Sobre o autor
Michelle Martins

Linguista e especialista em Marketing de Conteúdo na iClinic.

Casos de Sucesso

Caso de Sucesso iClinic: Dr. Celso Bregalda Neves

Decidir pela contratação de um sistema de gestão para clínica pode parecer um desafio para sua clínica e muitas vezes alguns receios como "o que fazer com todas as informações que a clínica já possui armazenada em arquivo físico?" geram ins...

Decidir pela contratação de um sistema de gestão para clínica pode parecer um desafio para sua clínica e muita...

Decidir pela contratação de um sistema de gestão para clínica pode parecer um desafio para sua clínica e muitas vezes alguns receios como "o que fazer com todas as informações que a clínica já possui armazenada em arquivo físico?" geram insegurança na hora da contratação.

Sabemos disso! E para mostrar um exemplo real de como o iClinic conseguiu simplificar e otimizar a gestão de uma clínica de saúde convidamos o Dr. Celso Neves para ser nosso Caso de Sucesso e nos contar nesta entrevista como o iClinic é utilizado e todo o processo de transição do papel para um sistema de gestão online:  

Quais soluções buscava para sua clínica e como foi a escolha pelo iClinic?

Foi quando mudei de endereço, a gente ficava em outro consultório há 11 anos  e o prontuário era papel. Quando mudamos para esse novo, eu já tinha procurado antes na internet por prontuários eletrônicos.

Queria um que fosse compatível, porque uso Mac no computador.  Mas como é na nuvem, não precisei  instalar nada, isso me chamou muito atenção, por ser mais prático. Posso usar também quando estou no hospital.

Fiz a experiência de 14 dias e achei muito fácil de usar, principalmente, porque  dava para manipular bem do jeito que eu precisava o prontuário,  então quando comecei atender no novo endereço,  já comecei com o iClinic.

Antes,  você tinha algum receio com software de gestão?

Não. Na verdade, lá no antigo consultório que eu estava, uma colega comprou um outro sistema de gestão. Eu cheguei a dar uma olhada, mas achava muito complexo, sabe? Pouco funcional, muito pouco intuitivo e achei que ia dificultar. Tanto é que eu nem tentei, continuei fazendo no papel mesmo.

Quando viemos pra cá, eu tinha essa ideia, eu não aguentava mais fazer no papel. Era sempre aquela dificuldade, começou aumentar demais o volume e para arquivar também. A secretária tinha que ficar indo atrás e perdia muito tempo, foi quando comecei a procurar um sistema na  internet.

Como foi a transição do papel para um sistema de gestão?

Foi bem tranquilo, não tivemos problema nenhum: as informações dos pacientes novos a gente já vai colocando, eu editei um campo bem do jeito que eu precisava dentro da minha especialidade e com dados específicos.

Já os pacientes antigos eu faço como se fosse uma ficha resumida nesse prontuário e a ficha prévia eu escaneio e adiciono no programa. Então, não tivemos dificuldade nenhuma.

E eu vou fazendo aos poucos, até porque tem paciente que não volta mais ou que já operou e ficou bem e aí conforme vai voltando eu altero no dia que o paciente vem. A Sandra, minha secretária, me entrega a ficha antiga, eu anoto, escaneio e já arquivo.

Eu resolvi não arquivar tudo porque às vezes perde o sentido, tem que ser conforme vier de retorno e aos poucos, afinal são quase 15 anos!  

A secretária também pode ir escaneando, mas eu mesmo faço isso por que tenho o scanner aqui dentro do consultório, já coloco os dados que eu preciso no campo que eu editei e escaneio a ficha prévia, pronto.

Eu também já montei um método de fazer a evolução do jeito que eu quero, só vou atualizando, fica bem tranquilo mesmo.

Quando você percebeu o benefício do iClinic no seu dia a dia?

Caso de Sucesso

O fato de ter acesso no meu celular. Eu consigo ver prontuário, agenda... Essas coisas. É  bem completo pra mim, consigo acessar a parte de finanças que uso bastante, num instante você já vê quanto que ganhou no mês.

E o SMS também, fiz até aquele upgrade para o plano mais completo para ter o retorno de confirmação. Achei interessante e agilizou muito, a Sandra, minha recepcionista, perdia muito tempo ligando para confirmar consulta.

