Controle Financeiro

Médico empreendedor - Capital de Giro da clínica, como gerenciar?

Não conhecer a definição perfeita ou não saber dizer qual é o nosso próprio capital de giro com total precisão é normal, as vezes esse conhecimento pode exigir toda uma formação em administração. Entretanto, isso não quer dizer que você médico não tenha um, pois todo empreendedor tem o seu capital de giro quando decide montar consultório médico.

A gestão de consultório médico já começa no processo de planejamento e abertura da clínica e o capital de giro é o dinheiro necessário para fazer isso acontecer. Já dá pra imaginar qual é ou qual foi o seu capital de giro? Vamos entender isso agora:

Sempre pensando na realidade de uma clínica médica, o capital de giro é todo o recurso financeiro que a clínica possui, pode incluir nessa conta valores em moeda e também contas a receber.

Se você está montando o consultório considere o montante que você possui para montá-lo e para mantê-lo,  até que o dinheiro comece a girar e você consiga pagar as contas fixas do consultório, como luz, telefone, aluguel, impostos, salários e prestações.

Por que ter Capital de Giro?

Seja qual for o empreendimento é preciso ter alguma segurança quanto aos valores que serão necessários para começar a investir. O capital de giro te assegura que tudo vai ficar dentro do planejado, por isso é muito recomendado que se tenha total controle financeiro da clínica.

Outra boa razão para se conhecer a realidade financeira do seu negócio é que assim que você abrir as portas de seu consultório estes valores devem começar a "correr" e como não se sabe com certeza qual será o retorno financeiro, é bom ter um índice de segurança. Isto é, uma reserva para bancar as despesas fixas por um período, até que a entrada de valores possa bancar esses custos.

O capital de giro é o que mantém o consultório preparado para  desafios e inovações muitas vezes necessárias na área da saúde. Por ter um fundo de reserva você consegue planejar e decidir qual o próximo passo que pode ser dado para manter sua clínica sempre moderna e competitiva.

Inovar na área da saúde é muito comum. Antes as inovações se restringiam às descobertas na área da saúde, mas hoje inovações tecnológicas são essenciais para a gestão de consultórios, automação de processos de agendamento e controle financeiro. Quer saber como implantar alguma dessas inovações? Temos um eBook completo com todas elas.

Como calcular Capital de Giro para Clínica?

O cálculo requer planejamento. Quanto o seu consultório terá de contas fixas? Primeiro contabilize todos esses valores e ainda considere uma margem para imprevistos.

Uma dica é estipular um tempo, imagine que o seu Capital de Giro inicial deve garantir o pagamento de contas fixas por até 3 meses.

Em seguida é fundamental a gestão de custo dos serviços que a clínica oferece. O lucro que se espera vem por meio da prestação de serviços médicos, certo? Isso quer dizer que toda a precificação deve levar em conta os custos atrelados.

Ou seja, o valor da consulta, o valor de exames ou qualquer outro serviço que a clínica oferece precisam ser definidos incluindo o pagamento de salário, de mensalidade de software, medicamento administrado, etc. Dessa forma, você pode se programar para enviar parte do lucro para o fundo de reserva e sempre manter o capital de giro seguro e disponível.

Como obter Capital de Giro?

Neste item, muitas vezes o que vem à cabeça é empréstimo bancário. Neste momento de decidir pelo empréstimo é aconselhável que ele não seja para quitar dívidas. Mas sim, para comprar a vista o que já foi planejado, como por exemplo, equipamentos, instrumentos, medicamentos e compras pertinentes ao funcionamento inicial do consultório.

Mais uma vez, não deixe de observar a lucratividade da clínica. Uma fonte constante de obtenção de capital e de garantia que a clínica nunca fique no vermelho.

Como gerenciar Capital de Giro no consultório?

Capital de Giro no consultório

Para começar, saiba que o capital de giro encontra-se também em forma de estoque, caixa da clínica e nas contas a receber.

