Ícone do site Blog iClinic – Dicas para gestão de clínicas e consultórios!

Passo a passo para definir o público-alvo do seu consultório

público-alvo do consultório
Leia em 5 min.

Definir o público-alvo do seu consultório deixa suas ações de marketing eficientes, e fornece mais clareza sobre suas comunicações.

O público-alvo é um grupo de consumidores que compartilham das mesmas necessidades e características, elencado por cada empresa para que seja possível criar estratégias eficazes de comunicação.

Essa definição começa com um estudo de mercado, e o grande objetivo é fazer com que as iniciativas de marketing médico alcancem pessoas com mais afinidade com a marca e maior probabilidade de virarem clientes.

Neil Patel, uma das grandes autoridades de marketing digital, afirma:

“Definir seu público-alvo é o primeiro e mais importante passo de qualquer empresa ou negócio em direção ao sucesso, principalmente quando se está começando.”

Neste artigo, você vai conferir um passo a passo para definir o público-alvo do seu consultório.

Continue a leitura!

7 dicas para definir o público-alvo do seu consultório

O público-alvo colabora para que sua comunicação seja personalizada e relevante para seus pacientes, o que proporciona uma diferenciação também perante os concorrentes.

Além disso, você consegue enxergar novas oportunidades e reduzir seus custos com iniciativas de marketing.

Segundo Márcio Luiz Lima de Souza, especialista em Marketing Estratégico (USP/SP) e professor de Marketing Médico da PUC/BH:

“Um público-alvo bem definido nos permitirá desenvolver um planejamento de marketing de relacionamento mais eficaz, já que teremos informações como idade, sexo, nível de escolaridade, aspectos geográficos, comportamentais e econômicos.”

Contudo, antes de definir o seu público, é essencial elencar os seus objetivos, tratamentos oferecidos e quais são os aspectos fortes e fracos do seu consultório.

Se você possui um consultório recém-aberto e ainda não conhece esses pontos do seu negócio, não deixe de realizar um planejamento estratégico para ter mais clareza em suas iniciativas.

Confira a seguir um passo a passo para definir seu público-alvo.

1. Pesquise e analise o mercado

Você conhece o seu mercado de atuação com profundidade? Sabe como seus concorrentes atuam?

O primeiro passo para começar a construir o público-alvo do seu consultório é realizar muitas pesquisas e fazer uma análise aprofundada do seu mercado.

Nesta etapa, procure responder algumas perguntas como:

Para responder aos questionamentos, você pode realizar pesquisas, ou conferir algumas já realizadas em jornais e trabalhos acadêmicos, por exemplo.

Essas questões te ajudam bastante na hora de enxergar novas oportunidades em seu nicho de atuação.

As redes sociais também podem ser usadas nessa análise. Ao entrar no perfil de um concorrente, confira o que as pessoas comentam, compartilham, ou elogiam sobre aquele profissional.

Tudo isso te dará uma ótima base para começar a definição de seu público-alvo. 

2. Utilize segmentações

Se você for um urologista e decidir que quer atender homens com mais de 40 anos, esse será um público muito amplo.

Para que sua comunicação seja eficiente, é necessário identificar alguns segmentos no mercado e analisar em quais deles seus pacientes estão inseridos.

Algumas segmentações que você pode utilizar são:

Dessa forma, você consegue abordar características valiosas dentro da definição do público-alvo de seu consultório, e tudo isso vai fazer grande diferença na fidelização de seus pacientes.

Saiba mais sobre como fidelizar pacientes em nosso eBook gratuito:

3. Realize entrevistas com seus pacientes

Se você já realiza atendimentos, fazer pesquisas com seus pacientes é fundamental.

O objetivo das pesquisas é entender qual é o perfil predominante de seus clientes reais e se basear em dados para que o público traçado esteja coerente com a realidade do seu negócio.

Você pode realizá-las com a ajuda do recepcionista ao elaborar um questionário com perguntas baseadas nas segmentações mencionadas acima, ou utilizar o e-mail marketing.

Por meio do e-mail marketing, é possível enviar uma pesquisa a todos os seus pacientes de forma prática e automática. Você pode fazê-la criando um formulário no Google Forms e enviando para sua base.

Outra forma de realizar essa pesquisa é por meio das redes sociais, nas quais você pode, por exemplo, criar stories no Instagram com diferentes perguntas.

Se você ainda não tiver pacientes, analise o perfil de seus concorrentes, suas interações e os comentários que eles recebem.

Os grupos do Facebook são igualmente interessantes para este propósito. Por exemplo, um pediatra pode entrar em um grupo para mães e observar qual a faixa etária, ocupação e interesse de seus membros.

4. Use os dados coletados

Para que a estratégia de definição do público-alvo seja efetiva, é preciso usar os dados coletados.

Você precisa montar uma lista com as características que encontrou de seu público. 

Um exemplo de público-alvo para um consultório de ginecologia especializado em tratamentos de fertilidade pode ser:

Com essa definição, você conseguirá entender melhor como pode ajudar seu paciente e como pode elaborar seus planos de comunicação.

Para não errar em seu marketing, confira nosso vídeo abaixo e conheça as principais regras de marketing médico segundo o CFM:

5. Entenda a diferença entre público-alvo e persona

Para que sua comunicação seja ainda mais eficiente, é preciso definir também a buyer persona do seu consultório.

A grande diferença entre a persona e o público-alvo, é que a persona é uma definição específica, que levará em conta características psicológicas, hábitos, preferências, enquanto o público-alvo é amplo.

Um exemplo de persona para o consultório citado anteriormente pode ser:

Ao construir uma persona, sua comunicação torna-se ainda mais direta e personalizada, além de ser possível elaborar conteúdos com mais facilidade.

6. Construa sua persona

Se você já realizou uma pesquisa tal como mencionada no tópico 3, pode usar os dados para construir o perfil de seu paciente ideal.

Se ver que faz sentido para seu negócio, pode criar mais de uma persona, mas é importante ter cuidado para que todas as personas se encaixem em suas estratégias e possam ser usadas constantemente.

Ao coletar as informações com seus pacientes, você pode utilizar o Gerador de Personas, criado pelas empresas Rock Content e Resultados Digitais.

Na ferramenta, é possível inserir seus dados e salvar a persona construída em pdf, ou imprimi-la para que esteja sempre em fácil acesso por você e sua equipe.

7. Reveja seu público-alvo

Mesmo depois de encontrar seu público-alvo, você precisa revê-lo de tempos em tempos.

Em 5 anos, seu público pode mudar, bem como as estratégias de seu consultório, seus recursos, e modernizações.

Por isso, revisite e adapte seu público com a frequência que faz sentido para seu negócio, pode ser a cada 2 anos, por exemplo.

Dessa forma, toda sua comunicação será muito mais eficiente, estará sempre atualizada e você irá gerar identificação em seu público.

Assim, sua estratégia de marketing terá um ROI (Retorno sobre Investimento) cada vez mais positivo e seu consultório conseguirá atrair muito mais pacientes!

Espero que este conteúdo tenha te ajudado!

Antes de ir, não se esqueça de deixar um comentário e compartilhar com os colegas. 🙂

Gostou deste conteúdo?

Junte-se a mais de 70 mil profissionais de saúde e não perca eBooks, planilhas, dicas e guias exclusivos que vão ajudar na gestão da sua clínica.

Quero receber conteúdos
Sair da versão mobile