Principalmente naquela época que era de mudança, já incluir no SMS o endereço novo, entendeu? Assim o paciente já fica registrado, não precisava ficar falando ou pedindo para anotar o endereço.

O que mudou com o uso do iClinic?

Diminuiu o custo com papel e até de impressão. Fica tudo gravado e registrado, se eu precisar de cópia eu faço na hora. Tem a agenda também, fica aberta o tempo todo tanto pra ela quanto pra mim.

Antes não tinha esse controle, a Sandra me passava uma listinha impressa com os pacientes que eu tinha no dia. Agora, as vezes ligam pra cancelar, ela já cancela na hora e eu já vejo isso aqui instantaneamente.

E quanto ao suporte da iClinic?

Não tenho tanto problema para precisar usar o suporte. Acho que só uma vez no começo eu não estava conseguindo adicionar alguma coisa, mas foi imediato, já me responderam.

Possui alguma estratégia de Marketing para divulgação da clínica?

Não possuo assessoria para estratégias de Marketing, mas tenho  um site profissional com informações sobre meu currículo e nele tem os links para algumas aulas que eu dei. É simples, tem endereço, tem informações de algumas doenças específica, então eu divulgo assim. Além do site, tenho uma página no facebook que eu mesmo fiz e algumas entrevistas que eu dava eu coloquei no Youtube, mas nada exagerado.

Como foi a implantação para a sua secretária?

Eu queria o sistema, a princípio. Eu que passei no começo algumas informações básicas pra ela, mas hoje a Sandra indica o iClinic. Inclusive ela recomendou para outro colega nosso daqui, o Dr. Hideki Kanashiro para usar por que ela gostou. Ela pegou muito rápido o jeito de fazer as coisas. Vocês ganharam mais um cliente por causa dela!

Para finalizar nossa entrevista, conversei  com a simpática secretária Sandra, que trabalha há 12 anos com o Dr. Celso Neves,  ela me contou que o sistema só ajudou na rotina corrida da clínica e que foi muito fácil aprender. Nem foi preciso fazer contato com nossa equipe de suporte, segundo ela “foi só fuçar um pouquinho” e logo já estava dando conta de tudo.  Destacou a agenda como a funcionalidade que mais ajuda em seu trabalho e que também consegue acessá-la do celular.

Quer ver todos esses benefícios no seu consultório? Teste gratuitamente o iClinic por 14 dias e veja como um sistema pode transformar a gestão do seu consultório!

Conheça e experimente o iClinic

Sobre a Clínica do  Dr. Celso Neves

Dr. Celso Neves é Angiologista e Cirurgião vascular com clínica em São Paulo, formado pela Faculdade de Medicina da USP.

É Membro Titular da Sociedade Brasileira de Angiologia e Cirurgia Vascular.

Atualmente é Cirurgião Vascular da Disciplina de Cirurgia Vascular do Hospital das Clínicas da Faculdade de Medicina da USP.

Tem experiência na área de Medicina, com ênfase em Cirurgia Vascular, atuando principalmente nos seguintes temas: cirurgia arterial, venosa, endovascular.

Conheça o site.

montar consultorio

Montar consultório: gerencie seu tempo e enxergue os lucros

Saber organizar seu tempo faz parte da rotina de trabalho de uma clínica médica. Pense nisso ao começar o planejamento para montar o consultório médico e não deixe de considerar pelo menos dois fatores cruciais que fazem parte do dia-a-dia...

Saber organizar seu tempo faz parte da rotina de trabalho de uma clínica médica. Pense nisso ao começar o plan...

Saber organizar seu tempo faz parte da rotina de trabalho de uma clínica médica. Pense nisso ao começar o planejamento para montar o consultório médico e não deixe de considerar pelo menos dois fatores cruciais que fazem parte do dia-a-dia de uma clínica: o controle da agenda médica para gerenciar seu tempo e a gestão financeira do consultório para checar se seu investimento está gerando lucros. Veja algumas dicas para colocar em prática no seu novo consultório:

Gerencie seu tempo

Montar consultório: gerencie seu tempo e enxergue os lucros

Chegou o esperado momento de abrir seu próprio consultório? Então você provavelmente já passou ou está passando pela fase de agilizar conta de telefone, convênios, escolha de fornecedores, localização, organizar sua recepção entre outras muitas questões burocráticas que abrir um consultório médico exige.

