Administração e Gestão

Sinalização para Clínicas: o que é e qual a sua importância

Abrir uma clínica não é uma tarefa fácil, pois exige a realização de diversas atividades para que os resultados sejam os mais prósperos possíveis.

Na maioria das vezes, os profissionais quando abrem seu consultório ou clínica contam com uma assessoria na decoração, na arquitetura ou na criação da identidade visual (marca, cores institucionais, impressos, uniformes, etc.).

Mas quase sempre se “esquecem” ou desconhecem de um serviço super importante que é a sinalização da clínica.

Sinalizar não é simplesmente colocar placas no local: a sinalização tem que estar adequada ao ambiente, às funções e às necessidades do profissional de saúde.

Existem profissionais, em geral designers, com especialização nesse tipo de projeto que é o Design de Sinalização. Eles podem orientar a melhor forma de sinalizar o ambiente para que o cliente se sinta seguro e confortável para circular e ter a percepção de bem estar no espaço.

Legibilidade, contraste, conhecimento de materiais e de produção são alguns dos requisitos que um designer de sinalização considera no seu projeto. Seja uma placa indicativa ou um sistema complexo, os parâmetros são sempre os de melhor eficiência visual e conforto.

Quer saber mais sobre a sinalização nas clínicas e como fazer a melhor escolha? Continue com a gente nesse artigo.

Esteja presente no momento certo

Além da função básica de identificar os diferentes locais na clínica, a sinalização também tem uma função muito importante que é a de reforçar a identidade visual da clínica através dos elementos gráficos da marca como cores e tipografia.

É importante enfatizar que uma clínica ou consultório que se preocupa com a sinalização passa aos seus pacientes uma visão maior de organização, eficiência e credibilidade. Dessa forma, existe uma possibilidade maior de aumentar a satisfação dos pacientes na clínica.

A sinalização pode ser usada para diversas funções. Quer saber todas as opções e funções da sinalização para clínicas? Continue a leitura do artigo.

1. Identificação:

Como o próprio nome já menciona, esse tipo de sinalização irá mostrar os tipos de serviços realizados, os profissionais e suas especialidades. O seu maior objetivo é facilitar ainda mais a clareza e a informação para os pacientes que serão atendidos pela clínica ou consultório.

Em relação a esse tipo de sinalização existem algumas subdivisões:

a) Placas de Identificação:
Elas estão presentes na entrada da clínica ou consultório, e representa o cartão de visita do profissional. Podem conter o logo, o nome dos profissionais e suas especialidades.

Aqui é importante que a sua elaboração esteja de acordo com a identidade visual da empresa, proporcionando maior reconhecimento dos pacientes quanto ao branding de sua clínica.

b) Placas de Sala
Esse tipo de sinalização irá indicar os tipos de serviços oferecidos. Por exemplo: consultório 1, drenagem linfática, sala de reunião, etc.

As placas de sala facilitam a orientação dos pacientes quanto aos locais de procedimentos e para onde eles devem se direcionar para realizar algum tipo de atendimento.

c) Placas de Serviço
As placas de serviço são aquelas que podem apresentar pictogramas, desenhos estilizados de reconhecimento imediato e universal. São chamadas também de placas de glifos, por exemplo: banheiros para pessoas com necessidades especiais, copa, refeitório, etc.

Assim como as placas de sala, esse tipo de sinalização facilita a locomoção e orientação dos pacientes quanto aos locais em que eles podem se direcionar dentro da sua clínica ou consultório.

sinalizacao-para-clinicas

2. Orientação:

Esse tipo de sinalização tem como maior objetivo auxiliar o paciente. Esse tipo de orientação pode ser tanto em relação aos percursos que ele deve realizar para encontrar mais facilmente o ponto de atendimento, como também um quadro com todos os tipos de serviços realizados em determinado andar.

a) Placas Direcionais
Indicando os fluxos e percursos para que o cliente possa se deslocar em segurança.

b) Quadros Gerais
Listando todos os serviços daquele espaço, podem estar presentes dentro de elevadores e no hall de elevadores de cada andar.

3. Instrução:

As placas de instrução são aquelas que apresentam avisos, horários de funcionamento, normas comportamentais e educativas. Por exemplo: mantenha o banheiro limpo, apague a luz, verifique se a torneira está bem fechada, acesso restrito, não usar o celular, senha de wifi, etc.

Esse tipo de sinalização auxilia na manutenção da clínica, de modo a manter o ambiente limpo, organizado, com uma comunicação clara e eficiente.

4. Proteção:

Manter a segurança tanto dos profissionais quanto dos pacientes é uma das maiores responsabilidades dos administradores da clínica. Portanto as placas de segurança são extremamente importantes, e elas podem ser:

  • placas de segurança, emergência, de avisos, escape, rota de fuga, elevadores;
  • placas para áreas restritas como raios-X, uso de equipamentos, áreas de risco, placas de precaução, etc;
  • placas com a função de evitar acidentes, como placas de puxe/empurre e faixas de segurança que podem conter a marca da clínica.

5. Regulamentação:

Existem ainda determinadas placas que são obrigatórias e, caso não estejam presentes, podem ocasionar multas e sanções em vistorias dos órgãos fiscalizadores municipais, estaduais e federais.

Existem no mercado algumas empresas que realizam esse tipo de sinalização, pois abrir uma clínica não é uma tarefa tão simples. Dessa forma, elas ficam encarregadas de melhorar a organização e a visibilidade da sua clínica ou consultório da melhor forma possível.

Colocar-se no lugar do paciente e entender o que ele precisa é o primeiro passo para tornar o ambiente receptivo e acolhedor.

E você está usando todos esses recursos na sua clínica? Conta aqui para a gente, sua opinião é muito importante!

Está montando o seu consultório e quer saber como realizar o melhor planejamento para obter ainda mais sucesso? Baixe gratuitamente o nosso Guia Definitivo de Como Montar seu Consultório:

eBook Grátis: Com o Guia Definitivo você vai aprender como Planejar e Organizar bem as suas ideias para tirar do papel o sonho de possuir seu local próprio de trabalho. Clique aqui e baixe agora!

Sobre o autor:
Ana Lucia Velho é designer de produto com mestrado em Design de Sinalização. Desenvolveu diversos projetos na área de Design Gráfico Ambiental e atualmente é Sócia - Diretora da empresa Placateria.com.

Veja também:

Casos de Sucesso ... Mar 20, 2018

Como o Espaço Médico Descomplicado realiza atendimento humanizado através da tecnologia

Conteúdo Vip ... Dec 20, 2016

Materiais Educativos iClinic

Produtividade ... Feb 23, 2016

10 dicas para organizar a agenda do consultório

Veja também:

Casos de Sucesso ... Mar 20, 2018

Como o Espaço Médico Descomplicado realiza atendimento humanizado através da tecnologia

Conteúdo Vip ... Dec 20, 2016

Materiais Educativos iClinic

Produtividade ... Feb 23, 2016

10 dicas para organizar a agenda do consultório

comments powered by Disqus