Ícone do site Blog iClinic – Dicas para gestão de clínicas e consultórios!

10 especialidades médicas com grande potencial para o futuro

Especialidades médicas com grande potencial no futuro
Leia em 6 min.

Algumas especialidades médicas apresentam um forte potencial para o futuro, ao se adaptarem a todos os avanços tecnológicos vivenciados na Medicina nos últimos anos.

Prefere escutar ao invés de ler? Clique no player abaixo:

Graças às novas tecnologias, a maneira de pensar sobre os cuidados com a saúde está mudando completamente.

As pessoas estão preocupadas com o aumento da qualidade de vida e não apenas com o tratamento das doenças, mas com a prevenção delas.

Segundo um artigo do ResearchGate

Aplicações e sistemas que são revolucionários na saúde vem se desenvolvendo. Dessa forma, muitas mudanças que tocaram a vida das pessoas ocorreram.”

Neste artigo, você vai conferir algumas especialidades médicas que irão se adaptar muito bem aos novos avanços e possuem um enorme potencial para o futuro.

Confira a seguir!

Quais são as especialidades médicas com grande potencial no futuro?

As inovações tecnológicas estão causando impacto em todas as áreas da vida das pessoas. Dentro da Medicina, esse cenário não é diferente.

Essas transformações ocorrem tanto nas relações médico-paciente, como nas abordagens e escolhas do melhor tratamento.

Assim, a tendência é que os médicos se afastem progressivamente de processos repetitivos e mecânicos para ficarem mais focados em aspectos humanos como pesquisas e tomada de decisões.

Esses avanços irão trazer inúmeras oportunidades para algumas especialidades médicas. Confira agora quais são elas.

1. Radiologia

A radiologia é uma especialidade médica cujo objetivo é diagnosticar doenças por meio da realização de exames, análise e interpretação de imagens dos órgãos do corpo.

Com a evolução da Inteligência Artificial e aumento do processamento dos supercomputadores, diversos processos dentro da área serão automatizados.

Graças a esses avanços, centenas de exames poderão ser analisados em questão de segundos, e os profissionais terão mais tempo livre para se dedicar a pesquisas e inovações na área. 

Dessa forma, eles também conseguem auxiliar no desenvolvimento de novos algoritmos, que são conjuntos de regras que levam à solução de um problema em um programa de computador.

Esses novos recursos têm o potencial de aumentar a oferta de serviços e a procura de profissionais, o que faz da especialidade uma grande promessa para o futuro.

Saiba mais sobre as novas tecnologias na saúde em nosso vídeo:

2. Oncologia

No campo da oncologia, a Inteligência Artificial, nanotecnologia e mapeamento genético já colaboram com grandes avanços dentro dessa especialidade.

Com o rastreamento dos genes, é possível saber qual é a predisposição de algum paciente para desenvolver câncer, e assim realizar ações de prevenção ou tratamento de forma muito mais rápida

A computação na nuvem possibilita a análise de milhões de estudos científicos e casos clínicos, o que colabora para o desenvolvimento de novos tratamentos e o alcance da cura para muitas doenças.

Também será possível personalizar e adaptar o tratamento para cada pessoa, o que aumenta mais as chances de cura.

O Watson da IBM, por exemplo, é capaz de sugerir um plano de tratamento com alta probabilidade de sucesso.

Todos esses pontos abrem novas oportunidades para os especialistas, e torna a oncologia outra especialidade com potencial de destaque no futuro.

3. Medicina esportiva e da família

Com o uso dos wearables, os especialistas da área da Medicina esportiva terão dados completos da performance dos pacientes, e saberão que pontos fracos precisam ser trabalhados.

As pessoas estão cada vez mais ligadas a assuntos relacionados ao cuidado com a saúde e, por isso, a tendência é que os esportes e as atividades físicas ganhem destaque. 

Combater o sedentarismo ajuda a melhorar a qualidade de vida e aumentar o bem-estar, e os médicos do esporte terão um papel importante na orientação de hábitos saudáveis para os pacientes.

A Medicina da família também colabora com o cuidado e prevenção de doenças e será outra área beneficiada com o aumento dos dados dos pacientes.

Assim, o trabalho de ambas essas especialidades serão impactadas positivamente pela tecnologia.

4. Dermatologia

A dermatologia é outra área que será influenciada pela revolução digital.

Com algoritmos capazes de diagnosticar doenças de pele, impressoras 3D que imprimem peles sintéticas para corrigir problemas nos tecidos e consultas online, há muito por vir na dermatologia.

No caso dessa especialidade, que abrange tanto o campo clínico como a área cirúrgica, podemos esperar uma grande transformação. Afinal, a tecnologia vem moldando as práticas dermatológicas há muito tempo.

Quem escolher seguir nessa área, estará certamente fazendo uma escolha promissora para o futuro, e irá lidar com robótica, Big Data, nanotecnologia, entre outras inovações.

5. Patologia

A patologia é a área responsável pelo estudo das doenças e o que elas provocam no organismo, é ela a base da Medicina, é quem impulsiona a área da saúde a entender as doenças.

No entanto, esse campo não tem visto mudanças significativas nos últimos 150 anos, como afirma Thomas Fuchs, diretor do Laboratório de Patologia Computacional do Memorial Sloan Kettering Cancer Center.

Para a área, algoritmos de aprendizado de máquina que ajudam a digitalizar a patologia vêm sendo construídos.