Agora, pense se desde o começo de seus atendimentos você mantivesse uma agenda de pacientes online e pudesse acessá-la do seu celular, administrar faltas e ainda abrisse mão de muitas fichas em papel. As fichinhas já foram muito utilizadas, mas hoje são pouco eficientes e podem ser reduzidas pelo controle online da sua agenda de pacientes.

Principalmente se no começo da gestão do consultório você não contar com uma recepcionista, o uso de uma agenda online vai organizar melhor seu tempo e te deixar mais tranquilo para se dedicar ao atendimento com o paciente.

Tudo isso porque a agenda online tem recursos como lista de espera, status de todos os agendamentos, agendamento rápido para os horários vagos, armazenamento e busca pelo seus contatos, além de possibilitar o bloqueio de horários que você preferir não marcar pacientes.

Outro recurso que faz muita diferença na hora de evitar faltas, ajustar as remarcações e, claro, na redução do tempo que você gastaria ao telefone é o SMS de confirmação. Os pacientes vão perceber a atenção e a eficiência do seu consultório ao receber uma mensagem lembrando do dia e do horário da consulta.

Imagine ainda que você vai poder checar sua agenda de qualquer lugar quando precisar se ausentar do consultório! Uma excelente maneira de gerenciar seu tempo da melhor forma possível, afinal sua agenda estará disponível online no seu celular, tablet ou computador com toda segurança de um sistema médico na nuvem.

Quer conhecer as funcionalidades de um sistema de gestão para consultórios e otimizar seu tempo gerenciando sua agenda médica?  Teste gratuitamente aqui.

Enxergue seus lucros

Montar consultório: gerencie seu tempo e enxergue os lucros

Abrir um consultório médico é um grande passo na sua carreira e sabemos que se trata de um investimento.

Saber se sua clínica está com a gestão organizada e com o financeiro 100% registrado é fundamental para enxergar com facilidade os custos e lucros que o seu investimento está produzindo.

Não deixe de registrar entradas e saídas de caixa, custos com manutenção e material e, sem dúvida, não deixe de registrar valores recebidos de consultas médicas, tanto as que são particulares quanto aquelas cujo dinheiro vem de convênios médicos.

Tudo pode ser agilizado se você já contratou um sistema de gestão para clínicas e consultórios. Abrir um consultório e formar uma sólida rede de pacientes pode representar o sucesso da sua clínica, mas saber em que melhorar, onde é possível reduzir custos e enxergar, por exemplo, se está valendo a pena manter convênios médicos só é possível com muita organização financeira e relatórios periódicos de como anda as finanças do seu negócio.

O planejamento financeiro é importante também durante o funcionamento do consultório, afinal é sempre bom saber em que se pode investir e deixar a decisão sobre futuras ações mais segura e embasada em dados financeiros que sua clínica já gerou.

eBook gratuito sobre Como Montar Seu Consultório Médico

Se ainda não considerou um sistema de gestão para seu consultório, pense que será possível inserir pontualmente toda receita e toda despesa que seu consultório está gerando e ainda o quanto você recebe de convênio e o quanto de consultas particulares pode ser sinalizado no sistema, facilitando a observação de relatórios sobre  qual tipo de receita dá mais lucro para seu investimento.

Cuidar bem do seu dinheiro mantém a lucratividade da sua clínica. Mais dicas de como se organizar e deixar seu consultório mais lucrativo podem ser conferidas aqui neste ebook.

eBook Gratuito sobre Gestão de Clínicas e Consultórios

Controle Financeiro

Conheça 5 dicas básicas de controle financeiro de clínicas

A saúde financeira da sua clínica impacta no bom atendimento aos pacientes. E o controle financeiro de clínicas pode ser mantido a partir de alguns procedimentos básicos, que exigem dedicação e busca pela perfeição. No post de hoje, elenca...

A saúde financeira da sua clínica impacta no bom atendimento aos pacientes. E o controle financeiro de clínica...

A saúde financeira da sua clínica impacta no bom atendimento aos pacientes. E o controle financeiro de clínicas pode ser mantido a partir de alguns procedimentos básicos, que exigem dedicação e busca pela perfeição.

