materiais educativos

Como montar seu consultório

Os últimos anos tem sido economicamente desafiadores.

E para o profissional de saúde que quer maiores resultados neste ano, abrir seu próprio consultório pode ser o caminho.

Mesmo aqueles profissionais que se  formaram recentemente ou acabam de sair da residência e estão pensando em montar um consultório, pode ser um bom estímulo saber que a especialização, a deficiência dos serviços de saúde pública e o avanço tecnológico têm criado diversas oportunidades.

O Censo de Demografia Médica de 2015 lançado pelo CFM mostra que aproximadamente 60% dos médicos no Brasil atuam em consultórios privados, podendo, ou não, trabalhar em outros locais. A pesquisa também mostra que os profissionais que atuam em clínicas privadas têm maior remuneração.

O campo de trabalho composto basicamente por atendimentos de consultas particulares e atendimentos através de convênios é bastante amplo e tem crescido muito.

Neste artigo, vamos falar sobre algumas das principais decisões que você precisará tomar para montar seu consultório e ter o seu próprio local de trabalho, dando algumas dicas sobre como fazer isso da melhor forma possível.

Indiferente a sua especialidade e área de atuação em saúde, apresentamos dicas e pontos importantes que ajudarão você a planejar e montar seu consultório, seja ele um consultório de psicologia, fisioterapia, nutrição ou até mesmo uma clínica de estética.

1. Escolha do local

A estrutura física é simples: uma sala de espera, com recepção, salas de atendimento, banheiros e salas de exames em alguns casos, são suficientes para começar. Caso encontre im imóvel um pouco maior, a criação de uma copa, sala para administração e um pequeno depósito podem preencher o espaço restante e deixar o ambiente ainda mais organizado e dinâmico.

Clínica médica

A escolha do local deve ser feita com cuidado, permitindo fácil acesso para quem chega das diversas localidades da cidade e que de preferência tenha opção para estacionamento. Se puder, faça a opção por dimensões e dependências que permitam um certo crescimento. Isto evita que a clínica precise mudar de endereço futuramente.

A decoração do seu consultorio também deve ser levada em conta. Este será um dos seus cartões de visita e a primeira impressão que seus pacientes terão do seu atendimento. Confira neste artigo algumas ideias para decorar a sua clínica.

No que se refere ao investimento, além do capital utilizado na montagem do consultório, é bom ter uma reserva para suportar os custos fixos na fase inicial, quando o número de pacientes pode ainda ser baixo. Além disso, reserve algum recurso para investir em divulgação da nova clínica (vamos falar mais sobre isso adiante).

2. Categoria de atendimento

A Agência nacional de Saúde (ANS) divide em 54 as categorias de estabelecimentos médicos, vamos ver quais são as mais comuns:

Clínica Médica Popular

Esta é uma das modalidades de clínica que mais crescem no Brasil.

As clínicas médicas populares estão em plena ascensão. Uma vantagem desse tipo de clínica é o crescimento rápido do número de pacientes em relação aos consultórios convencionais. Isto porque geralmente são clínicas multidisciplinares e de baixo custo.

Clínica popular

Para este tipo de clínica, a escolha do local é ainda mais importante. Atente-se a informações sobre o perfil população local, número de pacientes em potencial, nível de renda e costumes.

A clínica popular pode ou não trabalhar com convênios de saúde, dependendo de suas demandas e seu planejamento e quais objetivos quer atingir.

Consultório incluindo até duas especialidades

Esta categoria de estabelecimento de saúde deve ter até dois sócios e profissionais, como no caso de fisioterapeutas que se associam a acupunturistas, clínicas de estéticas que se associam a dermatologistas e outras configurações.

Clínica geral que realiza procedimentos médicos simples

Alguns procedimentos clínicos podem ser realizados em clínicas de forma eletiva, durante o atendimento à demanda espontânea, considerando sempre a capacidade técnica dos profissionais e a disponibilidade de materiais, insumos e medicamentos para o mais adequado atendimento.

3. Exigências Legais e Sanitaristas

Após a definição da localização da clínica, o tipo de atuação, acordo entre sócios e reserva de capital para investimento, é necessário adaptar a clínica para que atenda exigências legais e sanitaristas.

medicoelegislacao

Requisitos Fundamentais

- Cadastro Estadual de Vigilância Sanitária: é o conjunto de dados de um estabelecimento que desenvolve atividade de interesse à saúde. Um dos parceiros deverá constar como responsável técnico.

- Licença de Funcionamento: ato privativo do órgão de saúde competente (geralmente a nível municipal) que permite o funcionamento dos estabelecimentos que desenvolvem atividades de acordo com a legislação sanitária vigente. Para obter a licença, vai ser necessário apresentar um laudo técnico de avaliação do imóvel, na fase de apresentação de documento, quando for dada entrada ao pedido. O licenciamento deve ser renovado anualmente.

Atenção, é indicado procurar uma empresa que preste consultoria na área regulatória para se certificar que todos os requisitos serão preenchidos corretamente.

4. Gerenciamento

Estude a adoção de um bom software de gestão, pois uma clínica informatizada pode fazer toda a diferença na hora de se destacar. A tecnologia aplicada à administração no setor de prestação de serviços facilita e organiza os processos, melhora a produtividade da equipe e traz mais segurança na tomada de decisões.

Escolha um software simples e fácil de usar, mas que ao mesmo tempo atenda todas as suas necessidades – do gerenciamento de agendas e cadastro e prontuários dos pacientes até controles administrativos como financeiro, faturamento de consultas e relatórios gerenciais.

5. Divulgação

Depois de todos esses passos, e desafios, para montar seu consultório, você precisa atrair os pacientes e fazer com que as pessoas conheçam seu novo local de trabalho.

A melhor maneira de fazer isso é por meio do marketing.

O primeiro passo é literalmente colocar seu consultório no mapa.

Ou seja, registrar seu local no Google Maps, para que quando as pessoas pesquisarem pelo nome da clínica automaticamente apareça o endereço e meios de contato.

Outro benefício do cadastro no Google Maps é a otimização das buscas próximas de você. Quando alguém pesquisar por sua especialidade na sua cidade, você vai aparecer como um dos resultados.

marketing médico

Essa é apenas uma ferramenta de divulgação. Se você quiser ver como aplicar o Marketing Digital no seu consultório você pode fazer esse curso gratuito.

Nesse curso são apresentadas algumas teorias sobre marketing, estratégias de divulgação e precificação do seu trabalho e também como manter um relacionamento estreito com seus pacientes para fidelizá-los e aumentar sua indicação boca a boca.

Estas foram algumas dicas para você começar sua nova clínica com pé direito.

Se você quer saber mais sobre quais documentos você precisará tirar, como conseguir seus primeiros pacientes e outras decisões que você precisará tomar para abrir seu consultorio, baixe gratuitamente o nosso eBook “Guia Definitivo de Como Montar seu Consultório”:

eBook gratuito sobre Como Montar Seu Consultório Médico

Veja também:

Casos de Sucesso ... Mar 28, 2017

Caso de Sucesso iClinic: Dr. Celso Bregalda Neves

materiais educativos ... Dec 20, 2016

Todos os materiais educativos iClinic

Para Secretárias ... May 19, 2016

5 coisas que toda recepcionista de consultório precisa saber

Veja também:

Casos de Sucesso ... Mar 28, 2017

Caso de Sucesso iClinic: Dr. Celso Bregalda Neves

materiais educativos ... Dec 20, 2016

Todos os materiais educativos iClinic

Para Secretárias ... May 19, 2016

5 coisas que toda recepcionista de consultório precisa saber

comments powered by Disqus