Ícone do site Blog iClinic – Dicas para gestão de clínicas e consultórios!

Investimentos para Médicos: como investir bem o seu dinheiro

Investimentos para Médicos: como multiplicar seus recursos
Leia em 10 min.

O processo de investimentos para médicos não exige, necessariamente, uma alta quantidade de dinheiro. É possível ter bons retornos com investimentos seguros que vão impactar positivamente no seu negócio.

Um investimento é todo o processo de aplicar dinheiro para conseguir uma melhora no futuro, como equipamentos mais eficientes que não irão consumir tanta energia do consultório, ou aplicações na bolsa de valores.

A maior parte da população ainda guarda dinheiro para o futuro, deixando ele parado sem nenhuma função, ao invés de utilizá-lo para obter mais renda. 

A melhor forma de acumular dinheiro é investindo, e não poupando. Se você deseja conquistar independência financeira sem precisar trabalhar excessivamente, é hora de começar a investir.

Neste artigo você vai aprender:

Você também pode escutar o áudio deste conteúdo clicando no player abaixo.

Investimento para médicos: por que ele é importante?

Talvez você não conheça alguém que realize investimentos, ou não tenha conhecimentos aprofundados em finanças, principalmente em assuntos como bolsa de valores, ações ou tesouro direto.

Porém, cada vez mais os profissionais de saúde se tornam empoderados em gestão financeira, e buscam aumentar os resultados do consultório, para conseguirem cuidar de seus pacientes com ainda mais qualidade.

Antes de tudo, você precisa saber que para começar a investir não é necessário ser um especialista. Neste artigo, você entenderá mais sobre a importância do investimento, e como começar essa jornada.

Normalmente, quando perguntamos sobre o motivo do investimento, as respostas giram em torno de acumular dinheiro para aposentadoria, ou para potencializarem seus negócios.

Apesar da medicina ser uma profissão renomada e considerada uma das mais rentáveis do país, os profissionais de saúde sabem que diploma na área não é garantia de equilíbrio financeiro.

Assim como em qualquer área de atuação, os médicos precisam manter a organização das receitas e despesas, estabelecer objetivos e metas, e criar uma agenda de investimentos frequentes para realização de seus objetivos.

Buscar essa organização financeira tanto na empresa, com o uso de softwares de gestão, como na vida pessoal, é fundamental para iniciar uma caminhada de sucesso financeiro.

Muitos médicos vivem hoje o que os especialistas em finanças chamam de bolha orçamentária: consultórios com excelentes rendas, mas com enormes despesas, muitas vezes desalinhadas com os seus objetivos.

Poucos conhecem a força que tem os juros compostos ao longo prazo, e a diferença que existe entre começar a investir hoje, e deixar para investir amanhã.

Para te ajudar a visualizar os benefícios do investimento, elaboramos uma simulação que compara investimentos em diferentes prazos e rentabilidades.

Educação financeira realmente pode fazer uma enorme diferença na vida dos médicos. Veja:

A tabela acima deixa clara a importância do tempo e da rentabilidade dos investimentos quando falamos de formação de patrimônio, especialmente, quando o assunto é independência financeira.

Muitos profissionais deixam de lado o investimento porque acreditam que suas economias não são suficientes. 

Porém, é possível realizar investimento até mesmo com 100 reais, e como vimos na tabela, o fundamental é a periodicidade do investimento que você está realizando.

Com um investimento eficiente, você pode alcançar uma vida financeira muito mais plena e direcionada. Para te ajudar nessa jornada, separamos 10 dicas que irão nortear o início dos seus investimentos. Aproveite o conteúdo!

10 dicas de investimento para médicos

O início do processo de investimento pode ser nebuloso para quem não tem contato com o mercado de finanças, mas existem algumas dicas práticas que podem clarear seus próximos passos. 

Veja a seguir como conquistar mais segurança nas suas tomadas de decisões. 😉

1. Estude sobre investimento para médicos

Dedicação nos estudos é um hábito que você, com certeza, já tem, e assim como na vida acadêmica, a área de investimento também exige um conhecimento mínimo para que você tome boas decisões. 

Existem diversos tipos de investimento, como tesouro direto, LCI e LCA, bolsa de valores, CDB e muitos outros. Cada um possui seus benefícios e riscos, por isso, é fundamental entender seu funcionamento.

Ao ter um conhecimento mais aprofundado sobre os investimentos, você poderá utilizar essa renda extra para áreas importantes da sua vida, como a reserva financeira.

Uma reserva financeira (dinheiro que não é usado com exceção de casos especiais) te dá segurança para tempos de crise, como uma pandemia, e também pode ser utilizado para sua aposentadoria.