Por isso o capital de giro tem estreita relação com a gestão financeira da clínica. E onde e como controlar tudo isso? Fluxo de Caixa!

O fluxo de caixa e o capital de giro são itens básicos e de maior importância na gestão financeira de uma clínica.  Ter o fluxo de caixa organizado e bem gerenciado permite emitir relatórios financeiros. Que por sua vez,  contribuem para enxergar com clareza a lucratividade da clínica e te ajuda a tomar as decisões certas para o seu negócio, tipo essas aqui:

  • Você sabe se está sendo lucrativo manter um determinado convênio médico? Um relatório financeiro pode te dar esse dado.

  • Você sabe se a receita gerada no mês pagou as contas fixas, gerou lucro e permitiu aumentar seu capital de giro?  Um relatório financeiro dos últimos 3 meses de atividade da clínica vai te auxiliar a  contabilizar, por exemplo, quantas consultas são necessárias para pagar contas fixas.

A gestão financeira para clínica médica não precisa ser um problema. Se isso te tomar muito tempo, a solução mais viável é deixar esses processos de gestão automatizados para gerar relatórios financeiros precisos e específicos para clínicas e consultórios, veja como fazer isso.

Quanto ao caixa, cuide bem do seu dinheiro. Para fazer ele ser rentável, sugerimos que seja feito o melhor uso dele. Registre as entradas e saídas de valores, só assim não vai acontecer o desequilíbrio entre o recebimento e o pagamento das obrigações da clínica.

A quebra do fluxo de caixa gera cada vez mais necessidade de se usar o capital de giro da clínica.

Por essa razão administrar o caixa significa também saber pagar por produtos a vista:  a chance do preço ser mais atrativo é grande, consequentemente o estoque aumenta e a lucratividade sobre os custos também! Só não vale deixar de “alimentar” o capital de giro.

Outro ponto chave é pensar nos meios de pagamento que sua clínica vai oferecer. Já considerou os pacientes que gostariam de parcelar procedimentos? As contas a receber são o equilíbrio do financeiro da clínica, elas não podem parar. Contabilize os custos em cada parcela e faça uma experiência.

Por falar em gestão do financeiro, você sabe que um sistema de gestão online para clínicas e consultório é perfeito para seu negócio quando ele te deixa com mais tempo para aproveitar as horas fora da clínica e ainda mantém tudo organizado e controlado, um sonho não é mesmo?

Por isso pesquise! Avalie as necessidades de gestão que a sua clínica está precisando. Está sem capital de giro porque não consegue manter organizado as entradas e saídas de caixa? Pergunte-se quais as melhorias que você já pode começar a aplicar e que vão ajudar o seu capital de giro crescer.

Quer uma ajudinha  pra saber qual o diagnóstico financeiro do consultório? Em menos de 5 minutos você responde esse QUIZ e já pode ter uma noção de como vai a saúde financeira da clínica.  : )

[Fluxo de Caixa para clínicas e consultórios](http://promo.iclinic.com.br/fluxo_de_caixa_para_clinicas_e_consultorios/?utm_source=cta-artigo&utm_medium=blog&utm_campaign=medico_empreendedor_capital_giro_da_clínica_como gerenciar?)

Veja também:

Casos de Sucesso ... Sep 19, 2017

Caso de Sucesso Dr. Vinicius Alves: Como duplicar o número de atendimentos em um consultório odontológico

Conteúdo Vip ... Dec 20, 2016

Materiais Educativos iClinic

Para Secretárias ... Sep 28, 2015

A importância da Secretária para um consultório médico

Veja também:

Casos de Sucesso ... Sep 19, 2017

Caso de Sucesso Dr. Vinicius Alves: Como duplicar o número de atendimentos em um consultório odontológico

Conteúdo Vip ... Dec 20, 2016

Materiais Educativos iClinic

Para Secretárias ... Sep 28, 2015

A importância da Secretária para um consultório médico

comments powered by Disqus