No post de hoje, elencamos os principais procedimentos a serem tomados para ter um bom gerenciamento das finanças. Continue com a leitura e confira:

1. Registre a movimentação financeira

controle financeiro de clínicas

É fundamental que o fluxo de caixa da clínica seja devidamente registrado. Ou seja, tome nota, em uma planilha organizada, de todas as despesas gastas e de todo o recurso que entra na clínica.

É possível fazer esse controle no próprio Excel ou, para ter ainda menos trabalho e otimizar o armazenamento de dados,  por meio de um software de gestão.

Use a tecnologia a seu favor!

2. Controle as entradas e saídas

Organize os dados de maneira clara e separe o que são recursos a receber e despesas a pagar. Especifique as datas de entrada e saída dos recursos.

Tenha certeza das datas de pagamento e recebimento e evite o atraso nas contas.

Assim você não pagará juros, por exemplo, e vai conseguir manter as finanças da clínica saudáveis.

3. Tenha um fundo de reserva

É preciso sempre estar atento às flutuações da economia, que podem fazer com que, em determinado momento, o fluxo de pacientes seja menor do que em outros, diminuindo substancialmente as receitas da clínica.

Além disso, é sempre possível ser pego pela necessidade de um gasto — para o conserto emergencial de um equipamento, por exemplo —, ou ter que arcar com ajustes de trabalhistas em caso de demissão de funcionários.

Por essas e outras coisas, é fundamental ter um fundo de reserva que possa cobrir esses gastos.

Tente se planejar para alimentar mensalmente esse fundo, com um percentual fixo do lucro da clínica.

4. Separe as contas pessoais das contas da clínica

Cuidado! Uma das principais causas de falência de empresas, principalmente as de pequeno porte, está na mistura das contas pessoais do proprietário com as do seu estabelecimento.

Por isso, evite ao máximo misturar as contas pessoais do dono com as da clínica.

Separe a remuneração do proprietário, que deve cuidar do pagamento das suas despesas, do lucro bruto da clínica, que precisa honrar os seus compromissos.

Lembre-se de que eles são pessoas com responsabilidades contábeis distintas, ainda que relacionadas — um é pessoa física, outro, a jurídica!

5. Planejar sempre!

A partir das suas planilhas de despesas e receitas, faça projeções para períodos preestabelecidos — como trimestres, semestres e anos.

Tenha em mente quais períodos do ano terão maior incidência de gastos. Já deixe os recursos para aquelas despesas separados de antemão ou vá separando recursos para quitá-los.

É possível saber que em dezembro haverá, por exemplo, a chegada da conta do IPTU e o pagamento do 13º salário dos funcionários. Ou seja, lembre-se de que planejamento é fundamental.

Essas dicas vão te ajudar a acertar as  movimentações financeiras essenciais do seu consultório para não perder dinheiro. Mas além desse controle básico,  outros fundamentos para gestão financeira de uma clínica médica devem ser levados em conta  para manter seu negócio sempre organizado e rentável.

Está preocupado com o controle financeiro da sua clínica? Que tal fazer o teste grátis do Módulo Financeiro iClinic?"

Não se esqueça de considerar sempre a dinâmica do seu consultório! Reorganize suas finanças tendo em mente que manter registro dos custos, fluxo de caixa e planejamento são dicas importantes para manter a saúde financeira do seu consultório médico.

modulo financeiro iclinic

fidelização de pacientes

Dicas de como receber pacientes com deficiência no consultório médico

Promover a inclusão de pacientes deficientes em consultórios pode ir além da acessibilidade, pequenos gestos e conhecimento sobre como realizar um atendimento especial e humanizado para essas pessoas ajuda muito a manter a qualidade e o suc...

Promover a inclusão de pacientes deficientes em consultórios pode ir além da acessibilidade, pequenos gestos e...

Promover a inclusão de pacientes deficientes em consultórios pode ir além da acessibilidade, pequenos gestos e conhecimento sobre como realizar um atendimento especial e humanizado para essas pessoas ajuda muito a manter a qualidade e o sucesso do atendimento de uma clínica de saúde desde a recepção até a consulta com o profissional de saúde.