Com a ajuda da Inteligência Artificial, é possível obter imagens de lâmina inteira digital, o que permite a captura e visualização de todo tecido em uma lâmina e amplia o que um microscópio oferece.

Graças aos avanços, a patologia deverá ser mais robusta, produtiva e se tornar uma área quantitativa, além de uma puramente qualitativa.

Saiba mais sobre como aproveitar as novas tecnologias na saúde em nosso eBook gratuito:

6. Ginecologia e obstetrícia

A ginecologia e obstetrícia é uma das áreas mais importantes para o público feminino, seja para cuidar da saúde ou acompanhar o desenvolvimento gestacional.

Com novas ferramentas digitais capazes de monitorar os pacientes de forma remota, caso qualquer problema seja detectado, o atendimento será feito de forma mais ágil.

Além disso, os avanços prometem que os acompanhamentos serão mais acessíveis e baratos, e técnicas de sequenciamento genético também se caracterizam como promessas na área.

A ginecologia e obstetrícia ainda se relaciona com outros campos, como a oncologia e endocrinologia, e essa integração possibilitará a  detecção precoce de tumores e alterações hormonais.

Todos esses pontos tornam essa especialidade outro segmento promissor na Medicina do futuro.

7. Atenção primária à saúde

Clínicos gerais geralmente são o primeiro contato para os pacientes e são indispensáveis para o cuidado com a saúde.

Para essa especialidade, a tecnologia pode ajudar a gerenciar salas de espera lotadas. 

Alguns softwares médicos, por exemplo, apresentam uma lista de espera e o envio de lembretes de consulta, e esses pontos ajudam a evitar atrasos e realizar encaixes com mais eficiência.

Além do mais, com o uso da Teleconsulta, pacientes crônicos não precisarão ir até o médico apenas para visitas regulares. 

Assistentes digitais também serão capazes de diagnosticar condições e até oferecer tratamentos simples remotamente no futuro, um ótimo avanço para todos os que moram em regiões afastadas.

8. Psiquiatria

A vida moderna trouxe inúmeros fatores que afetaram a saúde mental da população. 

Distúrbios psicológicos como a síndrome de burnout, depressão e ansiedade são cada dia mais comuns e se tornam uma consequência da rotina exagerada da maioria das pessoas. 

Esses distúrbios, somado a outras doenças como a esquizofrenia, reforçam a importância da psiquiatria para diagnóstico, tratamento e acompanhamento daqueles que necessitam.

A psiquiatria também se beneficia com a prática da Telemedicina, já que as consultas remotas têm se mostrado bastante produtivas para alguns psiquiatras, como a Dra. Verônica Jordani.

Confira o depoimento dela:

“Entrei para a Telemedicina e meus pacientes gostaram, o retorno que eu estou tendo é bastante positivo. Alguns pacientes se sentem mais à vontade quando estão no ambiente deles, do que no ambiente de consultório médico. Eles me mostram a casa deles, os bichinhos de estimação, o jardim, parece que estou sendo convidada a entrar na casa deles, a consulta flui de um jeito diferente, por vezes muito mais produtiva do que no consultório.”

Saiba mais sobre a Telemedicina em nosso eBook grátis:

Dessa maneira, essa especialidade tem o seu lugar de destaque no futuro, e embora a tecnologia nunca vá substituir a empatia humana de seus profissionais, ela certamente pode ajudar nos tratamentos.

9. Geriatria

Boa parte do mundo tem vivenciado um expressivo aumento na expectativa de vida de sua população. No Brasil, ela já ultrapassa a faixa dos 76 anos e a tendência é que esse número aumente.

Um importante ponto dentro dessa área é que as pessoas estão preocupadas  não apenas com a longevidade, mas com a qualidade de vida

A geriatria é essencial para satisfazer as necessidades específicas do público da terceira idade, e por esse motivo, deverá se desenvolver ainda mais no futuro.

10. Medicina de emergência

Os dispositivos de diagnósticos portáteis e drones médicos certamente irão reduzir o tempo de espera dos pacientes por um diagnóstico ou tratamento específico.

Porém, a equipe médica designada para os primeiros socorros irá continuar indispensável.

São esses médicos os responsáveis por tomar as primeiras decisões sobre o estado dos pacientes e os cuidados necessários para que eles cheguem a salvo no hospital.

Por tudo isso, a Medicina de emergência continua uma parte insubstituível do tratamento médico e deverá se manter assim no futuro.

Ao longo deste artigo, você conferiu 10 especialidades médicas com grande potencial no futuro e como elas irão se relacionar com as novas tecnologias. 

Muitas das especialidades médicas do futuro já estão na IPEMED, uma instituição de ensino com foco na pós-graduação médica e educação continuada em saúde com 15 anos de tradição e mais 50 mil alunos formados

A instituição faz parte da Afya, o maior grupo de educação médica do país. Há modalidades presenciais, semipresenciais e 100% online, em variados campos da Medicina e de áreas multiprofissionais na saúde.

Incrível, não concorda?

Para receber mais conteúdos como este, inscreva-se em nossa newsletter:

Antes de ir, não se esqueça de compartilhar o artigo com seus colegas! 🙂

Gostou deste conteúdo?

Junte-se a mais de 70 mil profissionais de saúde e não perca eBooks, planilhas, dicas e guias exclusivos que vão ajudar na gestão da sua clínica.

Quero receber conteúdos
Sair da versão mobile