição eletrônica

Quantos pacientes voltam ao seu consultório apenas pela prescrição de um medicamento que já utilizam?

Por meio da Teleconsulta, você utiliza a prescrição eletrônica para os pacientes em tratamento constante, e oferece a comodidade da receita ser enviada em poucos minutos.

A prescrição eletrônica ainda evita erros relacionados à legibilidade, e você também pode emitir atestados médicos assinados digitalmente com a Teleconsulta.

Um excelente diferencial para seus pacientes, não acha?

5. Melhora a troca de informações entre profissionais

Com que frequência você conversa com outros profissionais além da neurologia?

Essa área pode possuir pontos de intersecção com outras especialidades médicas, como a psiquiatria.

Com a utilização da Teleconsulta, a troca de informações entre diferentes profissionais é feita de forma mais segura. 

Ao conversar sobre um caso clínico por WhatsApp, as informações do paciente ficam em risco, pois qualquer um pode acessar a conversa e encaminhar para outra pessoa.

Quando as informações são compartilhadas na Teleconsulta, os dados são salvos na nuvem do software médico, o que garante mais respaldo jurídico para os profissionais.

Graças à tecnologia, é possível eliminar dúvidas e realizar diagnósticos mais precisos contando com a opinião de outro profissional quando for necessária.

Com tantas possibilidades, a Teleconsulta pode agregar grande valor à prática médica dos neurologistas, trazendo consigo muitos benefícios aos pacientes.

Quer ver como todos os benefícios citados no artigo funcionam na prática? Teste gratuitamente a Teleconsulta em uma plataforma segura:

  eBook Assinatura Digital iClinic: aprenda como instalar sua assinatura no iClinic agora mesmo!

Espero que este conteúdo tenha sido útil, e não se esqueça de deixar seu comentário e compartilhar com os amigos. 🙂


Sobre o autor

Maria Beatriz Oliveira

Especialista em Marketing de Conteúdo e estudante de Marketing na Uninter.