Com 45 milhões de Pessoas com Deficiência (PCDs) no Brasil - de acordo com último censo do IBGE - você em algum momento vai precisar estar preparado para atender pessoas com deficiência. Separamos aqui algumas práticas simples que vão fazer a diferença na vida daqueles que precisam de um acolhimento especial em consultórios e clínicas de saúde.

Deficientes auditivos

Fale claramente, manere na velocidade e não se preocupe com falar alto, pois sons mais agudos são mais difíceis de serem percebidos para quem tem deficiência auditiva. Converse normalmente e com linguagem simples, assim como você costuma fazer com qualquer pessoa.

Os aparelhos auditivos ampliam o som, então se for utilizar algum equipamento com ruído, pergunte antes se ele gostaria de retirá-lo.

Ah! Vale a pena saber que a maior dificuldade de pessoas com deficiência auditiva é a comunicação, por isso, eles se comunicam através de uma outra língua: a Libras.

Você pode aprender, é igual aprender francês, inglês, alemão ou qualquer outro idioma, afinal ela também possui suas estruturas gramaticais próprias.

Evite gesticular exageradamente, por existir diferentes tipos de perda auditiva alguns pacientes podem compreender melhor, fazer leitura labial e falar.

Deficientes visuais

Diferente das pessoas com deficiência auditiva, os cegos podem se comunicar normalmente. Portanto, fale diretamente com ele, o acompanhante apenas auxilia na sua locomoção.

Se apresentar é fundamental no acolhimento desse paciente, fale sempre seu nome, isso vale para o médico e para todos os funcionários da clínica.  

Descreva o lugar e explique o que tiver pela frente e aos lados na recepção e, principalmente,  na sala de atendimento antes do paciente sentar-se na cadeira. Nesse momento, coloque a mão da pessoa cega sobre o braço ou o encosto da cadeira e ela será capaz de sentar com facilidade.

Palavras como “ver”, “olhar” e “assistir” não são um grande problema, não fique constrangido por usá-las, como por exemplo, “Você viu o jornal ontem?”. Outra dica importante é sempre avisá-lo do que se pretende fazer: sair da sala, descer escadas, avisar sobre portas e obstáculos pela frente.

E nunca se esqueça de avisar quando for sair de perto do paciente, não deixe ele falando sozinho!

Caso a pessoa cega esteja acompanhada de seu cão-guia, evite distrair o animal. Esses animais são treinados para guiar o seu dono.

Uma maneira de prestar um atendimento de qualidade na recepção de consultórios é na hora do pagamento descrever quantas e quais notas serão entregues ao paciente e aguardar que ele arrume as notas em sua carteira. Depois entregar as notas seguintes da mesma maneira, se for necessário.

Deficientes físicos

Uma atitude simples é não se apoiar na cadeira de rodas, isso pode causar incômodo para a pessoa com deficiência.

Também não tem problema usar as palavras como “correr” e “andar” naturalmente. As pessoas com deficiência física também utilizam estes termos.

Se estiver acompanhando uma pessoa que ande ou fale devagar, recepcione-a com calma e atenção e sempre procure acompanhar o seu ritmo.

Seja gentil, não movimente a cadeira de rodas sem antes pedir permissão e perguntar como proceder. E caso a conversa seja prolongada, é bom lembrar de sentar-se para que seu olhar e o do paciente fiquem no mesmo nível.

Deficientes Intelectuais

Não tenha receio de orientar uma pessoa com deficiência intelectual caso perceba alguma situação duvidosa ou inadequada. É preciso que você seja claro em suas orientações.

O tempo de aprendizado pode ser diferente para pessoas com deficiência intelectual,  mas jamais subestime sua inteligência.

Uma orientação importante é não incentivar atitudes ou falas infantis e elogios desnecessários no diminutivo. Se for criança, trate como criança, se for adolescente, fale normalmente.

Dicas de como receber pacientes com deficiência no consultório médico

Essas são algumas dicas e conselhos para o atendimento e acolhimento de pessoas com alguma deficiência em consultórios médicos, mas o primordial é exercitar a compreensão, compaixão e paciência, que podem ser mais importantes que qualquer técnica.

Se inteirar sobre o histórico médico do paciente, ajudá-lo a se familiarizar com o ambiente e sempre promover a conversa na primeira consulta é essencial para destacar a sua clínica na recepção e atendimento de pessoas com deficiência.

