aplicativos de saude

Veja como a tecnologia móvel facilita o dia a dia dos médicos

Dispositivos móveis não são mais apenas uma tendência, mas uma realidade. O crescimento do uso da tecnologia se consolida ano após ano em todo o mundo.

Segundo a Pesquisa Anual de Administração e Uso de Tecnologia da Informação, feita pela FGV, atualmente já exitem mais smartphones do que notebooks no Brasil.

Outro dado impressionante dessa pesquisa é quantidade de smartphones no Brasil. Em maio de 2016 eram 168 milhões de aparelhos, uma alta de 9% em comparação com o ano anterior.

A expectativa é que esse número chegue  236 milhões até 2018.

Outra previsão da FGV é que, até 2018, existirão dois dispositivos portáteis por pessoa no Brasil, contando notebooks, tablets e celulares. Atualmente, esse tipo de aparelho já soma 244 milhões de unidades em todo o país.

Tecnologia móvel facilita o dia a dia dos médicos

É claro que, com esse avanço da tecnologia mobile na sociedade, o uso de dispositivos móveis por médicos também cresce rapidamente.

Seja para melhorar a assistência ao paciente, seja para economizar tempo e aumentar a eficiência das rotinas administrativas, os smartphones e tablets — úteis tanto pessoal quanto profissionalmente — têm permitido que os médicos tenham à sua disposição um dispositivo com a utilidade do telefone celular e a capacidade de concentrar inúmeras funcionalidades.

A variedade de aplicativos e o surgimento de novas funcionalidades
também são alguns atrativos para implementar essa tecnologia no cotidiano.

Por exemplo, uma pesquisa feita nos Estados Unidos mostra que 80% dos médicos usam seus próprios smartphones durante o dia de trabalho e 75% deles usam um tablet para questões relacionadas à saúde dos pacientes. Esses dados dão uma noção ainda mais clara do impacto que os dispositivos móveis e os aplicativos de saúde têm causado em suas rotinas.

Veja como a tecnologia móvel facilita o dia a dia dos médicos:

Tecnologia móvel facilita o dia a dia dos médicos

Tablets

Segundo uma pesquisa feita pela consultoria PWC, médicos têm 250% mais probabilidade de comprar um tablet do que outros consumidores.

Entre os médicos que já utilizam um tablet em sua prática médica, mais da metade deles acredita que essa ferramenta agiliza sua tomadas de decisão e 40% afirmam ter diminuído o tempo despendido em rotinas administrativas.

Adoção de smartphone

Nessa mesma pesquisa, 85% dos entrevistados afirmaram ter comprado ou usarem smartphones profissionalmente.

Entre as utilizações para este dispositivo, é possível afirmar o incremento na comunicação online com seus pacientes, já que 39% dos médicos dizem se comunicar com eles através de e-mail, sistemas de mensagens seguras, mensagens instantâneas ou mesmo por videoconferência.

Aliás, essa é uma tendência que tem se provado cada vez mais presente na interação entre profissionais da saúde e pacientes.

Muitos consultórios inclusive têm utilizado smartphones para fazer agendamentos com pacientes por meio de mensagens e também para enviar recados de pós atendimento para os pacientes estão desenvolvendo algum tratamento.

De acordo com os dados da PWC, 86% da comunidade médica — incluindo, além de médicos, enfermeiros — afirma usar diariamente seus smartphones de forma profissional em suas áreas. Isto representa um aumento de 78% em relação à 2012.

redes sociais para medicos e profissionais da saude

Aplicativos

Juntamente com o avanço da tecnologia nos aparelhos como smartphones e tablets, também cresceu o mercado de aplicativos.

Hoje, já existem cerca de 165.000 aplicativos relacionados à saúde disponíveis para download no Google Play e na App Store, as duas maiores lojas de aplicativos online.

Você pode usar essa tecnologia a seu favor e indicar aplicativos para seus pacientes acompanharem sua própria saúde. Assim, eles também se engajam no tratamento e se tornam mais ativos e interessados em melhorar seu quadro de saúde.

Fizemos uma curadoria dos melhores apps, você pode conferir aqui: 11 aplicativos médicos para cuidar da saúde de seus pacientes.

Existem até mesmo aplicativos para gestão de clínicas e consultórios médicos, permitindo que administradores possam gerenciar os processos de seus celulares e profissionais da saúde possam consultar informações sobre os pacientes de onde estivem, com um simples toque.

Relação médico e paciente

Considerando-se números tão expressivos na utilização de dispositivos móveis entre médicos, não espanta que um grande número destes profissionais queira incrementar seu uso e levá-lo para além do consultório.

Segundo a pesquisa da PWC, 88% dos médicos gostariam que seus pacientes monitorassem a saúde em casa, principalmente em relação ao peso, índice de açúcar no sangue e sinais vitais.

O que já é possível hoje em dia com os dispositivos wearable, ou vestíveis, que coletam dados dos pacientes 24 horas por dia e armazenam em aplicativos ou sistemas na nuvem.

Em contrapartida, somente 13% dos pacientes declararam ter acessado, armazenado ou transmitido suas informações de saúde no último ano, ainda que a metade deles declarem interesse em fazê-lo.

A tecnologia dos aplicativos de comunicação também estão transformando a relação entre médicos e pacientes. Outra pesquisa, dessa vez da consultoria britânica Cello Health Insight feita em novembro de 2015 mostra que 87% dos médicos brasileiros usam o Whatsapp para conversar com seus pacientes.

A pesquisa foi feita com mais de mil médicos em oito países (Itália, EUA, China, França, Reino Unido, Brasil, Alemanha e Espanha) e o Brasil ficou em primeiro lugar nesse quesito.

Isso mostra que a tecnologia móvel facilita o dia a dia dos médicos e também dos pacientes. Afinal, qualquer dúvida em relação ao tratamento pode ser sanada em alguns minutos.

Claro, para que essa relação seja proveitosa para os dois lados, é preciso colocar limitações e algumas regras de boa convivência, mas, com certeza, essa interação é muito positiva.

Outra tendência que está modificando a relação médico e paciente são os rankings de médicos e hospitais.

Apesar de ser um tema muito polêmico, muitos pacientes afirmam que gostariam de ter acesso à rankings de qualidade e satisfação, bem como a opiniões de pacientes sobre suas experiências com os profissionais e ambientes hospitalares.

A tecnologia móvel facilita o dia a dia dos médicos e trouxe muitos benefícios para a prática da Medicina. A cada dia novas invenções vão surgir, é preciso estar preparado para se adaptar a dessas demandas e aproveitar o melhor de cada inovação para melhorar seu cotidiano.

Cadastre-se e receba gratuitamente dicas exclusivas de Gestão em Saúde e Tecnologia:

Veja também:

Casos de Sucesso ... Jun 08, 2017

Caso de Sucesso iClinic: Fisioterapeuta Rafael Bugnotto

Conteúdo Vip ... Dec 20, 2016

Todos os materiais educativos iClinic

Para Secretárias ... May 19, 2016

5 coisas que toda recepcionista de consultório precisa saber

Veja também:

Casos de Sucesso ... Jun 08, 2017

Caso de Sucesso iClinic: Fisioterapeuta Rafael Bugnotto

Conteúdo Vip ... Dec 20, 2016

Todos os materiais educativos iClinic

Para Secretárias ... May 19, 2016

5 coisas que toda recepcionista de consultório precisa saber

comments powered by Disqus