Novidades do iClinic

Envie fotos direto do seu celular para o prontuário eletrônico do seu paciente

Recentemente o iClinic lançou seu aplicativo oficial, nativo para iOS, na Apple App Store.

Uma das novas funcionalidades, que fazem diferença para agilizar o atendimento médico, é a possibilidade de enviar fotos dos pacientes em tempo real para o prontuário eletrônico durante a consulta, por meio do iPhone do próprio médico.

Pelo aplicativo, o profissional de saúde pode tirar fotos do seu celular e anexá-las no prontuário eletrônico do paciente durante seu atendimento.

Ao fazer o upload dessas imagens no prontuário, elas estarão disponíveis pelo aplicativo em qualquer aparelho Apple (como iPads, por exemplo), e também pelo sistema iClinic.

Esse é um recurso exclusivo do iClinic e mais um exemplo de como a tecnologia pode auxiliar a prática médica, afinal, através das fotos é mais fácil relembrar os sintomas e o quadro clínico do paciente, além de ser uma descrição mais exata do que anotações.

Segurança

A preocupação central durante o desenvolvimento do aplicativo iClinic foi a segurança.

Dados do prontuário e imagens do pacientes são arquivos confidenciais e por isso o acesso do aplicativo se dá por meio de senhas (PIN) e leitura da impressão digital do médico (Touch ID).

Dessa maneira, podemos garantir o sigilo das informações do prontuário eletrônico e segurança em seu acesso.

Caso de Sucesso

Essa ferramenta de enviar fotos direto do smartphone para o prontuário do paciente pode ser útil em muitas especialidades médicas, como cirurgia plástica, ortopedia e dermatologia, por exemplo.

Para o Dr. Marco Aurélio Guidugli, cirurgião plástico na Clínica Papillon, esse recurso de fotografar os pacientes e ter acesso a essas fotos pelo prontuário eletrônico foi decisivo para implementar o sistema iClinic em sua clínica.

Além disso, o Dr.Guidugli diz que o aplicativo o faz ganhar tempo durante as consultas.

“Como sou cirurgião plástico, preciso de imagens para documentar os resultados do trabalho. Com o aplicativo iClinic, tiro fotos do meu iPhone do pré e do pós operatório e anexo no prontuário do paciente. É um excelente recurso, pois não preciso de nenhum cabo para fazer a transferência das imagens e ganho tempo durante as consultas”, explica.

Alertas

Outra novidade do aplicativo iClinic é o sistema de alertas.

Essa ferramenta envia automaticamente ao profissional da saúde uma notificação em seu iPhone toda vez em que uma consulta for reagendada ou desmarcada.

Isso facilita a Gestão do Tempo do médico, já que ele tem total controle da agenda, consegue evitar faltas de pacientes e pode organizar seus compromissos.

Outras funções

Além do upload de fotos e alertas, o aplicativo tem as mesmas funcionalidades do sistema: prontuário eletrônico, acesso aos contatos dos pacientes e agenda.

Tudo isso com a facilidade do acesso remoto, ou seja, a possibilidade de verificar informações em qualquer lugar, sem a necessidade de retornar ao consultório para checar um prontuário ou ver a agenda para o dia seguinte.

O acesso remoto pela internet só é possível por causa do sistema em nuvem, ou seja, o armazenamento é feito de forma totalmente segura e só as pessoas autorizadas terão acesso aos dados da clínica e dos pacientes.

Quer saber como fazer o upload de fotos para o prontuário eletrônico do seu paciente pelo aplicativo iClinic?

Então faça um teste grátis por 14 dias:

Download app do iClinic

Veja também:

Casos de Sucesso ... Sep 19, 2017

Caso de Sucesso Dr. Vinicius Alves: Como duplicar o número de atendimentos em um consultório odontológico

Conteúdo Vip ... Dec 20, 2016

Materiais Educativos iClinic

Para Secretárias ... Sep 28, 2015

A importância da Secretária para um consultório médico

Veja também:

Casos de Sucesso ... Sep 19, 2017

Caso de Sucesso Dr. Vinicius Alves: Como duplicar o número de atendimentos em um consultório odontológico

Conteúdo Vip ... Dec 20, 2016

Materiais Educativos iClinic

Para Secretárias ... Sep 28, 2015

A importância da Secretária para um consultório médico

comments powered by Disqus