Conheça o mini curso para recepcionista, já que boa parte do pré atendimento em clínicas e consultórios de saúde é realizado na recepção!

mini curso para recepcionistas gratuito

Administração e Gestão

6 dicas para economizar no consultório

Você já deve ter percebido que, considerando o cenário atual do Brasil, economizar no consultório e minimizar seus custos é muito importante para que seu negócio se mantenha a longo prazo e consiga superar a concorrência. Conseguir economi...

Você já deve ter percebido que, considerando o cenário atual do Brasil, economizar no consultório e minimizar...

Você já deve ter percebido que, considerando o cenário atual do Brasil, economizar no consultório e minimizar seus custos é muito importante para que seu negócio se mantenha a longo prazo e consiga superar a concorrência.

Conseguir economizar de forma constante e não diminuir a qualidade dos seus produtos e serviços pode ser uma tarefa difícil, por isso reunimos diversas práticas que colaboram para melhorar a saúde financeira do seu negócio.

Vamos mostrar algumas delas que podem ser facilmente aplicadas em sua clínica.

Conheça suas finanças

O cuidado que se deve ter com as finanças da sua clínica é então importante quanto o cuidado que você tem com os seus pacientes.

Uma maneira descomplicada para gerir de forma eficaz a saúde financeira da sua clínica ou consultório é através do controle do Fluxo de Caixa.

Através dele você pode identificar de onde está vindo a maior parte das suas receitas e para quais despesas a maior parte da sua renda é direcionada.

Uma ferramenta que, aliada ao fluxo de caixa, pode melhorar ainda mais a gestão financeira da sua clínica, é a emissão de relatórios financeiros. Por que com ele o controle das finanças da sua clínica fica mais claro, você consegue identificar quais custos podem ser reduzidos, qual  período pode ser analisado e a tomada de decisão baseada em relatórios financeiros fica mais segura.  

Fluxo de Caixa para clínicas e consultórios

Papel e impressão

Você provavelmente deve saber que, por exigência legal, os prontuários dos pacientes da sua clínica devem ficar armazenados por um longo período de tempo. Para isso há duas soluções, você pode manter os prontuários impressos ou arquivá-los digitalmente.

A tecnologia de impressão não mudou muito de alguns anos para cá.

Ainda que as impressoras a laser estejam se tornando mais populares, o resultado apresentado por elas nem sempre é dos melhores, já que impressões a laser acabam se desgastando ao longo do tempo e dificultam o armazenamento de materiais impressos por longos períodos, conforme a lei brasileira exige.

Mesmo assim muitos consultórios ainda optam pela impressão à tinta dos prontuários, contabilizando custo com a compra e recarga periódica de cartuchos de tinta, manutenção em impressora e muitas vezes tem a necessidade da visita de um técnico para corrigir problemas com a máquina de impressão, essas despesas, somadas ainda à compra de papel, acabam encarecendo o atendimento.

economizar no consultório

Você sabia que a tinta preta de impressora é um dos líquidos mais caros do mundo?

Junto com os custos de impressão vêm os custos com papel e com o armazenamento desses documentos.

Se seu volume de atendimentos for razoavelmente grande, com o passar do tempo você provavelmente terá que dedicar uma sala ou espaço exclusivamente para armazenar seus prontuários.

Isso parece muito custoso, não é?

Por isso, considere adotar um sistema que ofereça prontuários eletrônicos, assim você se livra de grande parte dos gastos com impressão e armazenagem dos seus prontuários, além de contribuir com o consumo consciente de papel.

Água: como economizar no consultório?

A conta de água varia de região para região, mas você sempre pode economizar com práticas simples dentro da sua clínica.

Algumas opções são:

Substituir galões por filtros

Filtros conectados diretamente à rede de água podem ser mais econômicos do que os tradicionais galões de 20L,  já que esses galões possuem validade de até 3 anos, após esse prazo devem ser trocados para não correr riscos de contaminação da água.

Dispositivos para reduzir o consumo de água

Em algumas cidades do Brasil, que nos últimos anos sofreram com o racionamento de água, o uso de dispositivos que reduzem o gasto de água em torneiras, descargas e chuveiros ficou bastante popular.

