Antecipação de recebíveis: como utilizar para a sua clínica?

Antecipação de recebíveis: como utilizar para a sua clínica?

Yasmim Mayumi Rafael Coda Gestão da Clínica

Leia em 7 min.

Última atualização em 16/05/2022 por Yasmim Mayumi

A antecipação de recebíveis permite que você receba pagamentos que só cairiam em 30 ou 90 dias, como no caso de planos de saúde ou pagamentos parcelados, muito comuns em clínicas.

Segundo uma pesquisa do Conselho Federal de Medicina, um consultório costuma atender 8 planos de saúde. As operadoras costumam levar até 90 dias para pagar pelos serviços prestados.

Essa demora para receber torna a gestão financeira de uma clínica extremamente complicada, sem contar os casos de glosas, as quais você pode não receber ou ser pago apenas uma parte do combinado.

Ou seja, ao atender por plano de saúde, talvez você só receba o pagamento pela consulta após 90 dias.

Sem contar que os médicos não costumam ter tempo sobrando, ou especialização em gestão financeira. Como gerenciar vários pagamentos em datas diferentes e com esses prazos?

A antecipação de pagamentos soluciona esse problema e faz com que você esteja no controle das suas finanças. 

Neste artigo você vai aprender:

O que é antecipação de recebíveis?

A antecipação de recebíveis é a possibilidade de transformar pagamentos futuros em crédito à vista. Você recebe um pagamento que já é seu e consegue um maior controle das finanças.

Ao ficar preso no processo de pagamento das operadoras de saúde, você não tem previsibilidade sobre o quanto você tem para receber e não consegue usar seu capital de giro de forma inteligente.

O capital de giro é todo orçamento financeiro que você usa para manter seu negócio funcionando ao longo do tempo.

Como planejar investimentos, compras de materiais e treinamento de funcionários se você não sabe quanto vai receber?

Infelizmente muitos médicos empreendedores acabam realizando empréstimos ou tirando dinheiro do próprio bolso para colocar no caixa da clínica.

Com a antecipação de recebíveis, você não precisa entrar no cheque especial, que tem as taxas de juros mais caras do mercado ou pegar algum empréstimo e se endividar.

Ainda conhecia o conceito de capital de giro? Baixe gratuitamente nosso material para aprender mais:

eBook Grátis: Aprenda de maneira simples o que é e como calcular o capital de giro da sua clínica!. Clique aqui!

Qual a diferença entre antecipação de recebíveis e empréstimo?

Um empréstimo ocorre quando um banco empresta um dinheiro que não é seu. Você precisa devolver esse dinheiro com taxas altas de juros, geralmente acima do dobro do valor retirado inicialmente.

Você pode quitar o empréstimo de uma vez ou pagá-lo em várias parcelas.

A antecipação de recebíveis simplesmente adianta um dinheiro que já é seu. É como se o banco “comprasse” os seus recebíveis, mas paga por eles um valor menor que o nominal (valor declarado).

Digamos que você tem a oportunidade de uma compra de material com 10% de desconto no pagamento à vista, mas não tem o dinheiro imediato para pagamento. 

Você pode antecipar seu recebimento a um custo de aproximadamente 2% e ter um ganho financeiro de 8% apenas na compra desse material.

Entre antecipar pagamentos futuros e pedir empréstimos, a primeira opção é a mais indicada, porque representa menor custo financeiro para a clínica.

Além disso, como o valor para pagar um empréstimo não existe e precisa ser gerado, é uma preocupação imensa para uma clínica que não tem alta estabilidade financeira.

Como funciona a antecipação de recebíveis?

1. Envio das guias para os planos de saúde

Se você trabalha com convênios, já sabe que precisa enviar as guias de consultas no padrão TISS em lotes para as operadoras. É essencial que não haja nenhum erro para evitar as glosas.

Caso qualquer mínima falha no processo ocorra, como erro de digitação do número da carteirinha do paciente, você pode não receber pelo serviço que já prestou.

O ideal é contar com um software médico que gere essas guias automaticamente no padrão TISS. Assim, você automatiza essa atividade e evita perdas financeiras.

2. Análise da operadora de saúde (hiato)

Após a geração dos lotes e envio para o convênio, há o fechamento do lote, que é a geração do extrato de atendimento sem possibilidade de alteração.

Depois, entre o hiato, o período de análise da operadora de saúde

No processo tradicional, os planos de saúde levam de 45 a 60 dias para efetuar o pagamento, e como o faturamento é enviado no final do mês vigente ou início do próximo mês, alguns recebíveis demoram 90 dias.

Entretanto, a antecipação muda completamente esse cenário. Entenda melhor no próximo tópico!

Aprenda mais sobre como melhorar suas finanças no nosso vídeo:

3. Antecipação dos recebíveis confirmados pelos planos de saúde

A partir dos dados de cadastro dos convênios que você registra em uma solução financeira, a plataforma consegue mapear a quantidade de recebíveis que você possui.

Uma solução de qualidade utiliza um algoritmo que identifica o valor que você deve receber, com uma margem de erro para possíveis glosas.

Dessa forma, é possível receber em 24 horas o que demoraria meses para cair no seu caixa. Você assume o comando e escolhe quando quer receber.

4. Envio do restante dos recebíveis, caso exista 

Caso a margem de erro para glosas não aconteça e você receba o valor integral, esse dinheiro entrará normalmente no seu fluxo de caixa após o período de espera padrão do plano de saúde.

