Tecnologia na Saúde

Preço do software médico: esse é o único critério que você deve utilizar?

O preço é muito importante na hora de escolher um software. Mas veja neste artigo que não é apenas o único ponto a ser levado em consideração.

O dia está corrido e não consegue ler o conteúdo? Escute o áudio a seguir:

A tecnologia já mudou nossos hábitos. E não apenas em aspectos pessoais, novas experiências de compra e de utilização de softwares tem marcado a mudança na forma como os serviços são cobrados.

O que mais mudou em relação à utilização de softwares para clínicas, por exemplo, é o fato de que junto com o preço do software médico vinham outras despesas, como hardware, energia, espaço físico, conexões, força de trabalho especializada, manutenção dos softwares instalados na infraestrutura da própria clínica.

Tudo isso dificultava usar o máximo de potencial do sistema instalado, limitando-se aos dados cadastrais dos pacientes.

Quer saber qual é o novo modelo de software médico no mercado e como fazer a melhor escolha? Continue com a gente neste artigo e descubra que o preço não é o único fator nesta decisão.

Qual o modelo de Software Médico atual?

O modelo de software instalado se tornou antiquado e nada seguro, pois caso você tenha algum problema com o computador é possível que você perca todos os dados dos seus paciente.

Dessa forma, como muitas empresas, as clínicas começaram a migrar para um novo modelo de entrega de software, o chamado SaaS.

SaaS é a sigla em inglês para Software como Serviço, e seu modelo de precificação nada mais é que pagar por mês pela utilização de um serviço. Assim como a Netflix, Spotify, Linkedin e o iClinic.

Por essa razão, levar em conta apenas o preço do software médico não faz mais sentido diante da incomparável capacidade de entrega e eficiência que os serviços por assinatura oferecem.

Quanto às práticas de precificação, elas variam de empresa para empresa. Algumas cobram uma taxa fixa para acesso ilimitado a alguns ou todos os recursos do aplicativo, enquanto outros cobram taxas variáveis que são baseadas no uso do software médico.

Outra consideração importante é que com o SaaS não são mais necessários os contratos de manutenção.

O usuário passa apenas a usar o software, sem se preocupar com as atividades de instalação, manutenção e upgrades.

preço software medico

E como o sistema é acessado pela web, a tecnologia vai permitir utilizar o software médico em qualquer lugar e a qualquer momento, sem depender de um computador específico em que o software teria sido instalado, como no caso do modelo antigo.

Nessa hora faz bem investir tempo para pesquisar a melhor solução, ou seja, que vá atender às necessidades do seu consultório.

Já adiantamos aqui: escolha o software que possua uma equipe sempre disponível para te ajudar através de variados canais de atendimento. E lembre-se de buscar informações nas redes sociais da empresa e analisar o Reclame Aqui, já que são fontes relevantes de dados sobre o sistema.

O que considerar na hora de escolher um software médico?

O mercado atualmente possui uma grande quantidade de softwares médicos. Esse número elevado pode gerar dúvidas quanto ao que precisa ser levado em consideração no momento de escolher o melhor sistema para a sua clínica.

Pensando nisso, listamos tudo que um software médico na nuvem traz de inovador aliado ao benefício e segurança:

  1. Não exige que a clínica crie uma estrutura e capacite os profissionais para manter o sistema funcionando, permitindo que ela se foque no seu negócio;

  2. Permite uma implantação gradual, podendo começar com poucos usuários e funcionalidades e expandir conforme tiver um retorno positivo do seu investimento, reduzindo os riscos e o tempo para o retorno do valor investido.

  3. Permite aumentar ou reduzir o número de usuários quando quiser ao longo do tempo, de acordo com as necessidades da clínica. Além de poder cancelar a assinatura quando quiser;

  4. A implantação pode ser feita com pouca ou nenhuma dependência das equipes de TI, sem disputar com outros sistemas instalados na infraestrutura da clínica.

  5. Simplificação do gerenciamento e customização, como permissões de acesso para cada usuário, configuração de agenda conforme for necessário e quando quiser, customização de prontuário, gerar relatórios financeiros, etc. Tudo isso diretamente no software médico, sem precisar acionar equipe de manutenção ou agendar visitas para configuração.

  6. O processo de implementação é acelerado, pois uma série de atividades que não agregam valor como instalações, testes e configurações, simplesmente deixam de ser necessárias.

  7. Acesso às novas funcionalidades de forma rápida e sem custo adicional por instalar uma nova versão. As atualizações de funcionalidades são feitas de forma automática, no tempo correto e igual para todos os assinantes. Esse é um ponto importante, pois muitas empresas acabam não atualizando suas versões de software e o cliente acaba não obtendo as vantagens de uma nova funcionalidade, devido ao custoso processo de atualização imposto pelo modelo tradicional.

  8. Possibilidade de acesso ao aplicativo em qualquer lugar. Não somente em qualquer lugar, mas a qualquer momento, desde que esteja disponível o acesso à internet.

  9. Possibilidade de pagar desde contas mais básicas até as mais completas. Com essa possibilidade, o cliente pode escolher adicionar funcionalidades ou aumentar o desempenho através de upgrades práticos sem necessidade de assinar contratos de fidelidade.

  10. Redução das necessidades de hardware. No modelo antigo, o usuário precisa ter uma cópia do software e sua respectiva licença de uso no seu computador ou notebook. Além disso, se ele levar trabalho para casa e tiver que usar outro computador, como o seu PC doméstico, terá que comprar uma segunda licença. No modelo SaaS, o software pode ser acessado de qualquer computador sem custos adicionais, basta estar conectado com a internet.

E não poderáimos finalizar sem antes expor um critério realmente fundamental na escolha do seu software médico: a Segurança dos dados do paciente.

O Modelo de pagamento por assinatura de um serviço utiliza a tecnologia em nuvem. Você sabe o que isso quer dizer?

Para quem quer maior segurança das informações de seus pacientes, quer dizer que a tecnologia em nuvem chegou para ajudar! E agora é o momento certo para pensar em migrar para um software médico online.

São muitas medidas de segurança que a tecnologia em nuvem utiliza para manter os dados salvos e seguros. Clique aqui e baixe nosso Conteúdo VIP “A Segurança dos dados no iClinic” gratuitamente!

Por fim, para te ajudar na tarefa de escolher um software médico que vai, definitivamente, suprir as suas necessidades na clínica, nós elaboramos uma planilha gratuita que te ajuda a comparar todas as opções de software médico no mercado. Baixe gratuitamente:

Planilha de Comparação de Softwares Médicos

Veja também:

Casos de Sucesso ... Mar 20, 2018

Como o Espaço Médico Descomplicado realiza atendimento humanizado através da tecnologia

Conteúdo Vip ... Dec 20, 2016

Materiais Educativos iClinic

Produtividade ... Feb 23, 2016

10 dicas para organizar a agenda do consultório

Veja também:

Casos de Sucesso ... Mar 20, 2018

Como o Espaço Médico Descomplicado realiza atendimento humanizado através da tecnologia

Conteúdo Vip ... Dec 20, 2016

Materiais Educativos iClinic

Produtividade ... Feb 23, 2016

10 dicas para organizar a agenda do consultório

comments powered by Disqus