Para se ter uma noção, uma torneira convencional dispensa de 5 a 10 litros de água minuto. Utilizando esse tipo de dispositivo, esse consumo de água passa para 1,8 litro/minuto. Uma economia mínima de 60%.

Como o consumo de água de torneiras representa de 15% a 30% do consumo global de um estabelecimento comercial, essa simples ação garante uma redução de mais de 10% na conta de água.  

Você pode procurar empresas que cedem os dispositivos e fazem todo o processo de instalação no seu consultório. O pagamento é feito com base no valor economizado na sua conta de água. Uma ótima opção para quem quer economizar!

Sua conta de luz pode ser mais barata

Da mesma forma que acontece com a conta de água, práticas simples podem reduzir o consumo de eletricidade na sua clínica.

E você já deve ter percebido que, tanto em sua casa quanto na sua clínica, a conta de luz teve um aumento considerável. Segundo o Copel, o aumento foi de aproximadamente 40% de 2015 até os dias de hoje.

Uma dica é substituir seus equipamentos antigos, que consomem mais energia, por mais novos, assim você economiza nas futuras contas de energia.

Você pode começar adotando lâmpadas de LED pelo seu baixo consumo e vida útil maior do que as convencionais.

Apesar de serem mais caras em um momento inicial, se você colocar todos os valores na ponta do lápis perceberá que esse investimento vai valer a pena pela durabilidade dessas lâmpadas.

Considere também a substituição de velhos aparelhos de ar condicionado e refrigeradores por versões mais modernas, que consomem menos energia.

Tem curiosidade sobre o quanto o seu ar condicionado custa por mês para sua clínica?  Essa ferramenta pode te ajudar.

Materiais

Cotação de fornecedores

As empresas que vão te fornecer materiais precisam ser grandes parceiras da sua clínica e tem papel importante para manter o padrão de qualidade do seu atendimento e se destacar no mercado.

economizar no consultório

Veja aqui como pesquisar e fazer boas escolhas de fornecedores para sua clínica.

6 dicas para economizar no consultório

Sabemos que vários materiais representam uma parcela significante das despesas da sua clínica, alguns deles são de uso indispensável e praticamente irredutível, como os usados durante os procedimento (luvas, seringas, etc.) Contudo, você pode economizar com os materiais não relacionados aos atendimentos.

Uma solução prática é banir o uso de copos descartáveis pelos colaboradores da sua clínica e adotar copos duráveis.

Os copos reutilizáveis são 25 vezes mais ecológicos do que os descartáveis, então além de contribuir com o meio ambiente, essa ação ainda vai te ajudar a reduzir gastos restringindo o uso de copos descartáveis apenas aos pacientes da sua recepção.

Outra saída é incluir nos banheiros os secadores elétricos. Os secadores mais modernos possuem baixo consumo de energia e te poupam do alto volume de lixo e dos gastos com toalhas de papel e sacos de lixo para descarte.

Como economizar na conta de telefonia

Acertar no plano de telefonia e internet é fundamental para economizar com a conta de telefone do seu consultório.

A variedade de planos e benefícios oferecidos pelas operadoras é bem ampla, então temos que nos atentar se o plano que usamos é realmente o mais adequado para nossa necessidade.

Já pensou em diminuir as frequentes ligações para confirmar consulta  por SMS de confirmação?

Essa é uma excelente prática para otimizar suas consultas, tanto pela sua eficiência no contato com o paciente, quanto pelo baixo custo.

Clínicas que adotam o SMS no lugar das ligações apresentam menor nível de faltas de seus pacientes e menos despesas com telefonia.

O Instituto Autopoiesis pode servir de exemplo de como uma melhor gestão financeira ajuda a economizar nas despesas com telefonia , conheça mais sobre esse caso de sucesso   através desse link.

Economizar no consultório pode parecer uma tarefa difícil, mas com muita atenção é possível encontrar meios para diminuir seus gastos e aumentar seus rendimentos.

Mas lembre-se, nunca economize na qualidade nem opte por produtos que afetem diretamente a percepção de qualidade que seus pacientes têm do consultório.

Esse tipo de economia pode ser prejudicial para a marca da sua clínica!

eBook Gratuito sobre Gestão de Clínicas e Consultórios