Casos de Sucesso

Caso de Sucesso Dra. Clarisse Lobo: Como reduzir o número de faltas na clínica

Você quer ver na prática um jeito de diminuir o número de faltas na sua clínica? Então está no lugar certo.

A Dra. Clarisse Lobo contou em uma entrevista para a iClinic um pouco da sua história e como a administração impactou sua carreira médica. E ainda revelou como conseguiu reduzir muito o absenteísmo no consultório!

Conheça a Dra. Clarisse

Clarisse Lobo é do Rio de Janeiro, se formou em Medicina pala UFRJ e fez residência em hematologia e hemoterapia.

Começou sua trajetória profissional como médica de beira de leito do Hemorio mas logo foi identificada como uma líder nata. Então foi alçando posições de gestão, sempre realizando treinamentos e estudos em administração, até alcançar a Direção Geral da unidade, somando 19 anos de história.

Mais tarde, tornou-se Diretora Executiva da Fundação Saúde, instituto de direito público que gerencia o Hemorio.

“Tive consultório a vida toda. Era como uma válvula de escape, um lugar que eu podia exercer a medicina atendendo pacientes.” Conta Clarisse.

Até que em 2016 deixou sua posição de gestora da Fundação Saúde para concluir seu doutorado e realmente se dedicar à profissão de médica em seu consultório.

O iClinic na vida de Clarisse

Foi quando começou a se empenhar mais no atendimento de seus pacientes que Clarisse recebeu um conselho do administrador da sua clínica, que falou:

“Você vai ficar só atendendo de vez em quando no consultório? Você precisa de mais informações, precisa de um objetivo!”

Então houve uma mudança de pensamento, como ela relata: “Comecei a levar mais a sério e estabelecer metas para atingir um aporte financeiro. Eu achava que os pacientes faltavam muito, mas não tinha dados para confirmar minhas suposições e tomar atitudes.

Foi aí que chegamos no iClinic! Eu e meu administrador começamos a olhar as opções de Sistemas Médicos e vimos que o iClinic atendia minhas necessidades sem muita complicação.”

“Porque a gente não gosta de muitos cliques, né? Aquela coisa de vai num, vai no outro, abre um, abre outro…”

“Percebemos que o iClinic era uma coisa mais fácil de fazer, menos complexa. Então o administrador testou o sistema por um tempo, viu que oferecia um módulo financeiro para ele usar e que eu podia só gerenciar a agenda.”

Reduzir número de faltas na clínica

O que a Clarisse mais gostou foi desse formato modular do iClinic, porque percebeu que não era obrigada a colocar o prontuário no sistema. Essa liberdade de fazer ou não fazer foi o que a encantou. Veja só:

“Nós, médicos, não gostamos muito dessa ideia de usar um sistema e abandonar o papel. Essa mudança é gradual e não instantânea. No seu consultório você só faz algo que se considera pronto pra fazer.”

Ela ainda acrescenta: “Eu consigo ver tudo da clínica no site com um piscar de olhos. Não preciso fazer um curso para usar, ele é muito amigável. Por isso estou satisfeita!”

Como Clarisse reduziu o número de faltas

“O uso da agenda e do SMS ajudou muito a reduzir o número de faltas da clínica.”

E ela explica o porquê: “uma vez que o paciente recebe o SMS, ele fica constrangido de não dar uma satisfação, então acaba desmarcando ao invés de só faltar.

Como minha área tem uma demanda muito alta, consigo marcar uma urgência no mesmo dia.

Isso reduziu minha taxa de absenteísmo. E também consegui gerenciar melhor a agenda para atingir minha meta de atendimentos.”

Comunicação fácil com a secretária

“Outra coisa que começamos a usar foi o chat entre nós. Lá falo alguma coisa com meu administrador, mando recados para recepcionista…

Isso facilita por eu não precisar ir até a recepção para falar com ela. Faz uma semana que estamos usando e ainda estamos na fase de treinamento. Às vezes ela ainda não olha a mensagem… Mas está se acostumando e vai ser bem legal.”

O chat ajuda a não perder nenhuma informação. Tem que mandar na hora, senão você esquece e aí babou.” Brinca, Clarisse.

Visão estratégica sobre convênios

“Eu acho interessante que agora consigo enxergar muitas coisas com o iClinic:

  • Quantos doentes eu atendo;
  • Qual a situação deles;
  • Em qual convênio eu devo focar,
  • Com qual convênio não preciso mais me esforçar porque já está perigoso pois representa uma grande parte da minha demanda.”

Relacionamento com a equipe iClinic

“Como gestora, me acostumei com a ideia de que a informática pode ser modulada para os interesses da instituição. E eu acho legal isso no iClinic!

Eu fiz uma demanda pelo chat de atendimento do sistema que foi comunicada aos gestores e um deles veio falar comigo.

Foi aí que vi que a iClinic se preocupa com o usuário. Não é porque eu já assinei que não sou mais o foco. Pelo contrário, vocês vêem que posso ser um multiplicador se eu for bem acolhida.”

“Eu estou satisfeita pela possibilidade de contribuir com o produto.” Afirma, Clarisse.

“Uma outra vez, fui tirar uma dúvida pelo chat e, com a explicação que recebi, consegui entender e fazer o que queria. Então realmente a equipe me ajudou.”

Clarisse Recomenda

Para concluir, Clarisse dá sua opinião pessoal sobre a relação médico x gestão:

“Eu acho que tem dois tipos de médicos: os mais antigos, como eu que tenho 36 anos de formada, e tem a garotada.

Os mais jovens têm contato com gestão nas clínicas que começam a trabalhar, então quando alçarem vôo próprio, vai ser mais fácil de entenderem que precisam desse tipo de ferramenta.

A nossa visão, dos médicos mais antigos, é de que ainda há muita resistência a usar as ferramentas tecnológicas. O que é uma bobagem!”

Deveríamos usar mais esses recursos, ainda mais uma ferramenta como o iClinic, que é modular e você pode usar só parte das funcionalidades.”

“Com o iClinic, você não está obrigado a usar 100% das utilidades que o programa oferece, mas está convidado a namorar essas ferramentas. Quanto mais você olha, mais elas vão parando de te “morder” e a ideia de que o sistema vai roubar as informações que estavam no seu papel vai se desmanchando. E você enxerga que, pelo contrário, você só tem a ganhar!

Eu, por exemplo, comecei a usar em março. Na época, o programa era meio estranho pra mim, mas hoje se o computador não ligar ou se a rede cair, eu fico nervosa, tá? Porque não fico mais sem o iClinic!

“Estou bem adaptada e estou contente de estar com a ferramenta.”

E você, quer ter a mesma experiência que a Clarisse? Então faça um teste gratuito do iClinic também:

Experimente gratuitamente: Comece agora a testar o iClinic, você tem 14 dias grátis. Clique aqui!

Veja também:

Casos de Sucesso ... Sep 19, 2017

Caso de Sucesso Dr. Vinicius Alves: Como duplicar o número de atendimentos em um consultório odontológico

Conteúdo Vip ... Dec 20, 2016

Materiais Educativos iClinic

Para Secretárias ... Sep 28, 2015

A importância da Secretária para um consultório médico

Veja também:

Casos de Sucesso ... Sep 19, 2017

Caso de Sucesso Dr. Vinicius Alves: Como duplicar o número de atendimentos em um consultório odontológico

Conteúdo Vip ... Dec 20, 2016

Materiais Educativos iClinic

Para Secretárias ... Sep 28, 2015

A importância da Secretária para um consultório médico

comments powered by Disqus