Antecipação de recebíveis no iClinic Pay

Agora que você entendeu como a antecipação funciona, é preciso entender como uma solução exclusiva consegue te ajudar nesse processo.

O iClinic Pay é a solução financeira completa para clínicas. Diferente de sistemas genéricos, a plataforma foi criada por médicos e conhece seus desafios na gestão financeira.

Entre suas principais soluções, podemos destacar:

  • Maquininha de cartão de débito e crédito com pagamento via PIX e aproximação
  • Pagamento online para os pacientes de qualquer lugar (pode ser enviado por WhatsApp)
  • Antecipação de pagamentos por planos de saúde ou de consultas particulares (você recebe seus recebíveis dos planos de saúde em 24 horas, mesmo não sendo dia útil)
  • Simulador de vendas que mostra o preço ideal para suas consultas
  • Histórico de transações e relatório de recebíveis

Além de todas essas ferramentas, o iClinic Pay é completamente integrado ao software médico iClinic, que possui outras funcionalidades voltadas para atendimento e gestão da clínica.

Conheça mais sobre o iClinic Pay:

iClinic Pay: o meio de pagamento feito para a sua clínica!

5 dicas para antecipar recebíveis na clínica

1. Faça um planejamento financeiro

Qualquer atividade que impacte suas finanças deve ser considerada no seu planejamento financeiro.

Quando você abriu sua clínica, houve todo um planejamento que possibilitou o sucesso da abertura, não é mesmo?

Você pensou no local, na decoração, no nome, qual perfil de paciente seria atendido, a melhor forma de divulgar o estabelecimento, quantos funcionários seriam necessários, entre outras questões.

As finanças também exigem um planejamento, porque são elas que fazem sua clínica funcionar.

Você precisa pensar em questões como:

  • Qual é o fluxo de caixa que devo ter para não ficar no vermelho?
  • Qual é a porcentagem de lucro que desejo ter com as consultas?
  • Como vou usar o capital de giro para realizar os melhores investimentos?
  • Qual o orçamento que será destinado para o marketing médico?
  • Como controlar os pagamentos parcelados e de planos de saúde?

Quando você decide antecipar pagamentos, é preciso deixar bem registrado para que você não espere um recebível que já está no seu caixa.

Por isso, é indicado que você tenha um sistema médico com gestão financeira.

2. Registre diariamente seu fluxo de caixa

O fluxo de caixa é uma atividade diária que deve ser feita sempre que há uma entrada ou saída financeira.

Se você deixa para fazer depois de uma semana ou um mês, toda a previsibilidade financeira que a clínica poderia conquistar é completamente perdida.

Além disso, há mais chances de cometer erros, como esquecer de registrar um pagamento para um fornecedor.

Com o fluxo de caixa atualizado, você pode entender se o caixa da clínica entrará no vermelho em algum mês e resolver o problema – antes dele acontecer – com a antecipação de recebíveis.

Aprenda a fazer seu fluxo de caixa no nosso vídeo:

3. Estude sobre finanças na área da saúde

Soluções financeiras e ferramentas de gestão são essenciais para que você tenha uma gestão de excelência na clínica, mas é essencial que você também busque conhecer o básico de finanças.

Como gestor da sua empresa, é necessário entender sobre planejamento tributário, investimento, mesmo que você não seja a pessoa encarregada de cuidar desses processos. 

O motivo é que você pelo menos saberá o que está acontecendo e conseguirá intervir com conselhos, orientações e até mesmo sinalização de melhorias.

Realize um curso de finanças para médicos, isso vai te ajudar não apenas na clínica, mas na sua vida pessoal com suas próprias finanças.

4. Conte com a ajuda de especialistas

O ideal é que atividades como imposto de renda, planejamento financeiro e investimentos sejam realizados por um contador especializado na área da saúde.

Além desse profissional realizar as tarefas com mais agilidade, ele também não cometerá erros comuns, já que possui experiência na área.

5. Centralize suas soluções financeiras em um único sistema

Uma clínica que possui ferramentas descentralizadas perde tempo e dinheiro com processos mecânicos, repetitivos e falhos.

Ao invés de ter uma planilha para o fluxo de caixa, um livro caixa no papel e uma sala de arquivos para os prontuários, prefira ter tudo em uma única plataforma.

Assim, você conseguirá gerar relatórios com informações valiosas, como:

  • Perfil de paciente mais atendido pela clínica;
  • Características dos pacientes que mais realizam procedimento;
  • Convênio que traz mais lucro;
  • Relação entre receita e procedimento;
  • Pacientes que mais faltam;
  • Total de atendimentos realizados em determinado período;
  • Relatórios completos de pagamentos;
  • Análise de despesas e receitas;
  • Fluxo de caixa;
  • Repasse por profissionais.

Neste artigo você aprendeu o que é antecipação de recebíveis, como funciona e como implementar na clínica. Espero que tenha sido útil!

Vai começar a procurar uma plataforma que centralize todas as soluções necessárias para sua clínica?

Baixe gratuitamente nossa planilha para comparar os softwares médicos durante suas pesquisas:

Planilha de Comparação de Softwares Médicos

Sobre o autor

Yasmim Mayumi

Especialista em Marketing de Conteúdo e produtora de conteúdo na iClinic. Graduanda em Letras - Licenciatura em Inglês e Português na Barão de Mauá em Ribeirão Preto.

Sobre o revisor

Rafael Coda

CEO e co-fundador da Medicinae Solutions, soluções financeiras médicas para a área da saúde, e líder da tribo fintech da iClinic, focada em soluções inovadoras para médicos de clínicas e consultórios.