Administração e Gestão

Abrir consultório próprio ou em sociedade: qual escolher?

Ao abrir um consultório, o médico pode embarcar nessa jornada sozinho ou em sociedade. Como ambas as formas têm suas vantagens e desvantagens, é necessário considerar todos os aspectos antes de tomar qualquer decisão.

Confira nossas dicas e decida se é melhor abrir um consultório próprio ou em sociedade!

Como funciona um consultório em sociedade?

A sociedade é uma boa opção para quem encontra outros profissionais com um perfil parecido e com os mesmos objetivos e metas. É importante que desde o início seja definido qual a função de cada um dentro da clínica e que o grupo se comunique bem: todos cumprirão a mesma carga horária em relação aos atendimentos? Como será a distribuição do lucro? Quem vai administrar as questões financeiras? Onde o consultório será montado? O atendimento será particular ou por plano de saúde?

As respostas a essas perguntas podem inclusive influenciar o tipo de sociedade a ser feita.

Existe mais de um tipo de sociedade?

Sim! E cada tipo de sociedade segue regras específicas, por isso é importante compará-las atentamente para poder tomar a melhor decisão. Na sociedade simples, por exemplo, os bens pessoais dos sócios podem ser usados para o pagamento de dívidas da clínica enquanto na sociedade limitada isso não acontece.

Pesquise sobre as diferentes formas de sociedade para definir a melhor para sua clínica.

Por exemplo, se a intenção administrar o negócio junto ao sócio, é mais indicada a sociedade em nome coletivo. Mas se for um pequeno negócio, por sua vez, a sociedade limitada se encaixa melhor. Se for necessário estabelecer níveis de responsabilidade e gerência diferentes para os sócios, o mais adequado é a comandita simples.

No caso de dúvidas, é importante consultar um advogado e um contador.

Quais os problemas do consultório em sociedade?

Por mais que os sócios estejam em sintonia, é comum surgirem discordâncias à medida que novos problemas vão aparecendo. Nesses momentos, é fundamental que o médico esteja disposto a ceder em algumas questões para manter a estabilidade do negócio e um clima de trabalho agradável e favorável ao funcionamento da clínica.

Além disso, é importante que todas as finanças relacionadas ao consultório sejam bem organizadas e transparentes para não gerar desconfianças e desentendimentos. Para isso, nada melhor do que utilizar um software de gestão, que facilita o gerenciamento do financeiro de forma fácil e transparente.

Quais as vantagens do consultório próprio?

No consultório próprio, o médico é o dono e o funcionário ao mesmo tempo, podendo criar sua própria carga horária e tomar decisões em relação à clínica livremente. Assim, não haverá discordâncias em relação ao atendimento de planos de saúde ou à reforma do consultório, por exemplo. Isto facilita o processo administrativo e torna o negócio como um todo mais estável, a princípio.

O consultório próprio oferece mais autonomia a seu gestor.

Abrir consultório

Essa autonomia é muito interessante, mas lembre-se de que ser gestor traz muitas responsabilidades. Você passará a planejar estratégias de marketing, contratação de funcionários e muito mais.

Quais os problemas do consultório próprio?

Sem a divisão do trabalho, o médico pode acabar sobrecarregado e ter que se dedicar excessivamente ao consultório para que o negócio seja bem-sucedido. Fica mais difícil tirar férias ou sair mais cedo do consultório para resolver um problema pessoal sem afetar o ritmo de consultas, por exemplo.

Além disso, sem um sócio ou alguma formação em administração e empreendedorismo, pode ser mais difícil ter ideias inovadoras e crescer no mercado. Portanto, se for seguir esse caminho, busque aprender mais sobre a área de negócios e utilize um software de gestão como suporte às atividades operacionais. Afinal, ter um negócio próprio traz grandes responsabilidades.

Existe uma opção ideal?

Depende do contexto e da personalidade de cada médico. Analise seus horários e flexibilidade, aptidão e disponibilidade de recursos para o investimento inicial.

Para quem trabalha bem em grupo e conhece profissionais dispostos a abrir um negócio em conjunto, um consultório em sociedade pode ser a chave para o sucesso.  Já para quem prefere tomar decisões sozinho e se envolver diretamente em todos os processos administrativos, o consultório próprio seria a melhor opção.

Em todos os casos, é importante estar envolvido com o negócio e disposto a sempre aprender coisas novas, zelar por qualidade e por uma boa equipe de funcionários, além de controlar adequadamente os processos e as finanças.

Independente de sua escolha, saiba que ter uma clínica é um grande desafio e pode trazer muitos benefícios!

eBook gratuito sobre Como Montar Seu Consultório Médico

Veja também:

Casos de Sucesso ... Sep 19, 2017

Caso de Sucesso Dr. Vinicius Alves: Como duplicar o número de atendimentos em um consultório odontológico

Conteúdo Vip ... Dec 20, 2016

Todos os materiais educativos iClinic

Para Secretárias ... Sep 28, 2015

A importância da Secretária para um consultório médico

Veja também:

Casos de Sucesso ... Sep 19, 2017

Caso de Sucesso Dr. Vinicius Alves: Como duplicar o número de atendimentos em um consultório odontológico

Conteúdo Vip ... Dec 20, 2016

Todos os materiais educativos iClinic

Para Secretárias ... Sep 28, 2015

A importância da Secretária para um consultório médico

comments powered by Disqus