2. Estabeleça seus objetivos 

Para criar objetivos da melhor forma, muitos especialistas em planejamento estratégico se orientam através da técnica SMART, que consiste em 5 critérios:

Definindo um objetivo desta forma, fica mais fácil de planejar o quanto investir por mês, qual rentabilidade será requerida, qual o grau de prioridade do objetivo e se é possível alcançá-lo de acordo com as suas necessidades e expectativas.

3. Reflita sobre seu perfil de investidor

Cada profissional de saúde tem um perfil de investidor. É possível apontar 3 principais tipos:

O seu perfil pode variar de acordo com o tempo. No começo seu perfil poderá ser  conservador, enquanto daqui alguns anos, investimentos mais radicais se tornam mais atraentes para seus objetivos. 

4. Mantenha uma frequência de investimento

Esse tópico já foi enfatizado durante o conteúdo, porém é fundamental que você entenda sua importância. 

A verdade é que investindo todo mês ou semana, mesmo que a quantia não seja alta, as chances de ter uma boa rentabilidade são altíssimas. Lembre-se que a constância no investimento é um fator decisivo.

Uma dica básica que você irá escutar durante seus estudos, é determinar uma quantia exclusiva para suas aplicações. Assim, mesmo que seja apenas 10% do seu rendimento, você garante que não deixará essa atividade de lado.

5. Fique sempre atualizado com as mudanças do mercado

Da mesma forma que a área da saúde está em constante inovação, o mercado de investimentos pode mudar drasticamente de um minuto para o outro.

Por isso, é essencial que você acompanhe com frequências as mudanças do mercado, para identificar boas oportunidades e diminuir os riscos dos seus investimentos.

Existem muitos consultores que podem te ajudar a se manter atualizado neste mercado, e até mesmo auxiliar na gestão financeira do seu consultório. 

Na página de parceiros da iClinic você pode encontrar ótimos especialistas em finanças, como:

6. Defina como vai usar os investimentos

Conseguir mais rentabilidade sempre é uma vantagem, não concorda? Mesmo que você ainda não tenha decidido o que fazer com sua renda de investimento, você pode guardá-la para projetos importantes, como:

Essas reservas são apenas alguns exemplos práticos de como você pode utilizar o dinheiro obtido em seus investimentos.

A verdade é que com uma renda extra, você terá mais oportunidades de crescer profissionalmente, seja por meio de um curso profissionalizante ou a abertura de um consultório.

Se você ainda não possui um lucro mínimo para começar a investir, acesse nosso conteúdo VIP e diminua os custos do seu consultório para obter ainda mais oportunidades de crescimento:

7. Mantenha 3 princípios em mente

Independentemente de como você decida usar seus investimentos, é preciso ter sempre essas 3 boas práticas em mente:

8. Conheça os principais tipos de investimento

Você sabia que o rendimento da poupança perde para a inflação em algumas ocasiões? Isso significa que você perde poder de compra, algo que definitivamente não é muito vantajoso. 

Existem diversos investimentos, melhores que a poupança, que você pode aplicar em suas economias. Vamos listar 4 principais investimentos de renda fixa (rendas mais estáveis e seguras) para te ajudar:

Quer saber mais? Baixe nosso simulador de impostos gratuito para te auxiliar na escolha do investimento ideal para seus objetivos:

Para investidores que desejam maior rentabilidade e já possuem segurança para investir em aplicações com maiores riscos, existem 4 principais tipos de investimento de renda variável (retornos não previsíveis):

É claro, há muitos outros tipos de investimento no mercado. Porém, para quem está começando nessa jornada, esses são os mais recomendados, pensando em questões como riscos e complexidade. 

9. Conheça os riscos envolvidos

Todos sabem que, normalmente, investir envolve riscos. Mas você consegue dizer exatamente quais são eles?

Apesar de alguns investimentos possuírem garantia e serem, de fato, mais seguros, é importantíssimo acompanhar todos esses riscos para evitar problemas futuros. 

10. Estude com ferramentas e planilhas gratuitas

Baixe gratuitamente nosso eBook que traz diversas ferramentas e planilhas gratuitas para te ajudar na sua jornada de investimentos, como a calculadora de objetivo financeiro e ferramenta de comparação de fundos.

No total, existem 7 recursos gratuitos ao final do eBook, além de materiais complementares para que você continue os estudos em aplicações financeiras.

Neste artigo você aprendeu o que é investimento para médicos, qual sua importância para ter mais conforto, estabilidade e bens, além de dicas para começar. Espero que tenha gostado. 🙂

Inscreva-se na nossa newsletter para receber mais conteúdos, e caso tenha ficado alguma dúvida, deixe aqui embaixo nos comentários!

Gostou deste conteúdo?

Junte-se a mais de 70 mil profissionais de saúde e não perca eBooks, planilhas, dicas e guias exclusivos que vão ajudar na gestão da sua clínica.

Quero receber conteúdos
Sair da versão mobile